Início | Sobrenomes | Fotos | Livros | Outras Famílias
Fale Comigo   
Famílias
Sertanejas
Localização de pessoas 
   
  Memória: Nenhum nome memorizado. Sábado, 20-7-2019  

Luzia Barbosa (ou Maria) da Silva

Gráfico dos Ancestrais | Gráfico 5 gerações | Ancestrais | Descendentes | Memorizar | Parentesco | Corrigir
Nome:  Luzia Barbosa (ou Maria) da Silva (#4454)
Nascimento:  em: 
Falecimento:  1868 em: 
Idade: 
Pai:  Francisco Barbosa Nogueira
Mãe:  Maria da Silva Barros
Notas:  Da Fazenda Lagoa da Pedra.

Filhos com
Nome:  Francisco Xavier de Moraes (#4461)
Nascimento:  em:  Portugal
Falecimento:  ANTES DE 1837 em: 
Idade: 
Notas:  Da Fazenda Catolé (entre Belmonte e Serra Talhada - PE) e era parente íntimo de João Rodrigues de Moraes, da Serra Negra.
Em 27/05/1811 foi nomeado Juiz Ordinário do Julgado de Flores.
Por volta do ano de 1778, era rendeiro da Casa da Torre, da Fazenda "Vinte e Oito", hoje no município de Serra Talhada - PE (conforme Livro do Vínculo do Morgado da Casa da Torre - Cartório do 1º Ofício de Serra Talhada - PE).

1º Filho:  Antônio Xavier de Moraes (#4462)
Nascimento:  em: 
Idade: 
Profissão:  Coronel
Notas:  (Coronel Moraes). Morava na Lagoa da Pedra. Nomeado, em 1886, Comandante Superior da Guarda Nacional dos municípios de Ingazeira, Flores e Vila Bela, pelo Imperador Dom Pedro II, conforme registro de Títulos e Patentes, representado por procuração pelo Bel. Tiburtino Barbosa Nogueira.

2ª Filha:  Luzia (ou Ana) Xavier de Moraes (#4463)
Nascimento:  em: 
Falecimento:  ANTES DE 1868 em: 
Idade: 
Notas:  Segundo Siacota, casou-se e foi morar no Sul. Teria falecido muito jovem e deixado uma filha de nome Ana, como consta no inventário da avó materna.

3ª Filha:  Teodora Maria Quitéria (#5967)
Nascimento:  em: 
Idade: 
Notas:  (ou Teodora Barbosa Nogueira, ou ainda Teodora Nogueira de Moraes). Constriuiu a capela da Fazenda Escadinha, onde morava, em pagamento de uma promessa feita em 1856 de que, se a cólera-morbus não atingisse sua fazenda, nela mandaria construir uma capela, o que fez em 1862. Nela, foram enterrados, entre outros, ela própria e o seu filho, Dr. Tiburtino Barbosa Nogueira. A sede da fazenda e a capela foram inundadas pelas águas da barragem Serrinha, por volta de 1988.

  • É possível saber as relações de parentesco entre duas pessoas quaisquer deste site. Para isso, é necessário memorizar o nome de uma das pessoas e seguir as instruções seguintes:
  • No momento, não há nenhum nome memorizado.
  • Para memorizar o nome de Luzia Barbosa (ou Maria) da Silva, clique aqui.
  • Você pode também memorizar e verificar o parentesco clicando em Memorizar e Parentesco na barra de menus.

 
   
Início da Página Dados disponibilizados por Magno José de Sá Araújo © - e-mail: Magno José de Sá Araújo