Início | Sobrenomes | Fotos | Livros | Outras Famílias
Fale Comigo   
Famílias
Sertanejas
Localização de pessoas 
   
  Memória: Nenhum nome memorizado. Quarta-Feira, 3-3-2021  

Descendência de
Maria Silvana de Rezende
4 gerações (Bisnetos)

1- Maria Silvana de Rezende, cas. com Nazário da Rosa Moniz. ELA: Da família Bezerra, do Ceará.. ELE: Das famílias Teles de Menezes, de Sergipe, e Moniz Barreto, da Bahia.
F.1- Jerônima Bezerra de Menezes, cas. com José Geraldo Bezerra de Menezes (filho de Leandro Bezerra Monteiro e Rosa Josepha do Sacramento), profissão: Tenente-Coronel, nasc. em 09-02-1786, em Crato, CE, falec. em 10-06-1856
N.1.1- Leandro Bezerra Monteiro, nasc. em 1826, falec. em 1911, cas. com Emerenciana de Siqueira Maciel Bezerra
N.1.2- Pedro Bezerra Monteiro, profissão: Major, cas. com Leopoldina Bezerra Dias Monteiro. ELE: Conforme edição de 10/05/1888 do jornal conservador "Pedro II", Pedro Bezerra Monteiro era major da Guarda Nacional.
Ainda, conforme informações constantes na edição de 04/12/1868 do Jornal Cearense, de Fortaleza-CE, PEDRO BEZERRA MONTEIRO exerceu o cargo de "suplente de delegado" na cidade do Crato-CE.
Texto publicado na edição de 09/01/1891 do jornal O Estado do Ceará (com grafia original):
"No Joazeiro, termo do Crato, falleceu em consequencia de uma hemorrhagia cerebral o nosso presado e distincto amigo major Pedro Bezerra Monteiro. Descendente de uma das mais importantes famílias deste Estado, o major Pedro Bezerra distinguiu-se durante toda a sua vida pela amabilidade de seu caracter e magnanimidade de coração; sendo, portanto, muito sentida a aquelles que tiverão a felicidade de conhecelo. Dedicou-se por longos anos à lavoura, e, se morreu pobre, ninguem jámais foi mais probo. Sentimentos à sua illustre e numerosa familia, com especialidade ao seu digno irmão, o nosso distinctíssimo amigo Sr. Dr. Leandro Bezerra Monteiro [site #26690], e de envolta com os nossos sentimentos, as nossas preces pelo descanço eterno do finado."
. ELA: Conforme edição de 14/08/1873, PEDRO BEZERRA MONTEIRO, seu esposo, foi inventariante, em Crato-CE, a 22/02/1873, de partilha procedida entre ele próprio e seus filhos "havidos de sua finada mulher, D. Leopoldina Bezerra Dias Monteiro".
B.1.2.1- Ana Bezerra Monteiro, cas. com Donaciano de Norões Maia. ELA: Conhecida como Naninha.
B.1.2.2- Gerônima Bezerra Monteiro, cas. com Francisco Teles de Quental. ELA: Conhecida como Sinhá.
B.1.2.3- Luiza Leopoldina Bezerra de Menezes. NOTAS: Conhecida como Luizinha.
B.1.2.4- Maria Leopoldina Bezerra Dias. NOTAS: Conhecida como Maroca.
B.1.2.5- José Bezerra Dias. NOTAS: Conhecido como Cazuza.
B.1.2.6- Pedro Bezerra de Menezes
B.1.2.7- Leopoldino Bezerra Monteiro, cas. com Maria Filgueira Teles, nasc. em Juazeiro do Norte, CE. ELA: Faleceu em data desconhecida, deixando Leopoldino viúvo com doze filhos.
B.1.2.7- Leopoldino Bezerra Monteiro, cas. com Rita Bezerra Nobre (filha de Antônio Ferreira Nobre e Joaquina Ferreira Nobre), nasc. em 30-07-1886, falec. em 02-02-1977. ELA: Conhecida como "Mãe Ritinha", casou-se aos dezenove anos com Leopoldino Bezerra Monteiro, viúvo com doze filhos, a quem ajudou na criação e educação de todos. Foi considerada na cidade de Bodocó como um exemplo de virtude e amor durante toda a sua vida.
N.1.2- Pedro Bezerra Monteiro, profissão: Major, cas. com Maria do Carmo Ferreira Lobo. ELE: Conforme edição de 10/05/1888 do jornal conservador "Pedro II", Pedro Bezerra Monteiro era major da Guarda Nacional.
Ainda, conforme informações constantes na edição de 04/12/1868 do Jornal Cearense, de Fortaleza-CE, PEDRO BEZERRA MONTEIRO exerceu o cargo de "suplente de delegado" na cidade do Crato-CE.
Texto publicado na edição de 09/01/1891 do jornal O Estado do Ceará (com grafia original):
"No Joazeiro, termo do Crato, falleceu em consequencia de uma hemorrhagia cerebral o nosso presado e distincto amigo major Pedro Bezerra Monteiro. Descendente de uma das mais importantes famílias deste Estado, o major Pedro Bezerra distinguiu-se durante toda a sua vida pela amabilidade de seu caracter e magnanimidade de coração; sendo, portanto, muito sentida a aquelles que tiverão a felicidade de conhecelo. Dedicou-se por longos anos à lavoura, e, se morreu pobre, ninguem jámais foi mais probo. Sentimentos à sua illustre e numerosa familia, com especialidade ao seu digno irmão, o nosso distinctíssimo amigo Sr. Dr. Leandro Bezerra Monteiro [site #26690], e de envolta com os nossos sentimentos, as nossas preces pelo descanço eterno do finado."
. ELA: Conhecida como Cota.
B.1.2.8- Cícero Bezerra Lobo
B.1.2.9- Antônio Bezerra Lobo
B.1.2.10- Leopoldina Bezerra de Menezes
B.1.2.11- Rosa Bezerra Lobo
B.1.2.12- Maria Flor Bezerra

Resumo: 1 filhos, 2 netos, 12 bisnetos, 0 trinetos e 0 tetranetos.


gerações.

Atenção! Relatórios de tetranetos podem gerar uma grande quantidade de dados e não executar corretamente. Se esta mensagem aparecer no final do relatório, então está completo.


 
   
Início da Página Dados disponibilizados por Magno José de Sá Araújo © - e-mail: Magno José de Sá Araújo