Início | Sobrenomes | Fotos | Livros | Outras Famílias
Fale Comigo   
Famílias
Sertanejas
Localização de pessoas 
   
  Memória: Nenhum nome memorizado. Quarta-Feira, 5-5-2021  

Valério Coelho Rodrigues

Gráfico dos Ancestrais | Gráfico 5 gerações | Ancestrais | Descendentes | Memorizar | Parentesco | Corrigir
Nome:  Valério Coelho Rodrigues (#18366)
Nascimento:  03-09-1713 em:  Paço de Sousa, Penafiel, Porto, Portugal
Falecimento:  1783 em:  Paulistana, PI
Idade:  Aproximadamente 70 anos, em 1783.
Pai:  Domingos Coelho
Mãe:  Águeda Rodrigues
Notas:  Da Freguesia de São Salvador do Paço de Souza, Bispado do Porto. Casou-se em São Paulo e veio para Paulistana, no Piauí, onde teve 16 filhos. Desses filhos, 14 ficaram na região de Paulistana, Conceição do Canindé e parte do município de Jaicós - PI. Residiu em Paulistana até o dia de sua morte.

Filhos com
Nome:  Domiciana Vieira de Carvalho (#18367)
Nascimento:  em:  São Paulo
Idade: 
Casamento:  em:  São Paulo
Pai:  José Vieira de Carvalho
Mãe:  Maria Freire da Silva

1ª Filha:  Anna Rodrigues de Santana (#19731)
Nascimento:  em: 
Falecimento:  Sim em: 
Idade: 
Notas:  Anna e Manuel viveram inicialmente na fazenda Terra Nova, propriedade de Valério Coelho, conforme o seguinte registro: "Aos vinte e cinco dias do mês de junho de mil setecentos setenta e um anos, na fazenda da Terra Nova, estando em desobriga de minha licença o Padre Manoel Nunes Teyxeira batizou e pôs os santos óleos a José nascido de quarenta e dois dias, filho legítimo de Francisco Vieira e de Antônia Coelha. Padrinhos, Manoel de Sousa Martins e sua mulher Anna Rodrigues moradores na dita Fazenda; de que para constar mandei fazer este assento, em que me assino. O Vigário Dionízio José de Aguiar".
Posteriormente passaram a viver na fazenda Serra Vermelha. De acordo com a "Relação do Possuidores de Terras no Piauí", enviada a Portugal, em 1762, a Fazenda Serra Vermelha, "na Ribeira do Itaim, com três léguas de comprimento, e cinco e meia de largura, pertencia a Marta do Rego, por falecimento do seu marido Mathias Rabello de Sepúlveda, que a tinha comprado a Antônio Vaz Sanches, seu povoador e descobridor".
Ana e seu marido Manoel já eram falecidos em 15 de fevereiro de 1784, data do casamento da filha Maria do Rosário, quando tal situação foi registrada.

2ª Filha:  Maria Rodrigues de Santana (#20958)
Nascimento:  em: 
Idade: 
Notas:  Conforme registro assinado pelo padre João José Caetano, "em 20 de julho de 1781, em desobriga na fazenda dos Jacus, foi batizado Amador, filho de João Antônio Ferreira e de Ignácia Ferreira; foram padrinhos o Alferes Marcos Francisco de Araújo Costa e sua mulher Maria Rodrigues, todos moradores nesta freguesia". Em outro registro, de 13 de novembro de 1777, consta que foram padrinhos de Manoel, filho de Tomás Pereira e Rosa Maria. Além destes, foram encontrados, posteriormente, vários outros registros onde aparecem como padrinhos, talvez porque a fazenda Boa Esperança, onde moravam, era um dos locais onde ocorriam as "desobrigas".
Em 1820, Maria era proprietária das fazendas Boa Esperança, Canabrava, Curimatá e Alegrete. Conforme documento de 1762, as três primeiras fazendas pertenceram a Antônio Rabello de Sepúlveda e foram descritas, à época, da seguinte forma:
- Fazenda Curimatá, no Riacho do Gentio, com três léguas de comprimento e duas de largura, da qual dizem que tem data, mas sem confirmação.
- Fazenda Canabrava. O mesmo Antônio Rabello de Sepúlveda, possui esta fazenda como testamenteiro de seu tio Alexandre Rabello de Sepúlveda, no mesmo riacho, com três léguas de comprimento, outro tanto de largura, a qual descobriu e povoou o dito seu tio.
- Fazenda Boa Esperança, também como testamenteiro do dito seu tio, com três léguas de comprimento, e outro tanto de largo, a qual também foi descoberta e povoada pelo dito Alexandre Rabello.
De Boa Esperança - PI.

3º Filho:  Valério Coelho Rodrigues Filho (#6208)
Nascimento:  em: 
Idade: 
Notas:  Seu casamento com Antonia da Silva Vieira foi celebrado pelo vigário Dionísio José de Aguiar e testemunhado pelo Capitão Estevão Pinto.
Foi proprietário da Fazenda Caboclo, tendo deixado grande descendência na região.

4º Filho:  José Rodrigues Coelho (#20946)
Nascimento:  ENTRE 1750 E 17 em:  Afrânio, PE
Idade: 
Notas:  Conforme Cartas de Data de Sesmaria, de 9 de novembro de 1798, teve confirmadas a propriedade das fazendas Chapéu, Itans e Riacho do Meio. Conforme documento de 1820, era proprietário também das fazendas Carnaíba, Pocinhos e Curral Novo. Fazenda Carnaíbas, Acauã - PI.
Estabeleceu-se em Carnaíba, Acauan, Paulistana - PE.

5º Filho:  Estêvão Coelho Rodrigues (#20947)
Nascimento:  em: 
Idade: 
Notas:  Estabeleceu-se em Jacarés, Paulistana - PI. Proprietário das fazendas Ingá, Juazeiro, Serra Branca e Pedra d’Água (1820). Jacaré, Paulistana - PI

6º Filho:  Lourenço Coelho Rodrigues (#20948)
Nascimento:  em: 
Falecimento:  Sim em: 
Idade: 
Notas:  Estima-se que ele nasceu entre 1747 e 1748 em Paulistana-PI. Ainda solteiro foi padrinho do seguinte batismo: "Aos quinze dias de janeiro de mil setecentos e setenta na fazenda do Paulista batizei solenemente e pus os santos óleos a Maria filha de Benta preta da Costa solteira, escrava de Valério Coelho Rodrigues, o moço; foram padrinhos Lourenço Rodrigues e sua irmã Teresa Vieira solteiros, todos moradores na dita fazenda, de três meses de nascida; de que para constar mandei fazer este Assento que assino. O Vigário Dionísio José de Aguiar".
Proprietário das fazendas Cachoeira, Jacaré, Limoeiro, Morena, Pilões e Poço Redondo (1820).

7º Filho:  Manoel Coelho Rodrigues (#20949)
Nascimento:  1767 em:  Paulistana, PI
Falecimento:  Sim em: 
Idade: 
Notas:  De Paulistana - PI. Assento de Batismo: "Aos três dias de agosto de mil setecentos e sessenta e sete, nesta fazenda do Paulista, batizei solenemente e pus os santos óleos a Manoel, filho de Valério Coelho Rodrigues e de sua mulher Domiciana Vieira. Foram padrinhos José Coelho Rodrigues e sua irmã Anna Rodrigues, casados, todos moradores nesta fazenda, com quatro meses de nascido; e para constar mandei fazer este assento o qual assino. O Vigário Dionízio José de Aguiar".

8º Filho:  Ignácio Rodrigues Coelho (#20950)
Nascimento:  em: 
Idade: 
Notas:  (Inácio do Jacaré). Estabeleceu-se em Brejo, Piauí. Proprietário das fazendas Sumidor e Brejo (1820). Brejo, Queimada Nova - PI.

9ª Filha:  Águida Rodrigues de Santana (#20951)
Nascimento:  em: 
Idade: 
Notas:  Boa Vista- Jaicós-PI.

10ª Filha:  Tereza Rodrigues de Jesus (#20952)
Nascimento:  em: 
Idade: 
Notas:  Viveu em Serra, Jaicós-PI. Em 1770, ainda solteira, seu nome aparece como Teresa Vieira, no seguinte registro: "Aos quinze dias de janeiro de mil setecentos e setenta na fazenda do Paulista batizei solenemente e pus os santos óleos a Maria filha de Benta preta da Costa solteira, escrava de Valério Coelho Rodrigues, o moço; foram padrinhos Lourenço Rodrigues e sua irmã Teresa Vieira solteiros, todos moradores na dita fazenda, de três meses de nascida; de que para constar mandei fazer este Assento que assino. O Vigário Dionísio José de Aguiar".

11ª Filha:  Josefa Rodrigues de Santana (#20953)
Nascimento:  em: 
Idade: 
Notas:  Proprietários das fazendas Mamonas e Caldeirão, ambas no riacho das Mamonas, que em 1762 pertenciam a Antônio Rabello, que foi o povoador. "A fazenda Mamonas, com quatro léguas de comprimento e três de largura, e a fazenda Caldeirão, com três léguas de comprido e três de largura". Mamonas - Jaicós-PI. Conforme registro assinado pelo padre João José Caetano, "em 10 de julho de 1771, em desobriga na fazenda das Mamonas da Ribeira do Itaim, foi batizada Maria, filha de José Pinto e de Maria Fernandes; foram padrinhos Martinho Lopes dos Reis e sua mulher Josefa Rodrigues".

12ª Filha:  Gertrudes Rodrigues de Santana (#19732)
Nascimento:  em: 
Idade: 
Notas:  Adiante cópia de um registro de 1779, em que Gertrudes e João José foram padrinhos: "Aos dezenove dias do mês de setembro de mil setecentos setenta e nove anos, em desobriga, o padre Custódio Vieira de Carvalho, na fazenda da Ipueira, batizou solenemente e pôs os santos óleos na inocente Bernarda, filha de Francisca, escrava de João de Almeida; foram padrinhos José Ferreira de Carvalho e sua mulher Gertrudes Rodrigues, todos desta Freguesia". Ipueira, Simplício Mendes-PI.

13ª Filha:  Domiciana Rodrigues de Santana (#20954)
Nascimento:  em: 
Idade: 
Notas:  Estabeleceu-se em Camisão-BA. Proprietária da fazenda Curralinho (1820). Camisão, atual município de Ipirá - BA.

14º Filho:  Florêncio Coelho Rodrigues (#20955)
Nascimento:  01-10-1769 em: 
Idade: 
Notas:  (Comandante). Era o proprietário da Fazenda Santa Clara, Petrolina - PE. Registro de Batismo: "Aos quatorze de janeiro de mil setecentos e setenta na fazenda do Paulista da Ribeira do Canindé batizei solenemente e pus os santos óleos a Florêncio, filho de Valério Coelho Rodrigues e de sua mulher Domiciana Vieira; foram padrinhos Manoel de Sousa Martins, casado morador na dita fazenda e Maria do Rego, viúva moradora na fazenda dos Poções de Cima, de três meses de nascido; de que para constar mandei fazer este assento que assino. O Vigário Dionísio José de Aguiar". Cabe lembrar que Manoel de Sousa Martins era casado com Ana Rodrigues, filha de Valério Coelho e Maria do Rego era viúva de Hilário Vieira de Carvalho, irmão de Domiciana.
Outro registro, encontrado por José Ernandes, em dezembro de 2020, nos trouxe duas certezas. A primeira, a confirmação de que o nome deste filho de Valério, era Florêncio e não José Florêncio, como constava em diferentes publicações. A segunda, que o nome de sua mulher era Bernarda Maria. Trata-se do "Assento de Batismo de José, em 20 de março de 1790, na fazenda Carnaíbas, filho legítimo de Florêncio Coelho Rodrigues e de Bernarda Maria; foram padrinhos José Teobaldo Coelho Rodrigues e Cristina Maria de Jesus".
Este último registro, também, nos traz algumas dúvidas. Seria este José, o chamado José Florêncio, que era considerado filho de Valério? Seria a Joana Calisto mulher deste José e não a segunda esposa do Florêncio?
Com base nessas duas hipóteses, os nomes citados abaixo como sendo do "primeiro consórcio", poderiam ser irmãos do José, filhos de Florêncio e Bernarda Maria, enquanto os do "segundo consórcio", seriam filhos de José e Joana Calisto. Reforça esta suposição o fato de que José era certamente o primeiro filho de Florêncio e não consta na relação. Esperamos que novas descobertas nos permitam, em breve, responder a essas questões.

15ª Filha:  Dionísia Rodrigues de Santana (#20957)
Nascimento:  em: 
Idade: 
Notas:  Teve apenas 1 Filho. Proprietária da fazenda Sucuruiu (1820). Moreira, Simplício Mendes-PI.

16º Filho:  José Teobaldo Rodrigues Coelho (#20956)
Nascimento:  em: 
Falecimento:  em:  São Sebastião, Rio de Janeiro
Idade: 
Profissão:  Jesuíta leigo
Notas:  Seu nome consta no livro de Abimael como Teobaldo Coelho Rodrigues e no de José Teles, como José Teobaldo Rodrigues Coelho. Entretanto, no Assento de Batismo de José, filho de seu irmão Florêncio, no qual foi padrinho, que ocorreu em 20 de março de 1790, na fazenda Carnaíbas, seu nome está escrito "José Theobaldo Coelho Rodrigues". Em diferentes publicações, consta que era "jesuíta leigo", mas, considerando que à época os jesuítas já haviam sido expulsos do Brasil, é mais provável que tenha pertencido a outra ordem religiosa. Não deixou descendência.

  • É possível saber as relações de parentesco entre duas pessoas quaisquer deste site. Para isso, é necessário memorizar o nome de uma das pessoas e seguir as instruções seguintes:
  • No momento, não há nenhum nome memorizado.
  • Para memorizar o nome de Valério Coelho Rodrigues, clique aqui.
  • Você pode também memorizar e verificar o parentesco clicando em Memorizar e Parentesco na barra de menus.

 
   
Início da Página Dados disponibilizados por Magno José de Sá Araújo © - e-mail: Magno José de Sá Araújo