Início | Sobrenomes | Fotos | Livros | Outras Famílias
Fale Comigo   
Famílias
Sertanejas
Localização de pessoas 
   
  Memória: Nenhum nome memorizado. Quinta-Feira, 13-8-2020  

Relação dos Ancestrais de
Luiz Fernando

1 - Luiz Fernando - (filho de 2 - Bruno)

Pais

2 - Bruno - (filho de 5 - Maria das Dores)

Avós

5 - Maria das Dores - (filha de 10 - Aderval Domingos do Nascimento e 11 - Rosalva Rodrigues Torres)

Bisavós

10 - Aderval Domingos do Nascimento
11 - Rosalva Rodrigues Torres - (filha de 22 - Justino Cesário do Nascimento e 23 - Luíza Rodrigues do Nascimento)

Trisavós

22 - Justino Cesário do Nascimento - (filho de 44 - Cesário Rodrigues do Nascimento e 45 - Maria Manoela do Nascimento)
23 - Luíza Rodrigues do Nascimento - (filha de 46 - Francisco Rodrigues do Nascimento e 47 - Maria Madalena Torres) Gêmea de Júlia. Conhecida como Liquinha.

Tetravós

44 - Cesário Rodrigues do Nascimento - (filho de 88 - Joaquim Rodrigues do Nascimento e 89 - Bernardina Furtado de Figueiredo) Quando a igreja das Preces dos Rodrigues foi construída, a pedido de Cesário, no seu leito de morte, onde o mesmo lugar que ele queria ser sepultado. Quem começou a obra em 1948 foi seu filho Manoel Cesário, que morreu na construção da igreja das Preces, Justino e os outros irmãos deram continuidade a obra, com ajuda das famílias Mariano, de Luiz Rodrigues e Alexandrina e os moradores da época. A doação do patrimônio de Nossa Senhora de Lourdes foi assinada no dia 2 de maio de 1949. Com servidão perpétua para todos os descendentes de Joaquim Rodrigues do Nascimento e sua esposa Bernadina Furtado de Figueiredo, primeiros donos a morar na Fazenda Preces dos Rodrigues.
Todas essas informações foram extraídas do livro de tombo da paróquia de Belmonte, escritas pelo Padre Antônio Gonçalves Vieira.
Em maio de 2002 foi registado no cartório de Mirandiba a referida escritura pública de doação, uma vez que Mirandiba é a cidade e as terras das Preces dos Rodrigues pertence a mesma.
45 - Maria Manoela do Nascimento - (filha de 90 - José Bezerra dos Anjos e 91 - Joana Batista do Nascimento)
46 - Francisco Rodrigues do Nascimento (*01-01-1888, +11-06-1986) - (filho de 92 - Antônio Rodrigues do Nascimento e 93 - Antônia Mariano de Siqueira) (Chiquinho).
47 - Maria Madalena Torres (*03-03-1902, +31-12-1985) - (filha de 94 - Pedro Mariano de Siqueira e 95 - Maria Madalena Torres) Conhecida como Loló. (ou Mariano Cerqueira). Era dos Grotões.

Pentavós

88 - Joaquim Rodrigues do Nascimento - (filho de 176 - Gonçalo Rodrigues do Nascimento e 177 - Vitoriana Gomes de Oliveira) Fundador das precursoras dos Rodrigues. Viúvo, casou novamente com Bernardina.
89 - Bernardina Furtado de Figueiredo
90 - José Bezerra dos Anjos - (filho de 180 - Nome Desconhecido e 181 - Nome Desconhecido) Procedente de Pedra de Buíque (PE).
91 - Joana Batista do Nascimento - (filha de 182 - Gonçalo Rodrigues do Nascimento e 183 - Vitoriana Gomes de Oliveira)
92 - Antônio Rodrigues do Nascimento - (filho de 184 - Joaquim Rodrigues do Nascimento e 185 - Bernardina Furtado de Figueiredo)
93 - Antônia Mariano de Siqueira
94 - Pedro Mariano de Siqueira
95 - Maria Madalena Torres

Hexavós

176 - Gonçalo Rodrigues do Nascimento (*1796, +22-07-1878) - (filho de 352 - José Carlos Rodrigues do Nascimento e 353 - Ana Joana Batista Pereira da Cunha)
177 - Vitoriana Gomes de Oliveira (*1804, +16-04-1879)
180 - Nome Desconhecido
181 - Nome Desconhecido
182 - Gonçalo Rodrigues do Nascimento (*1796, +22-07-1878) - (filho de 364 - José Carlos Rodrigues do Nascimento e 365 - Ana Joana Batista Pereira da Cunha) (Mesma pessoa de nº 176)
183 - Vitoriana Gomes de Oliveira (*1804, +16-04-1879) (Mesma pessoa de nº 177)
184 - Joaquim Rodrigues do Nascimento - (filho de 368 - Gonçalo Rodrigues do Nascimento e 369 - Vitoriana Gomes de Oliveira) (Mesma pessoa de nº 88)
185 - Bernardina Furtado de Figueiredo (Mesma pessoa de nº 89)

Heptavós

352 - José Carlos Rodrigues do Nascimento O abastado fazendeiro José Carlos Rodrigues, remanescente dos fundadores da Casa da Torre e dono da fazenda Sabonete, situada no lugar em que está hoje Bom Nome, com sua esposa, Ana Joana Batista Pereira da Cunha, deixaram 8 filhos, sendo 6 mulheres e 2 homens. A filha Jacinta foi esposa de José Pereira da Silva. Outra, chamada Maria Manoela do Nascimento, foi esposa do português João Antônio Ramos Nogueira. Outra, foi esposa de José Mariano de Sá (de Floresta-PE), a qual o abastado fazendeiro deu a propriedade Canafístula. Outra, foi mulher de um rapaz da fazenda Ema (em Floresta-PE). Outra, casou na família Lacerda, e outra ainda, foi casada com um rapaz da fazenda Jazido, em Vila Bela. Os dois rapazes casaram. O primeiro, com uma moça do Pato (na ribeira do Pajeú), e o segundo, Gonçalo Rodrigues do Nascimento (falecido em 22/7/1878 aos 82 anos de idade), foi casado com a cearense Vitoriana Gomes de Oliveira (falecida em 16/4/1879 aos 75 anos de idade). (do livro "São José do Belmonte" de Valdir Nogueira, página 255).
353 - Ana Joana Batista Pereira da Cunha - (filha de 706 - Nome Desconhecido e 707 - Nome Desconhecido)
364 - José Carlos Rodrigues do Nascimento (Mesma pessoa de nº 352)
365 - Ana Joana Batista Pereira da Cunha - (filha de 730 - Nome Desconhecido e 731 - Nome Desconhecido) (Mesma pessoa de nº 353)
368 - Gonçalo Rodrigues do Nascimento (*1796, +22-07-1878) - (filho de 736 - José Carlos Rodrigues do Nascimento e 737 - Ana Joana Batista Pereira da Cunha) (Mesma pessoa de nº 176)
369 - Vitoriana Gomes de Oliveira (*1804, +16-04-1879) (Mesma pessoa de nº 177)

Octavós

706 - Nome Desconhecido
707 - Nome Desconhecido
730 - Nome Desconhecido (Mesma pessoa de nº 706)
731 - Nome Desconhecido (Mesma pessoa de nº 707)
736 - José Carlos Rodrigues do Nascimento (Mesma pessoa de nº 352)
737 - Ana Joana Batista Pereira da Cunha - (filha de 1474 - Nome Desconhecido e 1475 - Nome Desconhecido) (Mesma pessoa de nº 353)

Eneavós (9º avós)

1474 - Nome Desconhecido (Mesma pessoa de nº 706)
1475 - Nome Desconhecido (Mesma pessoa de nº 707)

Total de Ancestrais: 40
Nota explicativa da numeração: A primeira pessoa da relação tem sempre o número '1'. Em seguida, cada pessoa do sexo masculino tem um número par, que é calculado multiplicando-se o número de seu filho por 2. As pessoas do sexo feminino, por sua vez, têm um número ímpar, que é calculado somando-se 1 ao número do seu marido. Exemplo: O pai da pessoa de número 3 é a de número 6 (3 x 2) e a sua mãe é a pessoa de número 7 (2 x 3 + 1).
 
   
Início da Página Dados disponibilizados por Magno José de Sá Araújo © - e-mail: Magno José de Sá Araújo