Início | Sobrenomes | Fotos | Livros | Outras Famílias
Fale Comigo   
Famílias
Sertanejas
Localização de pessoas 
   
  Memória: Nenhum nome memorizado. Quinta-Feira, 20-6-2019  

Relação dos Ancestrais de
Bento Lopes

1 - Bento Lopes (*05-06-1671, +1740) - (filho de 2 - Gaspar Lopes e 3 - Catarina Teixeira) Morava no lugar da Reigada, em Santo André de Marecos, bispado do Porto, Portugal.

Pais

2 - Gaspar Lopes (*09-01-1640, +1675) - (filho de 4 - Manoel Francisco Lopes e 5 - Maria Antônia) Moravam em Santo Estêvão de Oldrões, bispado do Porto, Portugal.
3 - Catarina Teixeira (*1642, +1696) - (filha de 6 - Gonçalo Teixeira e 7 - Maria Francisca)

Avós

4 - Manoel Francisco Lopes (*1600, +1674) - (filho de 8 - Gaspar Francisco e 9 - Catarina Lopes) Moravam em Santa Maria de Perozelo, bispado do Porto, Portugal.
5 - Maria Antônia (+1655) - (filha de 10 - Francisco Diniz e 11 - Maria Dias)
6 - Gonçalo Teixeira (*16-01-1606, +1694) - (filho de 12 - Antônio Teixeira e 13 - Maria Dias) Moravam em Santo Estêvão de Oldrões, bispado do Porto, Portugal.
7 - Maria Francisca (*21-03-1618, +1654) - (filha de 14 - Francisco Fernandes e 15 - Violante Gonçalves)

Bisavós

8 - Gaspar Francisco - (filho de 16 - Francisco Jorge e 17 - Margarida Alves)
9 - Catarina Lopes - (filha de 18 - Gonçalo Lopes e 19 - Margarida Alves)
10 - Francisco Diniz (+1628)
11 - Maria Dias (+1610)
12 - Antônio Teixeira (*SEC XVI, +1658) Padre. Foi cura em Santiago de Valpedre, Porto - Portugal, entre 1603 e 1605, e vigário de São Miguel de Arcozelo, bispado do Porto, Portugal, entre 1622 e 1658.
13 - Maria Dias
14 - Francisco Fernandes (+1670) Residia em Santo Estêvão de Oldrões, bispado do Porto, Portugal.
15 - Violante Gonçalves (+1659)

Trisavós

16 - Francisco Jorge
17 - Margarida Alves (+1632)
18 - Gonçalo Lopes (+1631)
19 - Margarida Alves (+1613)

Total de Ancestrais: 18
Nota explicativa da numeração: A primeira pessoa da relação tem sempre o número '1'. Em seguida, cada pessoa do sexo masculino tem um número par, que é calculado multiplicando-se o número de seu filho por 2. As pessoas do sexo feminino, por sua vez, têm um número ímpar, que é calculado somando-se 1 ao número do seu marido. Exemplo: O pai da pessoa de número 3 é a de número 6 (3 x 2) e a sua mãe é a pessoa de número 7 (2 x 3 + 1).
 
   
Início da Página Dados disponibilizados por Magno José de Sá Araújo © - e-mail: Magno José de Sá Araújo