Início | Sobrenomes | Fotos | Livros | Outras Famílias
Fale Comigo   
Famílias
Sertanejas
Localização de pessoas 
   
  Memória: Nenhum nome memorizado. Segunda-Feira, 22-7-2019  

Descendência de
José Alves da Luz
4 gerações (Bisnetos)

1- José Alves da Luz, profissão: Coronel, nasc. em Ceará; e Mariana Alves de Assunção (filha de Manoel de Carvalho Alves e Maria Gomes de Assunção). ELE: Eram moradores na Fazenda Calumbi, situada na margem do Rio Pajeú, em Floresta-PE. (hoje município de Itacuruba-PE). A tradição oral, transmitida pelos mais velhos, diz que o Cel. José da Luz era cearense e de família “nobre” ou “fidalga” daquele Estado e que tinha vindo para o Pajeú na 1ª metade do século XIX, aqui casando-se com Mariana, filha de fazendeiros.

Parece ter chegado em Floresta entre 1817 e 1838 quando a Província do Ceará enfrentava movimentos Revolucionários de maior importância histórica. Não se sabe ao certo se era Cel. Da Guarda Nacional (Criada em 1831), ou de alguma milícia, pois as fontes de informações foram verbais, obedecendo à tradição oral de alguns descendentes seus já falecidos. Sabe-se que gozava de alto conceito entre os seus descendentes que o descreviam como personagem de referência e destaque social na formação básica de sua família.
F.1- Antônio Alves da Luz, profissão: Coronel da Guarda Nacional; e Felismina Pires de Carvalho (filha de Manoel Pires de Carvalho Belfort e Ana Maria de Carvalho). ELA: Teve duas filhas que morreram ainda pequenas.
F.1- Antônio Alves da Luz, profissão: Coronel da Guarda Nacional; e Maria Francisca de Barros (filha de Jacinto Gomes dos Santos e Francisca Maria de Jesus), nasc. em 1841. ELA: Conhecida como Cotinha.
N.1.1- Pedro Alves da Luz, profissão: Ten. Cel. da Guarda Nacional; e Afra Florisbela Pires Cantarelli (filha de José Aníbal Cantarelli e Ana Florisbela de Assunção Pires). ELE: Coronel Pedro da Luz da Fazenda Barrinha, entre os municípios de Belém do São Francisco e Salgueiro. Foi prefeito de Belém do São Francisco de 1922 a 1926. Fazendeiro rico e respeitado, era padrinho de quase todo mundo naquela região, sendo que alguns adotaram o seu sobre nome “Luz” como homenagem. Sua vontade era ordem e sua palavra era Lei. Exemplo de retidão e bom caráter, era mais respeitado por sua bondade e pelo bem que fazia. Não deixou descendentes.. ELA: Não deixou filhos.
N.1.2- João Alves da Luz, cas. com Luzia Benigna de Barros (filha de Manoel Nunes Nogueira de Barros e Mariana Benigna da Silva)
B.1.2.1- Alberto Barros da Luz; e Antônia Neves da Luz (filha de Napoleão Franco da Cruz Neves e Ana Pereira Neves). ELE: Conhecido como Senhor da Luz. Residia em Jardim - CE.. ELA: "Touzinha"
B.1.2.2- Doralice Barros da Luz; e Coronel Dudé de Jardim, profissão: Coronel, nasc. em Jardim, CE
N.1.3- Maria Francisca da Luz Barros; e Antônio Onias de Carvalho Barros (filho de João Barbosa de Barros e Jacinta Maria de Carvalho). ELA: (Cotinha).. ELE: Foi o primeiro a usar o sobrenome Onias, que passou à sua descendência. Morava em Belmonte - PE, onde era fazendeiro, político e negociante. Foi conselheiro daquele município em três legislaturas (1907/1910, 1911/1913 e 1913/1915). Em consequência de questão entre seus familiares e pessoas da família Pereira, em 1918, retirou-se para Aquidabã - SE, onde fixou residência com parte dos parentes que o acompanharam.
B.1.3.1- Pedro Onias de Carvalho; e Maria Amália Figueiredo. ELA: De Sergipe.
B.1.3.2- José Onias de Carvalho, nasc. em 16-03-1901; e Elizabeth. ELE: Foi prefeito de Propriá, deputado estadual pelo Estado de Sergipe e também Alagoas e 6 vezes deputado federal.. ELA: De Sergipe.
B.1.3.3- Joaquim Onias de Carvalho, cas. em Sergipe, com Dalmácia Guimarães
B.1.3.4- Ana Tercina de Carvalho; e João Primo de Carvalho Barros (filho de Primo Lopes de Barros e Manoela Maria de Carvalho)
B.1.3.5- Ester Onias de Carvalho; e Luiz de Aguiar
B.1.3.6- João Onias de Carvalho; e Cordélia Guimarães. ELA: De Sergipe.
B.1.3.7- Haydée Onias de Carvalho. NOTAS: Solteira.
B.1.3.8- Nair Onias de Carvalho. NOTAS: Solteira.
N.1.4- Ana da Luz Barros; e Manoel Aníbal Pires Cantarelli (filho de José Aníbal Cantarelli e Ana Florisbela de Assunção Pires). ELA: Conhecida como Donana.
B.1.4.1- Áurea Pires da Luz Cantarelli, nasc. em 24-06-1897; e Aníbal Lustosa Cantarelli (filho de Pompeu Alves da Luz Cantarelli e Rosalina Lustosa). ELE: Não deixou filhos.
B.1.4.2- Alisses da Luz Pires Cantarelli, nasc. em 22-11-1898
B.1.4.3- Afra Pires da Luz Cantarelli; e Acioli Roriz de Carvalho Pires (filho de Josino Pires de Carvalho e Ana Pires de Sá Roriz), nasc. em 19-06-1892
N.1.5- Mariana da Luz Barros; e Odilon de Barros Alencar e Silva (filho de Levino Lopes de Barros e Silva e Maria Dorcelina de Alencar e Silva), profissão: Major, nasc. em 12-01-1865, falec. em 31-10-1926. ELA: Conhecida como Barrinha.
B.1.5.1- Maria Luiza Docelina de Alencar Barros; e Antônio Barbosa de Carvalho (filho de Francisco Barbosa Nogueira e Antônia Linda de Carvalho). ELE: (Tonheiro).
B.1.5.2- Levino Lopes de Barros e Silva Neto, nasc. em 17-08-1889, em Sítio Alto Amazonas, Salgueiro, PE, falec. em 21-03-1957. NOTAS: (Poeta Levino Barros). Faleceu de uma picada de cobra jararaca.
B.1.5.3- Maria Alice de Alencar Barros; e Levino Ancilon de Alencar Barros (filho de Ancillon Lopes de Barros e Silva e Ana Clara Linda de Barros e Sá), nasc. em 08-08-1891
B.1.5.4- Belizarina de Alencar Barros; e Otôni Horácio dos Santos (filho de Horácio Urbano dos Santos e Sinhazinha)
B.1.5.5- Ibrantina de Alencar Barros. NOTAS: (Conhecida como Tozinha).
B.1.5.6- Ana de Alencar Barros. NOTAS: (Conhecida como Donana).
B.1.5.7- Pedro Odilon de Alencar Barros; e Luiza (filha de Tristão Lopes da Silva Barros e Antônia da Luz Barros)
B.1.5.8- Mário Odilon de Barros Alencar Luz, falec. em 14-08-2005; e Maria Conceição de Vasconcelos Alencar
B.1.5.9- Diva de Alencar Barros; e Francisco Nunes de Alencar Barros (filho de José Vitorino de Barros e Silva e Ana Nunes de Carvalho Barros), profissão: Escrivão. ELE: (Senhor).
B.1.5.10- Corina de Alencar Barros
N.1.6- Antônia da Luz Barros; e Tristão Lopes da Silva Barros (filho de Antônio Lopes da Silva Barros e Luíza Docelina de Alencar Barros). ELA: Conhecida como Toinha.
B.1.6.1- Maria Antonieta da Luz Barros
B.1.6.2- Antônio da Luz Barros
B.1.6.3- José da Luz Barros; e Isaura dos Santos Pires (filha de Otaviano Pires de Carvalho e Maria Argentina dos Santos), nasc. em 01-02-1907. ELE: (Juca da Luz).
B.1.6.4- Luiza (Veja família de B.1.5.7)
B.1.6.5- João Alves da Luz, profissão: Médico; e Maria do Carmo Ramalho (filha de Cícero Mateus Ramalho)
F.2- Maria Teodora de Assunção Luz; e Manoel Pires de Carvalho Belfort (filho de Jerônimo Pires de Carvalho e Ana Clara Pinto da Silva), profissão: Tenente Coronel da Guarda Nacional. ELA: Conhecida como Cota. Doadora do patrimônio da cidade de Itacuruba-PE em 1872.. ELE: Da Fazenda Cipó, em Belém do São Francisco-PE. Foi comandante do 34º Batalhão de Infantaria da Guarda Nacional da Província de Pernambuco, nomeado em 05.10.1867.
N.2.1- Jerônimo Pires de Carvalho Belfort; e Auta Maria de Carvalho (filha de Francisco de Barros do Nascimento e Ana Maria de Carvalho Barros). ELE: Conhecido como Jilú.. ELA: (Autinha).
B.2.1.1- Ana Pires de Carvalho Belfort
B.2.1.2- Belarmino Pires de Carvalho Belfort; e Úrsula Pires (filha de João Brandamento de Carvalho Belfort e Ana Maria de Carvalho). ELE: (Belo).
B.2.1.2- Belarmino Pires de Carvalho Belfort, cas. com Maria da Penha do Espirito Santos. ELE: (Belo).
B.2.1.3- João Pires de Carvalho Belfort
B.2.1.4- Paulo Pires de Carvalho Belfort, profissão: Tenente; e Arlinda Belfort
B.2.1.5- Jerônimo Pires de Carvalho Belfort Jr; e Maria Cupertina de Matos Belfort (filha de José Pires de Carvalho Belfort e Maria Cupertina de Matos). ELA: (Iaiá).
B.2.1.6- Gerôncio Pires Belfort, profissão: Tenente; e Adília Meirelles
B.2.1.7- Antônia Pires de Carvalho Belfort
B.2.1.8- Pedro Pires de Carvalho Belfort; e Maria Minervina de Barros (filha de Gonçalo Gomes dos Santos Barros e Ana Minervina de Barros). ELA: (Bahieza).
B.2.1.9- Maria Madalena Pires Belfort
B.2.1.10- José Pires de Carvalho Belfort; e Enedina Alves de Carvalho (filha de Manoel Alves de Carvalho e Joana Alves de Carvalho), nasc. em 26-06-1898
N.2.2- João Brandamento de Carvalho Belfort; e Ana Maria de Carvalho (filha de Francisco Alves de Carvalho Junior e Belarmina de Arruda Câmara). ELE: (Brandamento).
B.2.2.1- Úrsula Pires (Veja família de B.2.1.2)
N.2.3- Joaquim Pires de Carvalho Belfort, profissão: Coronel; e Maria Umbelina de Avelins (filha de Leovigildo Soares de Mello Avelins). ELE: Conhecido como Quincas.. ELA: (Senhora).
B.2.3.1- Gerôncio Pires de Avelins Belfort
B.2.3.2- Maria de Assunção de Avelins Belfort; e Odilon Alves de Carvalho (filho de Francisco Alves de Carvalho e Maria Alves de Carvalho). ELA: (Sury).
B.2.3.3- João Pires de Avelins Belfort. NOTAS: (Joca).
B.2.3.4- Dulce Pires de Avelins Belfort; e Sávio Pires dos Santos (filho de José Alves dos Santos e Veridiana Alves de Carvalho)
B.2.3.5- Francisco Pires de Avelins Belfort
B.2.3.6- Djanira Pires de Avelins Belfort; e Osvaldo Coelho. ELE: De Curaçá-BA.
N.2.4- Maria José de Assunção Pires, cas. com José Rodrigues da Luz Novaes (filho de Manoel Francisco de Novaes e Senhorinha Alves da Luz), profissão: Major, nasc. em 10-03-1852, falec. em 08-04-1926. ELA: Conhecida como Mariquinha.. ELE: Conhecido como Major Rodrigo do Cipó. Por conta de desavenças familiares Rodrigo teve que raptar Mariquinha, mesmo sendo primos legítimos. Tudo faz crer que tenha sido resquícios da questão de morte entre o irmão João Capistrano e Ângelo Gonçalves de Carvalho, este primo dos pais dela. Moraram inicialmente na Faz. "Lagoa dos Tapuios", terras da Misericórdia, e depois na Faz. "Cipó", herança da esposa. (Fonte: Nivaldo Carvalho).
B.2.4.1- Manoel Pires Belfort; e Felicidade Lina de Carvalho Belfort (filha de Jerônimo Pires de Carvalho Trapiá e Lina Alves de Carvalho)
B.2.4.1- Manoel Pires Belfort; e Maria Aurora de Araújo (filha de José Eugênio de Araújo e Maria Aurora das Virgens). ELA: De Parnamirim-PE.
B.2.4.2- Maria Docelina de Assunção Pires, nasc. em 13-01-1889. NOTAS: (Dona). Solteira. Registrada com o nome de Maria Pires de Assunção.
B.2.4.3- João Pires de Araújo Belfort, nasc. em 09-07-1890. NOTAS: (Dãozinho). Solteiro.
B.2.4.4- Izabel Pires Belfort, nasc. em 29-10-1892; e Álvaro Magalhães de Araújo (filho de Francisco Gomes de Araújo), nasc. em Pesqueira, PE. ELA: (ou Izabel Pires da Luz Belfort, Biluca). Também tinha o nome de Izabel Maria de Assunção Pires.
B.2.4.5- Pompílio Pires da Luz Belfort, nasc. em 28-10-1894, falec. em 20-05-1973. NOTAS: Solteiro.
B.2.4.6- José Rodrigues Pires da Luz Belfort, nasc. em 09-10-1896, falec. em 12-03-1985. NOTAS: (Zé Pires). Do Cipó. Solteiro. Foi, sem sombra de dúvida, um dos maiores genealogistas da região do médio S. Francisco. Tinha a mente privilegiada e conhecia como ninguém a origem e descendência de todas as famílias do Sertão: brancas, negras, indígenas e mestiças... Sabia tudo sobre todos, seus defeitos e virtudes... Aproveitei muito das suas preciosas informações, durante as conversas que tivemos em alguns encontros, quando procurei tirar as muitas dúvidas que tinha sobre integrantes desta genealogia. É lamentável que quase ninguém tenha explorado essa riqueza de conhecimentos, e que o mesmo não tenha deixado nada escrito... Como forma de gratidão, dedico-lhe este modesto amontoado de número e nomes, que poderá servir, no futuro, como fonte de pesquisa, por alguém mais competente, interessado nessa forma de lazer... (Nivaldo Carvalho).
B.2.4.7- Antônia Pires da Luz Belfort, nasc. em 17-06-1898, falec. em 02-05-1949. NOTAS: (Toinha). Solteira.
B.2.4.8- Elvira Pires da Luz Belfort, nasc. em 11-11-1901, falec. em 10-06-1976. NOTAS: (ou Elvira D'Assunção Pires). Solteira.
N.2.5- Eva D'Assunção Pires; e João de Sá Araújo (filho de Lourenço Alves de Carvalho e Claudiana Maria do Espírito Santo), profissão: Capitão
B.2.5.1- Manoel. NOTAS: (Né de Araújo).
B.2.5.2- João Pires de Araújo; e Alcina Torres de Araújo (filha de José Gonçalves Torres e Capitulina Torres de Carvalho Barros), nasc. em 15-05-1892, falec. em 03-02-1967. ELE: Residia em Floresta.. ELA: (Tintim).
N.2.5- Eva D'Assunção Pires; e Manoel José Gomes Calaça Junior, profissão: Professor. ELE: (Professor Calaça). De Floresta-PE.
B.2.5.3- José Pires Calaça; e Aderlinda Torres de Carvalho Calaça (filha de Francisco Alves de Carvalho Lopes e América Torres de Carvalho Barros)
B.2.5.3- José Pires Calaça; e Elvira Maria de Jesus
N.2.6- Ana Florisbela de Assunção Pires; e José Aníbal Cantarelli (filho de Caetano Di Cantarelli e Josefa Alves da Luz). ELA: Conhecida como Flor.
B.2.6.1- Manoel Aníbal Pires Cantarelli (Veja família de N.1.4)
B.2.6.2- Cassimiro Pires Cantarelli
B.2.6.3- Afra Florisbela Pires Cantarelli (Veja família de N.1.1)
B.2.6.4- Maria José Pires Cantarelli
N.2.7- Elvira de Assunção Pires; e Francisco Pires de Carvalho (filho de Manoel de Carvalho Alves e Ana Joaquina do Amor Divino). ELE: Não deixou filhos.
N.2.8- Antônio Pires de Carvalho Belfort. NOTAS: Solteiro.
N.2.9- Antônia de Assunção Pires, profissão: Freira
N.2.10- Raquel Policarpa D'Assunção Pires; e Jerônimo de Araújo Sá (filho de Lourenço Alves de Carvalho e Claudiana Maria do Espírito Santo)
B.2.10.1- Especiosa Policarpo D'Assunção Pires; e Antônio de Sá Araújo (filho de João de Sá Araújo e Avelina Maria da Conceição). ELE: (Sinhozinho).
B.2.10.2- Manoel Gregório de Araújo Pires, cas. com Josefa Leonel
B.2.10.3- Noé Pires
B.2.10.4- Iluminata Pires
N.2.11- Francisco Pires de Carvalho Belfort. NOTAS: Solteiro.
N.2.12- Enoc Pires de Carvalho Belfort
N.2.13- José Pires de Carvalho Belfort, profissão: Capitão; e Maria Cupertina de Matos. ELE: Residia na Bahia.
B.2.13.1- Cotinha
B.2.13.2- Maria Cupertina de Matos Belfort (Veja família de B.2.1.5)
F.3- Senhorinha Alves da Luz, nasc. em 1823, falec. em 12-03-1892, cas. em 25-10-1841, com Manoel Francisco de Novaes (filho de José Francisco de Novaes e Josefa Gomes de Sá Novaes), profissão: Capitão, nasc. em 1821, falec. em 18-09-1881. ELA: Também conhecida por Senhorinha Pires de Carvalho.. ELE: Residia na Fazenda Pedras, no Pajeú - Floresta-PE.
N.3.1- Maria Valéria da Luz Novaes, nasc. em 1847, falec. em 16-06-1920, cas. em 27-11-1866, com Antônio Gomes da Silva Leal (filho de Manoel da Silva Leal e Gertrudes Gomes de Sá), falec. em 1916. ELA: Conhecida como Mariquinha.. ELE: (Totonho). Da fazenda Cobiça, no Riacho Seco. Foi vereador em Floresta em 1883.
B.3.1.1- Maria, nasc. em 1871, falec. em 25-03-1872
B.3.1.2- Ana Maria da Luz Leal, cas. em 14-11-1894, com José Antônio de Souza Leal (filho de Francisco Pedro da Silva e Antônia Joaquina de Sá e Silva), nasc. em 1870. ELA: (Naninha). Morava na Faz. "Riacho Seco".. ELE: (Zezé). Assinava: José Francisco de Souza Leal.
B.3.1.3- Maria Ursina da Luz Leal, cas. em 14-11-1894, com Joaquim Francisco de Souza Leal (filho de Francisco Pedro da Silva e Antônia Joaquina de Sá e Silva), nasc. em 1873, falec. em 01-12-1948. ELA: (Mariazinha).. ELE: (Quinca Chico). Do Riacho Seco.
B.3.1.4- Joaquim de Almeida Leal, cas. em 24-01-1911, com Amélia Gomes de Barros (filha de João Gomes de Barros e Maria Gomes de Sá Novaes). ELE: (ou Joaquim de Almeida da Silva Leal, Quincas Silva).
B.3.1.5- Manoel Gomes da Silva Leal, nasc. em 1872, falec. em 28-01-1952. NOTAS: Solteiro.
B.3.1.6- Joaquim, nasc. em 1877, falec. em 26-07-1878
B.3.1.7- Antônio Francisco da Luz Leal, nasc. em 1880, falec. em 05-10-1958. NOTAS: Solteiro.
B.3.1.8- Maria Solone da Luz Leal. NOTAS: Solteira.
B.3.1.9- Raquel Maria da Luz Leal, nasc. em 1887, falec. em 15-03-1973. NOTAS: Solteira.
B.3.1.10- Josefa Maria da Luz Leal, nasc. em 08-02-1891, falec. em 06-11-1908. NOTAS: Solteira.
N.3.2- João Capistrano da Luz Novaes, nasc. em 1848, falec. em 02-10-1878. NOTAS: Foi acusado da morte do primo Ângelo Gonçalves de Carvalho, em 07.01.1878, na Povoação de Rodelas - BA. Era solteiro e aos 30 anos faleceu de febre. O óbito foi registrado em nome de Antônio Capistrano de Novaes. (Fonte: Nivaldo Carvalho)
N.3.3- Francisco Alves da Luz Novaes, profissão: Tenente, nasc. em 1851, falec. em 1926, cas. com Luciana Carolina de Jesus. ELE: Morava na Faz. "Exu", onde faleceu solteiro, na ocasião em que a coluna Prestes estava acampada na Faz. "Poço da Pedra", próxima ao cemitério da Faz. "Poço do Boi", onde se faria o enterro, e que fica no lado esquerdo do Pajeú, que naquele dia estava com uma grande enchente, tendo que atravessar o caixão e carregadores em "cavaletes" de toros de mulugú, com muita dificuldade. Como não acompanhavam mulheres, tiveram a idéia de deixar as roupas na margem do rio e seguirem a nado, seminus, até o outro lado do rio, onde se daria o enterro, e lá no cemitério foram assaltados pelos revoltosos, que tiraram as roupas do defunto para uso próprio e o fizeram enterrar só de ceroula, por coveiros também de ceroulas, ameaçados de morte a todo instante se tentassem fugir. Alguns parentes diziam que ele gostava de piadas e anedotas impróprias para gente decente, "só conversava safadezas", e que teria sido castigo pelo seu comportamento imoral... Teve um filho natural, com Luciana Carolina de Jesus, (mulher casada com um agregado seu), não reconhecido legalmente. (Fonte: Nivaldo Carvalho).
B.3.3.1- Pedro Lopes da Silva. NOTAS: (Pedro Carolina).
N.3.4- José Rodrigues da Luz Novaes (Veja família de N.2.4)
N.3.5- Ana Clara da Luz Novaes, nasc. em 1854. NOTAS: Solteira.
N.3.6- Manoel Francisco Alves de Novaes, nasc. em 1855, falec. em 17-02-1909, cas. em 01-04-1894, em Vila de São Francisco, Serra Talhada, PE, com Luzia Nogueira de Barros (filha de José Barbosa Nogueira e Claudiana Maria das Virgens), nasc. em APROX 1865. ELE: (ou Manoel Alves da Luz Novaes). Conhecido como Neco.
B.3.6.1- Ana Alves de Novaes, nasc. em 11-02-1896; e Cícero Timóteo de Lima (filho de Joaquim Timóteo de Lima e Ana Gomes de Lima), nasc. em Serra Talhada, PE. ELA: (Santa).
B.3.6.2- Senhorinha Alves da Luz Novaes, nasc. em 08-12-1897, cas. com Fausto Nunes Ferraz (filho de José Nunes Nogueira de Barros e Maria Nunes de Souza Ferraz). ELE: Casou 2 vezes.
N.3.7- Sabino Alves da Luz Novaes, nasc. em 1857, falec. em 15-10-1901. NOTAS: Solteiro.
N.3.8- Mariana Alves d'Assunção Luz, nasc. em 1858, falec. em 06-02-1894, cas. em 14-02-1881, com Tiburtino Gomes de Sá (filho de Manoel Gomes de Sá e Anna Francisca de Novaes), nasc. em 13-10-1846, falec. em 14-01-1917. ELA: No registro de óbito está com o nome de Mariana Alves da Luz Novaes.. ELE: Morava na Faz. São Gonçalo. Viúvo, já idos, casou-se novamente com Rosenda, não deixando filhos desse segundo casamento.
B.3.8.1- Manoel Tiburtino Novaes, nasc. em 1884, falec. em 22-09-1964. NOTAS: Morava na Faz. "Pedras", no Pajeú. Era solteiro e vivia com Gertrudes (Tudéu). Não tiveram filhos.
B.3.8.2- Maria da Luz Novaes, nasc. em 1886. NOTAS: (Lica). Morreu solteira.
B.3.8.3- Ana da Luz Novaes, nasc. em 11-11-1889, falec. em 11-10-1925, cas. em 09-01-1910, com Afonso Gomes Novaes (filho de José Gomes de Novaes e Umbelina Gomes de Sá), nasc. em 1883, falec. em 16-04-1923. ELA: (ou Ana Gomes de Novaes). Conhecida como Nana. Na sua lápide está escrito que nasceu em 1890, e no batismo em 1889.. ELE: (Afonso Panta). Morava na cidade de Jardim - CE.
B.3.8.4- José Tiburtino da Luz Novaes, nasc. em 15-05-1891, falec. em 13-01-1956, cas. em 26-09-1917, com Izabel de Souza Ferraz (filha de Thomaz de Souza Nogueira e Maria Ana de Souza Ferraz), nasc. em 21-12-1898, falec. em 28-01-1998. ELE: Morava na Faz. "São Gonçalo", onde foi grande pecuarista.. Também foi comerciante de gado e algodão.. ELA: Da Faz. "Paus de Leite", da Faz.Ema.
N.3.9- Antônia Teodora da Luz Novaes, nasc. em 24-04-1861, falec. em 10-10-1911. NOTAS: Solteira.
N.3.10- Raquel Florinda de Novaes, nasc. em 1865, cas. em 09-04-1893, com João Rodrigues de Sá Carvalho (filho de Pantaleão Gomes de Sá e Maria Salustiana Rodrigues de Carvalho), nasc. em 1876, falec. em 29-11-1900. ELA: (ou Raquel Alves da Luz Novaes, ou Raquel Senhorinha de Assunção). No casamento, aos 28 anos, seu nome consta como Raquel Senhorinha de Assunção.. ELE: Conhecido como João Panta. Era soldado de polícia e apontado como matador do promotor Pedro Melo. Seu filho "Velho da Cachoeira", um dos informantes deste trabalho, contava as "providências" empregadas por ele nos criminosos que capturava. Não foram poucas... nem boas... Faleceu durante uma diligência policial, vitimado por um tiro acidental, nas imediações da Serra do Umã. (Fonte: Nivaldo Carvalho).
B.3.10.1- Manoel Alves de Novaes, nasc. em 1896, falec. em 03-12-1962; e Estelita Araújo (filha de José Eugênio Araújo). ELE: (Manoel Raquel, ou Cabo Novaes).
B.3.10.1- Manoel Alves de Novaes, nasc. em 1896, falec. em 03-12-1962, cas. com Expedita Torres Novaes (filha de José Antonio de Sales e Maria Vieira Torres), nasc. em 27-01-1922, em Exu, PE. ELE: (Manoel Raquel, ou Cabo Novaes).. ELA: Teve um total de 10 filhos.
B.3.10.2- José Alves da Luz Novaes, nasc. em 30-01-1898, falec. em Sim. NOTAS: Era solteiro e morava na Faz. "Cachoeira", no Pajeú, em companhia de Gertrudes (afrodescendente), com quem não deixou filhos. Suas "aventuras", contadas por ele, eram fantásticas. Daria um livro de grosso volume se alguém tivesse tido a curiosidade de escrevê-las. Uma das pessoas mais interessante que conheci em toda a minha vida. Com voz grossa e pausada contava "causos" e histórias apaixonantes, como ninguém jamais o fez com tanta convicção, que à luz da minha infância pareciam super-humanas, impossíveis de acontecer...
As pessoas diziam que era tudo "lorota", mas bem que tinham um conteúdo bastante proveitoso para aqueles que lhe emprestavam a sua atenção, pois, ensinando ironicamente ao contrário da verdadeira versão, despertava a nossa visão do errado, sem causar impactos indesejáveis, nem influências maledicentes. "Velho da Cachoeira", que Deus o tenha recolhido ao seu reino!... (Nivaldo Carvalho).
F.4- Rita Alves da Luz, nasc. em 1834, cas. com Benedito Gomes de Barros (filho de José de Barros da Silveira e Antônia Maria de Sá), profissão: Capitão, nasc. em 1833, falec. em 29-11-1918. ELA: Conhecida como Riqueta.. ELE: Morava na Faz. "Boa Sorte".
N.4.1- David Barros da Luz e Sá, profissão: Tenente, nasc. em 1854, falec. em ANTES DE 1918; e Mariana Gomes de Sá (filha de David Gomes de Sá Correia e Ana Maria de Sá), nasc. em 1864, falec. em 28-04-1889. ELE: (David Besouro). Da Faz. "Boa Sorte".
B.4.1.1- Maria Rita da Luz Barros, nasc. em 1884, cas. com Benedito Gomes dos Santos Barros (filho de Eustáquio Lopes de Barros e Ana Maria Diniz). ELA: (Henriqueta).
B.4.1.2- Benedita Mariana da Luz Barros, nasc. em 1886, falec. em 10-01-1958, cas. com Menélio Aureliano de Sá (filho de Aureliano Valério de Sá e Ana Maria Gomes de Sá), nasc. em 10-04-1883, falec. em 13-01-1975. ELE: (Menélio Novaes). Batizado como Manoel.
B.4.1.3- Antônio Alves da Luz, nasc. em 1886, falec. em 05-07-1909. NOTAS: Solteiro.
B.4.1.4- Maria, nasc. em 27-04-1889, falec. em 07-05-1889. NOTAS: Faleceu recém nascida.
N.4.1- David Barros da Luz e Sá, profissão: Tenente, nasc. em 1854, falec. em ANTES DE 1918; e Antônia Maria da Conceição, nasc. em Ceará, falec. em 20-09-1918. ELE: (David Besouro). Da Faz. "Boa Sorte".
B.4.1.5- João David da Luz, nasc. em 1904
B.4.1.6- Pedro David da Luz, nasc. em 1906
B.4.1.7- José David da Luz, nasc. em 1908
B.4.1.8- Antônio David da Luz, nasc. em 1910
N.4.2- Antônio David da Luz e Sá, nasc. em 1857. NOTAS: Faleceu criança.
N.4.3- Cristina Alves da Luz Barros, nasc. em 1858. NOTAS: Solteira.
N.4.4- Maria Minerva da Luz Barros, nasc. em 1864. NOTAS: Solteira.
F.5- Josefa Alves da Luz, falec. em 20-04-1866, cas. em 17-06-1847, em Floresta, PE, com Caetano Di Cantarelli (filho de Pascoal Di Cantarelli e Antonia Di Cantarelli), nasc. em Forli, Itália. ELA: Conhecida como Zefinha.. ELE: Caetano Di Cantarelli e Josefa Alves da luz casaram-se no Oratório Privado da Fazenda de José Alves da Luz. O casamento foi celebrado pelo Vigário Damaso D'Assunção Pires.
Certidão de Casamento conseguida através de Nivaldo Alves de Carvalho e Neide Rejane de Menezes Cantarelli.
O livro onde consta o registro do casamento está, por questão de segurança, no IAHGP- Instituto Arqueológico, Histórico e Geográfico Pernambucano; é o Livro de Casamentos n. 03, folha 74v. da Fazenda Grande, freguesia de Floresta-PE.
N.5.1- José Aníbal Cantarelli (Veja família de N.2.6)
N.5.2- Pompeu Alves da Luz Cantarelli, nasc. em 1853; e Rosalina Lustosa (filha de Antônio Lustosa Ferreira e Ana Idalina Agra). ELA: (Sinharinha).
B.5.2.1- Antônio Lustosa Cantarelli; e Ascendina Tomás Aquino. ELA: De Parnamirim.
B.5.2.1- Antônio Lustosa Cantarelli; e Helvecina Alves de Carvalho Roriz (filha de Fortunato Gomes de Sá Roriz e Maria Alves de Carvalho Caribé), nasc. em 07-09-1901
B.5.2.2- Pompeu Lustosa Cantarelli; e Elvira (filha de José Eugênio Araújo). ELE: (Pompeuzinho).
B.5.2.3- Etelvina Lustosa Cantarelli; e Francisco Parente de Miranda
B.5.2.4- Aníbal Lustosa Cantarelli (Veja família de B.1.4.1)
N.5.3- Virgílio Alves da Luz Cantarelli, nasc. em 1856, em Floresta, PE, falec. em 12-01-1929, cas. em 23-11-1880, em São José do Belmonte, PE, com Josefa Maria de Carvalho (filha de Manoel de Carvalho Alves e Ana Joaquina do Amor Divino), nasc. em 1856, em São José do Belmonte, PE, falec. em 20-05-1943. ELA: (Siá Dé).
B.5.3.1- Ana Cantarelli de Carvalho; e Moisés Otacílio de Carvalho Barros (filho de João Barbosa de Barros e Jacinta Maria de Carvalho). ELE: Ficou viuvo de Úrsula e casou novamente com Anna.
B.5.3.2- Maria Cantarelli de Carvalho, nasc. em 05-04-1883, em São José do Belmonte, PE, falec. em 03-06-1949, cas. em 16-01-1921, em Mirandiba, PE, com Manoel Nunes de Bráulio (filho de Antônio Nunes de Barros e Andreza Thereza de Jesus), nasc. em 1883, falec. em 1964. ELE: (Nequinho do Açude Novo). O casal viveu e faleceu no Sítio Caldeirão - Mirandiba - PE. O sobrenome Bráulio, e não Barros como deveria ser, deve-se a um erro do tabelião ao fazer o registro de nascimento.
B.5.3.3- Olegário Cantarelli de Carvalho, nasc. em 05-03-1891, em São José do Belmonte, PE; e Armênia Alves Cantarelli (filha de Enéas da Luz Cantarelli e Adelina Maria de Carvalho)
B.5.3.4- Francisco Cantarelli de Carvalho, nasc. em 13-08-1893, em São José do Belmonte, PE. NOTAS: Era solteiro.
B.5.3.5- Virtuosa Cantarelli de Carvalho, nasc. em 15-07-1895, em São José do Belmonte, PE, cas. em 28-11-1917, em São José do Belmonte, PE, com Joaquim Gomes de Carvalho (filho de Cipriano Gomes de Carvalho e Gertrudes Maria de Carvalho)
B.5.3.6- Maria Anunciada Cantarelli de Carvalho, nasc. em 18-11-1897, em São José do Belmonte, PE. NOTAS: Era solteira.
B.5.3.7- Alzira Cantarelli de Carvalho. NOTAS: Era solteira.
N.5.4- Olegário Pires da Luz Cantarelli, profissão: Capitão, nasc. em 1865, cas. em 28-10-1891, com Ana Jaquina de Carvalho Barros (filha de Manoel Nunes de Barros e Rosa Maria de Carvalho), nasc. em 1862. ELA: (Sianô).
B.5.4.1- Maria Emília de Carvalho Cantarelli, nasc. em 16-08-1892; e Ulisses Lustosa de Carvalho Pires (filho de João Alves de Carvalho Pires e Ana Lustosa Agra), nasc. em 13-02-1891. ELA: Já falecida.. ELE: Já falecido.
N.5.5- Enéas da Luz Cantarelli; e Adelina Maria de Carvalho (filha de Antônio Alves de Carvalho e Catarina Torres de Barros)
B.5.5.1- Aníbal Alves Cantarelli; e Emília Rufina Cantarelli (filha de Rufino Gomes de Sá e Silva e Ana Macária Gomes de Menezes)
B.5.5.2- Josefa de Carvalho Cantarelli; e Manoel Araújo de Carvalho Caribé (filho de José Minúcio de Carvalho Caribé e Mariana da Cruz Neves), profissão: Coronel
B.5.5.3- Armênia Alves Cantarelli (Veja família de B.5.3.3)
B.5.5.4- Antônio Alves de Carvalho Cantarelli; e Esther Dantas Cantarelli, nasc. em Sertânia, PE
B.5.5.5- Afra Alves Cantarelli
B.5.5.6- José Alves Cantarelli, cas. com Carmozina de Carvalho Barros (filha de Luiz Rodrigues de Barros e Josefa Torres Barros), nasc. em 22-09-1895, falec. em 19-05-1984. ELE: (Ze Bidi).
N.5.5- Enéas da Luz Cantarelli; e Rita
B.5.5.7- Enéas Cantarelli Filho; e Cacilda Jambo Cantarelli. ELA: De Maceió.
N.5.6- Elvira Alves da Luz Cantarelli. NOTAS: Falecida ainda jovem.
N.5.7- Pompílio Alves da Luz Cantarelli
F.6- Ana Alves da Luz; e Manoel Vitoriano de Menezes (filho de Vitoriano Gomes de Sá e Inácia Telles de Menezes). ELA: Conhecida como Naninha.
N.6.1- Manoel Vitoriano Alves da Luz; e Alexandrina (filha de Joaquinzinho e Marianinha)
B.6.1.1- Manoel Vitoriano Filho
B.6.1.2- Hilda Alves da Luz
B.6.1.3- Donana
B.6.1.4- Valdemar
B.6.1.5- Alexandrina. NOTAS: (Branca).
B.6.1.6- Yayá Alves da Luz
B.6.1.7- Álvaro Gomes da Luz
N.6.1- Manoel Vitoriano Alves da Luz; e Maria Delmira de Sá. ELA: (Mariinha).
B.6.1.8- Olímpia Maria de Sá
B.6.1.9- Adalgisa Maria de Sá
B.6.1.10- Joaquim Vitoriano de Sá, nasc. em 06-02-1923, falec. em 02-06-1993; e Emília de Souza Carvalho Sá (filha de João Alves de Carvalho e Áurea de Souza Jota Carvalho), nasc. em 18-12-1927, falec. em 25-04-1994
N.6.2- Alfredo Vitoriano Alves da Luz; e Rosalina Francisca de Sá (filha de Ricardo Gonçalves Braga e Francisca Jesuina de Sá). ELE: Dos Porcos.
B.6.2.1- Ermina
N.6.3- Francisco Telles de Menezes, cas. com Teodora Benigna de Barros (filha de Eustáquio Lopes de Barros e Ana Maria Diniz). ELE: Conhecido como Chico Telles "do Barreal".. ELA: Das Aroeiras.
B.6.3.1- Manoel Alves da Luz; e Regina Nunes de Souza (filha de José Ignácio de Souza e Jacinta Nunes do Amor Divino). ELE: Conhecido como Lucas.
B.6.3.2- João Alves da Luz; e Maria da Luz Barros (filha de Benedito Gomes dos Santos Barros e Maria Rita da Luz Barros), nasc. em 08-08-1909. ELE: (João Teodora).. ELA: (Barrinha).
N.6.4- Joaquim Vitoriano Alves da Luz. NOTAS: Conhecido como Quinca "do Barreal". Solteiro.
N.6.5- João Vitoriano Alves da Luz. NOTAS: Conhecido como Joca "do Barreal". Solteiro.
N.6.6- Antônia Vitoriano Alves da Luz. NOTAS: Solteira.
N.6.7- Maria Vitoriano Alves da Luz. NOTAS: Solteira.
F.7- Antônia Alves da Luz. NOTAS: Solteira.
F.8- Francisco Alves da Luz e Sá. NOTAS: Solteiro.

Resumo: 8 filhos, 47 netos, 125 bisnetos, 0 trinetos e 0 tetranetos.


gerações.

Atenção! Relatórios de tetranetos podem gerar uma grande quantidade de dados e não executar corretamente. Se esta mensagem aparecer no final do relatório, então está completo.


 
   
Início da Página Dados disponibilizados por Magno José de Sá Araújo © - e-mail: Magno José de Sá Araújo