Início | Sobrenomes | Fotos | Livros | Outras Famílias
Fale Comigo   
Famílias
Sertanejas
Localização de pessoas 
   
  Memória: Nenhum nome memorizado. Sexta-Feira, 14-8-2020  

Relação dos Ancestrais de
Ana Regina Ferraz Gominho Costa

1 - Ana Regina Ferraz Gominho Costa (*09-04-1964) - (filha de 2 - Adalberto Ferraz Gominho e 3 - Maria do Socorro Novaes Gominho) Engenheira Civil.

Pais

2 - Adalberto Ferraz Gominho (*20-06-1930, +13-02-1997) - (filho de 4 - Fortunato de Sá Gominho e 5 - Maria Amália Ferraz Gominho) Eng. Civil.
3 - Maria do Socorro Novaes Gominho (*16-04-1936) - (filha de 6 - João Gominho Filho e 7 - Enedina Novaes Gominho)

Avós

4 - Fortunato de Sá Gominho (*14-02-1890, +01-02-1983) - (filho de 8 - João Barbosa de Sá Gominho e 9 - Fortunata de Sá Gominho) Comerciante. Foi o 19º prefeito de Floresta (1936 a 1937). Conselheiro Municipal de 1913 a 1922, adjunto de promotor e comerciante. Veneranda figura de sertanejo, de homem de bem e um coração do tamanho do mundo, segundo Luiz Wilson em seu livro Roteiro de Velhos e Grandes Sertanejos, capítulo 51.
5 - Maria Amália Ferraz Gominho (*21-05-1891, +17-07-1973) - (filha de 10 - Manoel Rufino de Souza Ferraz e 11 - Margarida Angélica de Souza Ferraz)
6 - João Gominho Filho (*29-07-1893, +31-12-1985) - (filho de 12 - João Barbosa de Sá Gominho e 13 - Fortunata de Sá Gominho)
7 - Enedina Novaes Gominho (*15-04-1895, +22-04-1969) - (filha de 14 - Antônio David Gomes Novaes e 15 - Feliciana Gomes de Sá) Registrada como Enedina da Silva Novaes.

Bisavós

8 - João Barbosa de Sá Gominho (*05-01-1867, +23-05-1948) - (filho de 16 - Antônio Manoel Gomes de Sá e 17 - Alexandra Rufina Gomes de Sá) Participou, em 16/11/1911, da comissao que, naquele dia, partiu para Pesqueira para receber o Bispo Dom Augusto Alvaro da Silva. Participaram tambem dessa comissao Antonio Ferraz e Antonio Boiadeiro.
9 - Fortunata de Sá Gominho (*04-10-1867, +11-07-1916) - (filha de 18 - Antônio Marques de Sá e 19 - Fortunata Inês de Sá)
10 - Manoel Rufino de Souza Ferraz (*1868, +13-02-1945) - (filho de 20 - José Alexandre Gomes de Sá e Silva e 21 - Antônia Esmeralda de Souza Ferraz) Político. Nequinho da Rancharia. Foi Prefeito de Floresta durante o periodo de 1919/22. Faleceu em desastre de caminhão. Na certidão de óbito, consta que era filho de Maria Margarida Ferraz.
11 - Margarida Angélica de Souza Ferraz (*14-12-1873, +03-04-1952) - (filha de 22 - João Serafim de Souza Ferraz e 23 - Angélica Maria da Conceição) Conhecida como Garida.
12 - João Barbosa de Sá Gominho (*05-01-1867, +23-05-1948) - (filho de 24 - Antônio Manoel Gomes de Sá e 25 - Alexandra Rufina Gomes de Sá) (Mesma pessoa de nº 8)
13 - Fortunata de Sá Gominho (*04-10-1867, +11-07-1916) - (filha de 26 - Antônio Marques de Sá e 27 - Fortunata Inês de Sá) (Mesma pessoa de nº 9)
14 - Antônio David Gomes Novaes (*11-06-1848, +03-03-1936) - (filho de 28 - Pantaleão Gomes de Sá e 29 - Maria Teodora de Sá) Capitão. Foi comerciante, agropecuarista, delegado da Vila da Floresta, onde, em 1892, foi eleito o 1º subprefeito daquele município recém criado. (Fonte: Nivaldo Carvalho).
15 - Feliciana Gomes de Sá (*1853) - (filha de 30 - Pedro Joaquim da Silva e 31 - Gertrudes Maria de Sá)

Trisavós

16 - Antônio Manoel Gomes de Sá - (filho de 32 - João Barbosa de Sá e 33 - Helena Maria da Conceição) Do Angico.
17 - Alexandra Rufina Gomes de Sá - (filha de 34 - Alexandre Rufino Gomes e 35 - Maria da Silva da Purificação)
18 - Antônio Marques de Sá - (filho de 36 - David Barbosa de Sá Pedrosa e 37 - Luísa Maria de Sá) Do Alto Branco.
19 - Fortunata Inês de Sá - (filha de 38 - Francisco Antônio de Souza e 39 - Inês Maria da Silva)
20 - José Alexandre Gomes de Sá e Silva (*30-11-1834, +24-09-1910) - (filho de 40 - Alexandre Rufino Gomes e 41 - Maria da Silva da Purificação) Major e Político. (Major Alexandre). Foi Presidente da Câmara municipal de Floresta de 1881 a 1883. Morava na Fazenda Governador.
21 - Antônia Esmeralda de Souza Ferraz (*1844) - (filha de 42 - Serafim de Souza Ferraz e 43 - Margarida de Souza e Silva)
22 - João Serafim de Souza Ferraz (*1846, +12-05-1878) - (filho de 44 - Serafim de Souza Ferraz e 45 - Margarida de Souza e Silva) Tenente-coronel. Tenente-coronel da Guarda Nacional (Cavalaria). Considerado por seus adversários como o melhor chefe político da família Ferraz, era muito prudente e ocupou uma vaga na Câmara Municipal de Floresta. Foi também Juiz de Paz.
23 - Angélica Maria da Conceição (+1897) - (filha de 46 - David Barbosa de Sá Pedrosa e 47 - Luísa Maria de Sá)
24 - Antônio Manoel Gomes de Sá - (filho de 48 - João Barbosa de Sá e 49 - Helena Maria da Conceição) (Mesma pessoa de nº 16)
25 - Alexandra Rufina Gomes de Sá - (filha de 50 - Alexandre Rufino Gomes e 51 - Maria da Silva da Purificação) (Mesma pessoa de nº 17)
26 - Antônio Marques de Sá - (filho de 52 - David Barbosa de Sá Pedrosa e 53 - Luísa Maria de Sá) (Mesma pessoa de nº 18)
27 - Fortunata Inês de Sá - (filha de 54 - Francisco Antônio de Souza e 55 - Inês Maria da Silva) (Mesma pessoa de nº 19)
28 - Pantaleão Gomes de Sá (*1810, +11-02-1884) - (filho de 56 - David Gomes de Sá e 57 - Ana Maria de Sá) (Panta). Morava na Faz.Tapuio, terras da Misericórdia
29 - Maria Teodora de Sá (+1871) - (filha de 58 - José Francisco de Novaes e 59 - Josefa Gomes de Sá Novaes) (Maria Teodora de Jesus).
30 - Pedro Joaquim da Silva (*1812, +18-09-1885) Da Malhada do Sal. Família Feitosa, de Betânia, Navio etc. Foi membro da câmara municipal de 1873 a 1877.
31 - Gertrudes Maria de Sá - (filha de 62 - Thomé de Souza Ferraz Filho e 63 - Joana Gomes de Sá)

Tetravós

32 - João Barbosa de Sá - (filho de 64 - Antônio Barbosa de Sá e 65 - Angélica Maria da Conceição) Capitao.
33 - Helena Maria da Conceição - (filha de 66 - Antônio Manoel de Souza Ferraz e 67 - Dona Rosa) Morava no Riacho do Navio. Compraram o Angico de Antônio Barbosa de Sá.
34 - Alexandre Rufino Gomes (*1804, +1858) - (filho de 68 - José da Fonseca e 69 - Quitéria Maria) Tenente. Foi vereador na primeira Câmara Municipal da vila de Floresta, em 1846.
35 - Maria da Silva da Purificação (*1807, +1862) - (filha de 70 - Francisco da Silva Leal e 71 - Maria de Souza da Silveira) (Mariazinha).
36 - David Barbosa de Sá Pedrosa - (filho de 72 - João Barbosa de Sá e 73 - Helena Maria da Conceição) Foi vereador na vila de Floresta no final da década de 1860. Da Serra do Arapuá.
37 - Luísa Maria de Sá - (filha de 74 - Jerônimo de Souza Ferraz Neto) Conhecida como Lulu.
38 - Francisco Antônio de Souza - (filho de 76 - Antônio Pereira de Souza e 77 - Ana Maria Rosa de São Pedro)
39 - Inês Maria da Silva (+1890) - (filha de 78 - Manoel Freire da Silva e 79 - Dominga de Souza Ferraz) Da fazenda Água Pé, Riacho do Navio.
40 - Alexandre Rufino Gomes (*1804, +1858) - (filho de 80 - José da Fonseca e 81 - Quitéria Maria) (Mesma pessoa de nº 34)
41 - Maria da Silva da Purificação (*1807, +1862) - (filha de 82 - Francisco da Silva Leal e 83 - Maria de Souza da Silveira) (Mesma pessoa de nº 35)
42 - Serafim de Souza Ferraz (*1804, +02-12-1867) - (filho de 84 - Antônio de Souza Ferraz e 85 - Margarida Maria da Silveira) Tenente-coronel. Herdou 1/4 de legua de terras da Fazenda Navio, onde nasceu, viveu e morreu. Foi um dos chefes da "Revolução da Serra Negra" (1849-1850), sendo preso em 1850, conseguindo anistia. Por decreto de D. Pedro II, de 14/3/1860, recebeu o título de Oficial da Ordem da Rosa, cujo juramento se deu em 8/5/1862, no Palácio Imperial do Rio de Janeiro, sendo Procurador o Dr. José Ildefonso de Souza Ramos, presidente da província que lhe concedera anistia em 1850. Foi o líder da emancipação política de Floresta tendo sido o primeiro Presidente da Câmara municipal em 1846. Era chefe liberal na região.
43 - Margarida de Souza e Silva (*1804, +27-06-1878) - (filha de 86 - Francisco da Silva Leal e 87 - Maria de Souza da Silveira) Conhecida como Guida.
44 - Serafim de Souza Ferraz (*1804, +02-12-1867) - (filho de 88 - Antônio de Souza Ferraz e 89 - Margarida Maria da Silveira) (Mesma pessoa de nº 42)
45 - Margarida de Souza e Silva (*1804, +27-06-1878) - (filha de 90 - Francisco da Silva Leal e 91 - Maria de Souza da Silveira) (Mesma pessoa de nº 43)
46 - David Barbosa de Sá Pedrosa - (filho de 92 - João Barbosa de Sá e 93 - Helena Maria da Conceição) (Mesma pessoa de nº 36)
47 - Luísa Maria de Sá - (filha de 94 - Jerônimo de Souza Ferraz Neto) (Mesma pessoa de nº 37)
48 - João Barbosa de Sá - (filho de 96 - Antônio Barbosa de Sá e 97 - Angélica Maria da Conceição) (Mesma pessoa de nº 32)
49 - Helena Maria da Conceição - (filha de 98 - Antônio Manoel de Souza Ferraz e 99 - Dona Rosa) (Mesma pessoa de nº 33)
50 - Alexandre Rufino Gomes (*1804, +1858) - (filho de 100 - José da Fonseca e 101 - Quitéria Maria) (Mesma pessoa de nº 34)
51 - Maria da Silva da Purificação (*1807, +1862) - (filha de 102 - Francisco da Silva Leal e 103 - Maria de Souza da Silveira) (Mesma pessoa de nº 35)
52 - David Barbosa de Sá Pedrosa - (filho de 104 - João Barbosa de Sá e 105 - Helena Maria da Conceição) (Mesma pessoa de nº 36)
53 - Luísa Maria de Sá - (filha de 106 - Jerônimo de Souza Ferraz Neto) (Mesma pessoa de nº 37)
54 - Francisco Antônio de Souza - (filho de 108 - Antônio Pereira de Souza e 109 - Ana Maria Rosa de São Pedro) (Mesma pessoa de nº 38)
55 - Inês Maria da Silva (+1890) - (filha de 110 - Manoel Freire da Silva e 111 - Dominga de Souza Ferraz) (Mesma pessoa de nº 39)
56 - David Gomes de Sá (+10-07-1826) - (filho de 112 - Francisco Gomes de Sá e 113 - Antônia de Souza da Rocha) Ajudante. Morava na Faz. "Jacurutú," terras da Capim Grosso.
57 - Ana Maria de Sá (+26-08-1830) - (filha de 114 - Antônio Francisco de Novaes e 115 - Antônia Maria da Conceição) Morava na Faz. "Jacurutú," terras da Capim Grosso, herança do pai e sogro. É citada por Stella Novaes como Ana Novaes.
58 - José Francisco de Novaes (+29-04-1850) - (filho de 116 - Antônio Francisco de Novaes e 117 - Antônia Maria da Conceição) Tenente Coronel. Dono da Fazenda "Misericórdia", no Pajeú, apontada como berço da tradicional família Novaes de Floresta-PE, tendo em vista ser ele o único a repassar esse sobrenome para os seus descendentes. Figura importante na formação da história florestana, pois nela exerceu importantes cargos e funções públicas, entre elas: Capitão de Ordenança da 2ª Companhia do Termo de Flores (1818), Juiz Ordinário e de Órfãos do Julgado de Tacaratu (1820 e 1822), Juiz de Órfãos e Ordinário de Cabrobó (s/data). Também foi Delegado do Termo de Floresta, comarca de Flores (1849). Em 25.09.1847, na eleição promovida pela Assembléia Paroquial, obteve 271 votos para eleitor do Senado da Câmara Municipal da Vila da Floresta, onde também foram votados: seu filho de igual nome (José Francisco de Novaes Jr. -"O Capitão Moço") e seu neto Francisco Antônio Gomes Novaes. Em 1843 era dono de terras na serra do Arapuá, onde mantinha um oratório privado, e onde eram celebrados missas, batizados e casamentos. (Fonte: Nivaldo Carvalho).
59 - Josefa Gomes de Sá Novaes - (filha de 118 - José Gomes de Sá e 119 - Feliciana da Silva da Purificação) Segundo Nivaldo Carvalho e outros, era prima de seu marido, José Francisco de Novaes.
62 - Thomé de Souza Ferraz Filho (+1828) - (filho de 124 - Thomé de Souza Ferraz e 125 - Anna Maria do Nascimento)
63 - Joana Gomes de Sá - (filha de 126 - Anacleto Gomes de Sá e 127 - Joana) (Joaninha "do Ambrósio"). Da fazenda Ambrósio.

Pentavós

64 - Antônio Barbosa de Sá
65 - Angélica Maria da Conceição
66 - Antônio Manoel de Souza Ferraz - (filho de 132 - Jerônimo de Souza Ferraz e 133 - Margarida de Souza da Silveira) Ajud. de mestre de campo.
67 - Dona Rosa
68 - José da Fonseca Era irmão de Antônio da Fonseca que casou na Bahia, deixando a família Fonseca de Rodelas e adjacências.
69 - Quitéria Maria - (filha de 138 - Anacleto Gomes de Sá e 139 - Joana)
70 - Francisco da Silva Leal (*1760, +1826) - (filho de 140 - Joaquim de Almeida da Silva Leal e 141 - Maria da Silva)
71 - Maria de Souza da Silveira - (filha de 142 - Dâmaso de Souza Ferraz e 143 - Joana Batista de Souza da Silveira) Conhecida como Mãe Grande dos Paus Pretos. Foi a tereceira esposa do viúvo Francisco da Silva Leal da Fazenda Paus Pretos, onde funcionou, no começo do século XIX, um Cartório de Notas da Povoação de Fazenda Grande, sob a orientação de seu filho Manoel da Silva Leal.
72 - João Barbosa de Sá - (filho de 144 - Antônio Barbosa de Sá e 145 - Angélica Maria da Conceição) (Mesma pessoa de nº 32)
73 - Helena Maria da Conceição - (filha de 146 - Antônio Manoel de Souza Ferraz e 147 - Dona Rosa) (Mesma pessoa de nº 33)
74 - Jerônimo de Souza Ferraz Neto - (filho de 148 - Thomé de Souza Ferraz e 149 - Anna Maria do Nascimento)
76 - Antônio Pereira de Souza De Rio do Peixe (PB).
77 - Ana Maria Rosa de São Pedro (+04-03-1849) - (filha de 154 - Antônio Manoel de Souza Ferraz e 155 - Dona Rosa)
78 - Manoel Freire da Silva
79 - Dominga de Souza Ferraz - (filha de 158 - Cipriano de Souza Ferraz e 159 - Antônia da Caiçara)
80 - José da Fonseca (Mesma pessoa de nº 68)
81 - Quitéria Maria - (filha de 162 - Anacleto Gomes de Sá e 163 - Joana) (Mesma pessoa de nº 69)
82 - Francisco da Silva Leal (*1760, +1826) - (filho de 164 - Joaquim de Almeida da Silva Leal e 165 - Maria da Silva) (Mesma pessoa de nº 70)
83 - Maria de Souza da Silveira - (filha de 166 - Dâmaso de Souza Ferraz e 167 - Joana Batista de Souza da Silveira) (Mesma pessoa de nº 71)
84 - Antônio de Souza Ferraz - (filho de 168 - Dâmaso de Souza Ferraz e 169 - Joana Batista de Souza da Silveira)
85 - Margarida Maria da Silveira - (filha de 170 - Thomé de Souza Ferraz e 171 - Anna Maria do Nascimento)
86 - Francisco da Silva Leal (*1760, +1826) - (filho de 172 - Joaquim de Almeida da Silva Leal e 173 - Maria da Silva) (Mesma pessoa de nº 70)
87 - Maria de Souza da Silveira - (filha de 174 - Dâmaso de Souza Ferraz e 175 - Joana Batista de Souza da Silveira) (Mesma pessoa de nº 71)
88 - Antônio de Souza Ferraz - (filho de 176 - Dâmaso de Souza Ferraz e 177 - Joana Batista de Souza da Silveira) (Mesma pessoa de nº 84)
89 - Margarida Maria da Silveira - (filha de 178 - Thomé de Souza Ferraz e 179 - Anna Maria do Nascimento) (Mesma pessoa de nº 85)
90 - Francisco da Silva Leal (*1760, +1826) - (filho de 180 - Joaquim de Almeida da Silva Leal e 181 - Maria da Silva) (Mesma pessoa de nº 70)
91 - Maria de Souza da Silveira - (filha de 182 - Dâmaso de Souza Ferraz e 183 - Joana Batista de Souza da Silveira) (Mesma pessoa de nº 71)
92 - João Barbosa de Sá - (filho de 184 - Antônio Barbosa de Sá e 185 - Angélica Maria da Conceição) (Mesma pessoa de nº 32)
93 - Helena Maria da Conceição - (filha de 186 - Antônio Manoel de Souza Ferraz e 187 - Dona Rosa) (Mesma pessoa de nº 33)
94 - Jerônimo de Souza Ferraz Neto - (filho de 188 - Thomé de Souza Ferraz e 189 - Anna Maria do Nascimento) (Mesma pessoa de nº 74)
96 - Antônio Barbosa de Sá (Mesma pessoa de nº 64)
97 - Angélica Maria da Conceição (Mesma pessoa de nº 65)
98 - Antônio Manoel de Souza Ferraz - (filho de 196 - Jerônimo de Souza Ferraz e 197 - Margarida de Souza da Silveira) (Mesma pessoa de nº 66)
99 - Dona Rosa (Mesma pessoa de nº 67)
100 - José da Fonseca (Mesma pessoa de nº 68)
101 - Quitéria Maria - (filha de 202 - Anacleto Gomes de Sá e 203 - Joana) (Mesma pessoa de nº 69)
102 - Francisco da Silva Leal (*1760, +1826) - (filho de 204 - Joaquim de Almeida da Silva Leal e 205 - Maria da Silva) (Mesma pessoa de nº 70)
103 - Maria de Souza da Silveira - (filha de 206 - Dâmaso de Souza Ferraz e 207 - Joana Batista de Souza da Silveira) (Mesma pessoa de nº 71)
104 - João Barbosa de Sá - (filho de 208 - Antônio Barbosa de Sá e 209 - Angélica Maria da Conceição) (Mesma pessoa de nº 32)
105 - Helena Maria da Conceição - (filha de 210 - Antônio Manoel de Souza Ferraz e 211 - Dona Rosa) (Mesma pessoa de nº 33)
106 - Jerônimo de Souza Ferraz Neto - (filho de 212 - Thomé de Souza Ferraz e 213 - Anna Maria do Nascimento) (Mesma pessoa de nº 74)
108 - Antônio Pereira de Souza (Mesma pessoa de nº 76)
109 - Ana Maria Rosa de São Pedro (+04-03-1849) - (filha de 218 - Antônio Manoel de Souza Ferraz e 219 - Dona Rosa) (Mesma pessoa de nº 77)
110 - Manoel Freire da Silva (Mesma pessoa de nº 78)
111 - Dominga de Souza Ferraz - (filha de 222 - Cipriano de Souza Ferraz e 223 - Antônia da Caiçara) (Mesma pessoa de nº 79)
112 - Francisco Gomes de Sá - (filho de 224 - José Francisco de Seixas e 225 - Custódia Gomes de Sá) Capitão-Comandante. Da Fazenda Riacho, na embocadura do Riacho dos Mandantes no rio S. Francisco, hoje coberta pelas águas da barragem de Itaparica.
113 - Antônia de Souza da Rocha - (filha de 226 - Manoel de Souza da Rocha e 227 - Feliciana de Barros da Silveira)
114 - Antônio Francisco de Novaes (+09-10-1806) - (filho de 228 - José Francisco de Souza e 229 - Esposa Ainda Desconhecida) Sargento-Mor. O Sargento Mor Antônio Francisco de Novaes foi grande criador de gado (bovino, cavalar, muar e criação miúda), estabelecido em fins do século XVIII na Fazenda "Capim Grosso", imensa extensão de terras, subdivididas atualmente em diversas pequenas e médias propriedades, grande parte dela ainda pertencentes aos seus descendentes ou a terceiros que as adquiriram por compra, desde a Fazenda "Tapera de Baixo," até a Fazenda "Pedra Vermelha". Tendo comprado aquela Fazenda, em 03.08.1796, a José Marques de Souza e sua mulher Rosa Maria Alves e Antônio de Souza e sua mulher Paula Perpétua de São Pedro, pelo preço de 700$000 (setecentos mil réis), com os seguintes limites; (conforme escrita da época):

"Da parte do nascente com a Fazenda Grande, no lugar chamado a Malhada Grande correndo rumo direto para a parte do Rio S. Francisco extrema com as fazendas da Pedra e Jatinan onde confronta com a lagoa da Catinga e daí correndo rumo direto para cima pela parte de cá da Serra Branca, buscando ao poente, até imparear, correndo rumo direito pela parte da Serra do Irapuá pelo altinho que está entre a baixinha do Papagaio e Riacho da Ingazeira até imparear ou confrontar com a ponta da Serra do Itó, correndo rumo pela Serra abaixo até o fim dela, extremando com a fazenda Panela d'Agua pelo Centro de uma para a de outra por onde for de razão, até imparear com a dita Malhada Grande, e para a parte do Curralinho e Campo Grande, extrema no Taboleiro do Capim Grosso de Fora, e assim extremando o dito comprador... por si etc... O Tam. Pº. Domingos Gomes".
Além de comprar a "Capim Grosso", arrendou do Morgado da Casa da Torre, na Bahia, o Sítio "Jatobá"; "extremando esta Fazenda pela parte de cima da ponta da Serra Grande do Oití, cortando direito a Quixaba e dahi cortando rumo direito a serra Grande do Olho d'Agua, e pela parte de baixo no Posso da Engazeira, e para a parte do Poente onde reparte as agoas para hua e outra parte, pagando de renda 2$000 (dois mil réis), em cada ano".

Além de comprar a "Capim Grosso", arrendou do Morgado da Casa da Torre, na Bahia, o Sítio "Jatobá"; "extremando esta Fazenda pela parte de cima da ponta da Serra Grande do Oití, cortando direito a Quixaba e dahi cortando rumo direito a serra Grande do Olho d'Agua, e pela parte de baixo no Posso da Engazeira, e para a parte do Poente onde reparte as agoas para hua e outra parte, pagando de renda 2$000 (dois mil réis), em cada ano". Era dono ou rendeiro também dos Sítios "Enjeitado" e "Tamboril", na Serra do Arapuá, em cujas propriedades desenvolveu atividades pastoris e agrícolas, com seus agregados e escravos que naquelas propriedades laboravam temporariamente ou residiam.

No seu inventário deixa um patrimônio avaliado pelo Capitão-mor José Lopes Diniz e o Ajudante Antônio Manoel de Souza Ferraz, em 15.635$450 réis, em gado, imóveis, e os seguintes bens de raiz: "um Sítio de terras na Misericórdia, no Pajeú, com légua e meia de comprido, adquirido por compra a Manoel Correia de Melo, (possivelmente irmão do seu genro), e a Joaquim Fernandes de Cerqueira; um Sítio de Terras no Capim Grosso; um curral na Pedra Vermelha; um cercado e curral na Volta; um Sítio(?) na beira do São Francisco, havido por herança do sogro e pai Vitório de Souza, (Vitório de Souza da Rocha, inventariado em 1779); o Sítio Tapera de Paulo Afonso, na Ribeira do S. Francisco, Termo de Pambú, havido por compra; o Sítio Tamboril na Serra do Arapuá". Também figuram algumas dívidas, entre elas 43$530 réis ao crioulo Pascoal Coelho de Lemos, morador na Serra do Arapuá. Não havendo qualquer referência a um 1º ou 2º casamentos seu, conforme noticia Stella Noves. Se assim foi, só houve os 04 filhos com (a 2ª esposa?) Antônia Maria da Conceição, que são contemplados em seu testamento de 1817 e que dela são herdeiros em 1830.

Fonte: FAMÍLIA NOVAES, de Floresta/PE - (Genealogia e história) - Inédito - Pesquisa e organização: Nivaldo Alves de Carvalho. Colaboração: Hildo Leal da Rosa e Yony Sampaio.
115 - Antônia Maria da Conceição (*1758, +06-06-1830) - (filha de 230 - Vitório de Souza da Rocha e 231 - Antônia Pereira Leite) Fez o seu testamento a 28.01.1817, quando contava 59 anos de idade e morava na sua Faz. "Misericórdia", tendo como testamenteiro seu filho José Francisco de Novaes.

Seus pais eram originários da Faz. "Tacoatiara," do Termo de Tacaratu, na margem pernambucana do S. Francisco, outrora pertencente aos seus avós paternos: Capitão Manoel de Souza da Rocha (+1749) e sua mulher Feliciana de Barros (da Silveira +1759). Em 1749, quando se encontrava preso no Recife o Capitão Manoel de Souza da Roxa (Rocha), pelo não recolhimento dos impostos, por ele arrematados, e o real donativo do ano de 1746, no valor total de 6 mil cruzados. Prestaram fiança para a sua libertação: o Alferes João Pinto Leal e sua mulher Maria de Barros (da Silveira); o Tenente Cel. Luiz Furtado de Almeida e sua mulher Beatriz de Souza da Silveira e o Capitão Jerônimo de Souza Ferraz e sua mulher Margarida de Souza (da Silveira), e como testemunha Manoel de Barros da Silveira. Deixando crer que eram parentes, pelo menos por afinidade, numa hipótese consistente de que a esposa do réu e as esposas dos fiadores eram irmãs; (inclusive a testemunha), filhas de Manoel de Barros e Souza e Joana Fagundes da Silveira, originários da freguesia de Jesus-Maria-José de Pé-de-Banco, em Sergipe Del Rei, que naquela época fazia parte da Bahia, e que em 1726 já estavam radicados na Missão do Pambú, do lado baiano do rio São Francisco, passando depois para o lado de Pernambuco (Cabrobó e Tacaratú), com ramificações estabelecidas no Ceará e Paraíba.

Fonte: FAMÍLIA NOVAES, de Floresta/PE - (Genealogia e história) - Inédito - Pesquisa e organização: Nivaldo Alves de Carvalho. Colaboração: Hildo Leal da Rosa e Yony Sampaio.
116 - Antônio Francisco de Novaes (+09-10-1806) - (filho de 232 - José Francisco de Souza e 233 - Esposa Ainda Desconhecida) (Mesma pessoa de nº 114)
117 - Antônia Maria da Conceição (*1758, +06-06-1830) - (filha de 234 - Vitório de Souza da Rocha e 235 - Antônia Pereira Leite) (Mesma pessoa de nº 115)
118 - José Gomes de Sá - (filho de 236 - Francisco Gomes de Sá e 237 - Antônia de Souza da Rocha) Capitão-comandante. De Gravatá.
119 - Feliciana da Silva da Purificação - (filha de 238 - Joaquim de Almeida da Silva Leal e 239 - Maria da Silva) (ou Feliciana da Silva Leal). Da Faz. Riacho, situada na embocadura do riacho dos Mandantes, no rio S. Francisco.
124 - Thomé de Souza Ferraz - (filho de 248 - Jerônimo de Souza Ferraz e 249 - Margarida de Souza da Silveira) Alferes. Foi testemunha na escritura de doacao da Fazenda Grande ao Senhor do Bom Jesus dos Aflitos, em 23.01.1776, onde hoje se encontra a cidade de Floresta, Pernambuco.
125 - Anna Maria do Nascimento (Donana).
126 - Anacleto Gomes de Sá - (filho de 252 - Gomes de Sá e 253 - Gomes de Sá)
127 - Joana Mulata. Alguns dizem que seu nome seria Quitéria ou Rosa.

Hexavós

132 - Jerônimo de Souza Ferraz (+20-05-1770) Foi o primeiro Ferraz que chegou a outrora FAZENDA GRANDE do Sertão de Pernambuco (depois Vila de Floresta e hoje FLORESTA), à margem direita do lendário Rio Pajeú (afluente seco do "Grande Rio" ou do Rio São Francisco).
133 - Margarida de Souza da Silveira (+1801)
138 - Anacleto Gomes de Sá - (filho de 276 - Gomes de Sá e 277 - Gomes de Sá) (Mesma pessoa de nº 126)
139 - Joana (Mesma pessoa de nº 127)
140 - Joaquim de Almeida da Silva Leal - (filho de 280 - João Pinto Leal e 281 - Maria de Barros da Silveira)
141 - Maria da Silva
142 - Dâmaso de Souza Ferraz - (filho de 284 - Jerônimo de Souza Ferraz e 285 - Nome Desconhecido) Da Fazenda Curralinho. Foi nomeado Capitão dos Forasteiros da Ribeira do Pajeú em 8-09-1780.
143 - Joana Batista de Souza da Silveira
144 - Antônio Barbosa de Sá (Mesma pessoa de nº 64)
145 - Angélica Maria da Conceição (Mesma pessoa de nº 65)
146 - Antônio Manoel de Souza Ferraz - (filho de 292 - Jerônimo de Souza Ferraz e 293 - Margarida de Souza da Silveira) (Mesma pessoa de nº 66)
147 - Dona Rosa (Mesma pessoa de nº 67)
148 - Thomé de Souza Ferraz - (filho de 296 - Jerônimo de Souza Ferraz e 297 - Margarida de Souza da Silveira) (Mesma pessoa de nº 124)
149 - Anna Maria do Nascimento (Mesma pessoa de nº 125)
154 - Antônio Manoel de Souza Ferraz - (filho de 308 - Jerônimo de Souza Ferraz e 309 - Margarida de Souza da Silveira) (Mesma pessoa de nº 66)
155 - Dona Rosa (Mesma pessoa de nº 67)
158 - Cipriano de Souza Ferraz - (filho de 316 - Jerônimo de Souza Ferraz e 317 - Margarida de Souza da Silveira) Era tido como filho de Jerônimo, mas não consta do inventário. Morava na Caiçara, no Navio.
159 - Antônia da Caiçara - (filha de 318 - Joaquim de Almeida da Silva Leal e 319 - Maria da Silva)
162 - Anacleto Gomes de Sá - (filho de 324 - Gomes de Sá e 325 - Gomes de Sá) (Mesma pessoa de nº 126)
163 - Joana (Mesma pessoa de nº 127)
164 - Joaquim de Almeida da Silva Leal - (filho de 328 - João Pinto Leal e 329 - Maria de Barros da Silveira) (Mesma pessoa de nº 140)
165 - Maria da Silva (Mesma pessoa de nº 141)
166 - Dâmaso de Souza Ferraz - (filho de 332 - Jerônimo de Souza Ferraz e 333 - Nome Desconhecido) (Mesma pessoa de nº 142)
167 - Joana Batista de Souza da Silveira (Mesma pessoa de nº 143)
168 - Dâmaso de Souza Ferraz - (filho de 336 - Jerônimo de Souza Ferraz e 337 - Nome Desconhecido) (Mesma pessoa de nº 142)
169 - Joana Batista de Souza da Silveira (Mesma pessoa de nº 143)
170 - Thomé de Souza Ferraz - (filho de 340 - Jerônimo de Souza Ferraz e 341 - Margarida de Souza da Silveira) (Mesma pessoa de nº 124)
171 - Anna Maria do Nascimento (Mesma pessoa de nº 125)
172 - Joaquim de Almeida da Silva Leal - (filho de 344 - João Pinto Leal e 345 - Maria de Barros da Silveira) (Mesma pessoa de nº 140)
173 - Maria da Silva (Mesma pessoa de nº 141)
174 - Dâmaso de Souza Ferraz - (filho de 348 - Jerônimo de Souza Ferraz e 349 - Nome Desconhecido) (Mesma pessoa de nº 142)
175 - Joana Batista de Souza da Silveira (Mesma pessoa de nº 143)
176 - Dâmaso de Souza Ferraz - (filho de 352 - Jerônimo de Souza Ferraz e 353 - Nome Desconhecido) (Mesma pessoa de nº 142)
177 - Joana Batista de Souza da Silveira (Mesma pessoa de nº 143)
178 - Thomé de Souza Ferraz - (filho de 356 - Jerônimo de Souza Ferraz e 357 - Margarida de Souza da Silveira) (Mesma pessoa de nº 124)
179 - Anna Maria do Nascimento (Mesma pessoa de nº 125)
180 - Joaquim de Almeida da Silva Leal - (filho de 360 - João Pinto Leal e 361 - Maria de Barros da Silveira) (Mesma pessoa de nº 140)
181 - Maria da Silva (Mesma pessoa de nº 141)
182 - Dâmaso de Souza Ferraz - (filho de 364 - Jerônimo de Souza Ferraz e 365 - Nome Desconhecido) (Mesma pessoa de nº 142)
183 - Joana Batista de Souza da Silveira (Mesma pessoa de nº 143)
184 - Antônio Barbosa de Sá (Mesma pessoa de nº 64)
185 - Angélica Maria da Conceição (Mesma pessoa de nº 65)
186 - Antônio Manoel de Souza Ferraz - (filho de 372 - Jerônimo de Souza Ferraz e 373 - Margarida de Souza da Silveira) (Mesma pessoa de nº 66)
187 - Dona Rosa (Mesma pessoa de nº 67)
188 - Thomé de Souza Ferraz - (filho de 376 - Jerônimo de Souza Ferraz e 377 - Margarida de Souza da Silveira) (Mesma pessoa de nº 124)
189 - Anna Maria do Nascimento (Mesma pessoa de nº 125)
196 - Jerônimo de Souza Ferraz (+20-05-1770) (Mesma pessoa de nº 132)
197 - Margarida de Souza da Silveira (+1801) (Mesma pessoa de nº 133)
202 - Anacleto Gomes de Sá - (filho de 404 - Gomes de Sá e 405 - Gomes de Sá) (Mesma pessoa de nº 126)
203 - Joana (Mesma pessoa de nº 127)
204 - Joaquim de Almeida da Silva Leal - (filho de 408 - João Pinto Leal e 409 - Maria de Barros da Silveira) (Mesma pessoa de nº 140)
205 - Maria da Silva (Mesma pessoa de nº 141)
206 - Dâmaso de Souza Ferraz - (filho de 412 - Jerônimo de Souza Ferraz e 413 - Nome Desconhecido) (Mesma pessoa de nº 142)
207 - Joana Batista de Souza da Silveira (Mesma pessoa de nº 143)
208 - Antônio Barbosa de Sá (Mesma pessoa de nº 64)
209 - Angélica Maria da Conceição (Mesma pessoa de nº 65)
210 - Antônio Manoel de Souza Ferraz - (filho de 420 - Jerônimo de Souza Ferraz e 421 - Margarida de Souza da Silveira) (Mesma pessoa de nº 66)
211 - Dona Rosa (Mesma pessoa de nº 67)
212 - Thomé de Souza Ferraz - (filho de 424 - Jerônimo de Souza Ferraz e 425 - Margarida de Souza da Silveira) (Mesma pessoa de nº 124)
213 - Anna Maria do Nascimento (Mesma pessoa de nº 125)
218 - Antônio Manoel de Souza Ferraz - (filho de 436 - Jerônimo de Souza Ferraz e 437 - Margarida de Souza da Silveira) (Mesma pessoa de nº 66)
219 - Dona Rosa (Mesma pessoa de nº 67)
222 - Cipriano de Souza Ferraz - (filho de 444 - Jerônimo de Souza Ferraz e 445 - Margarida de Souza da Silveira) (Mesma pessoa de nº 158)
223 - Antônia da Caiçara - (filha de 446 - Joaquim de Almeida da Silva Leal e 447 - Maria da Silva) (Mesma pessoa de nº 159)
224 - José Francisco de Seixas Capitão-Mor e Juiz Ordinário. Nomeado Tenente da Cia. do Cel. Francº Rodrigues de Figueiredo em 1729; em 1732 Cap. do Regitº da Infantaria da Ordem da Fregª de N. Srª. da Conceição do Rodelas; em 1833 e 1738, Juiz Ordinário da Fregª de N. Srª. da Conceição do Rodelas, em nomeações seqüenciadas, até 1757, quando ainda aparece como Juiz Ordinário de Cabrobó. (Fonte: Nivaldo Carvalho).
225 - Custódia Gomes de Sá - (filha de 450 - David Gomes de Sá)
226 - Manoel de Souza da Rocha (+1749) Capitão. Arrendou a fazenda Tacoatiara, no lado pernambucano do rio São Francisco, no termo de Tacaratú.
227 - Feliciana de Barros da Silveira (+1759)
228 - José Francisco de Souza - (filho de 456 - José Francisco de Seixas e 457 - Custódia Gomes de Sá)
229 - Esposa Ainda Desconhecida Possivelmente originária dos Novaes de Cabrobó.
230 - Vitório de Souza da Rocha - (filho de 460 - Manoel de Souza da Rocha e 461 - Feliciana de Barros da Silveira) Originário da Faz. "Tacoatiara", do Termo de Tacaratu, na margem pernambucana do S. Francisco.

Fonte: FAMÍLIA NOVAES, de Floresta/PE - (Genealogia e história) - Inédito - Pesquisa e organização: Nivaldo Alves de Carvalho. Colaboração: Hildo Leal da Rosa e Yony Sampaio.
231 - Antônia Pereira Leite
232 - José Francisco de Souza - (filho de 464 - José Francisco de Seixas e 465 - Custódia Gomes de Sá) (Mesma pessoa de nº 228)
233 - Esposa Ainda Desconhecida (Mesma pessoa de nº 229)
234 - Vitório de Souza da Rocha - (filho de 468 - Manoel de Souza da Rocha e 469 - Feliciana de Barros da Silveira) (Mesma pessoa de nº 230)
235 - Antônia Pereira Leite (Mesma pessoa de nº 231)
236 - Francisco Gomes de Sá - (filho de 472 - José Francisco de Seixas e 473 - Custódia Gomes de Sá) (Mesma pessoa de nº 112)
237 - Antônia de Souza da Rocha - (filha de 474 - Manoel de Souza da Rocha e 475 - Feliciana de Barros da Silveira) (Mesma pessoa de nº 113)
238 - Joaquim de Almeida da Silva Leal - (filho de 476 - João Pinto Leal e 477 - Maria de Barros da Silveira) (Mesma pessoa de nº 140)
239 - Maria da Silva (Mesma pessoa de nº 141)
248 - Jerônimo de Souza Ferraz (+20-05-1770) (Mesma pessoa de nº 132)
249 - Margarida de Souza da Silveira (+1801) (Mesma pessoa de nº 133)
252 - Gomes de Sá
253 - Gomes de Sá

Heptavós

276 - Gomes de Sá (Mesma pessoa de nº 252)
277 - Gomes de Sá (Mesma pessoa de nº 253)
280 - João Pinto Leal (+Sim) Alferes.
281 - Maria de Barros da Silveira (+Sim) - (filha de 562 - Manoel de Souza da Rocha e 563 - Feliciana de Barros da Silveira) Também consta como Maria da Silveira Barros.
284 - Jerônimo de Souza Ferraz (+20-05-1770) (Mesma pessoa de nº 132)
285 - Nome Desconhecido
292 - Jerônimo de Souza Ferraz (+20-05-1770) (Mesma pessoa de nº 132)
293 - Margarida de Souza da Silveira (+1801) (Mesma pessoa de nº 133)
296 - Jerônimo de Souza Ferraz (+20-05-1770) (Mesma pessoa de nº 132)
297 - Margarida de Souza da Silveira (+1801) (Mesma pessoa de nº 133)
308 - Jerônimo de Souza Ferraz (+20-05-1770) (Mesma pessoa de nº 132)
309 - Margarida de Souza da Silveira (+1801) (Mesma pessoa de nº 133)
316 - Jerônimo de Souza Ferraz (+20-05-1770) (Mesma pessoa de nº 132)
317 - Margarida de Souza da Silveira (+1801) (Mesma pessoa de nº 133)
318 - Joaquim de Almeida da Silva Leal - (filho de 636 - João Pinto Leal e 637 - Maria de Barros da Silveira) (Mesma pessoa de nº 140)
319 - Maria da Silva (Mesma pessoa de nº 141)
324 - Gomes de Sá (Mesma pessoa de nº 252)
325 - Gomes de Sá (Mesma pessoa de nº 253)
328 - João Pinto Leal (+Sim) (Mesma pessoa de nº 280)
329 - Maria de Barros da Silveira (+Sim) - (filha de 658 - Manoel de Souza da Rocha e 659 - Feliciana de Barros da Silveira) (Mesma pessoa de nº 281)
332 - Jerônimo de Souza Ferraz (+20-05-1770) (Mesma pessoa de nº 132)
333 - Nome Desconhecido (Mesma pessoa de nº 285)
336 - Jerônimo de Souza Ferraz (+20-05-1770) (Mesma pessoa de nº 132)
337 - Nome Desconhecido (Mesma pessoa de nº 285)
340 - Jerônimo de Souza Ferraz (+20-05-1770) (Mesma pessoa de nº 132)
341 - Margarida de Souza da Silveira (+1801) (Mesma pessoa de nº 133)
344 - João Pinto Leal (+Sim) (Mesma pessoa de nº 280)
345 - Maria de Barros da Silveira (+Sim) - (filha de 690 - Manoel de Souza da Rocha e 691 - Feliciana de Barros da Silveira) (Mesma pessoa de nº 281)
348 - Jerônimo de Souza Ferraz (+20-05-1770) (Mesma pessoa de nº 132)
349 - Nome Desconhecido (Mesma pessoa de nº 285)
352 - Jerônimo de Souza Ferraz (+20-05-1770) (Mesma pessoa de nº 132)
353 - Nome Desconhecido (Mesma pessoa de nº 285)
356 - Jerônimo de Souza Ferraz (+20-05-1770) (Mesma pessoa de nº 132)
357 - Margarida de Souza da Silveira (+1801) (Mesma pessoa de nº 133)
360 - João Pinto Leal (+Sim) (Mesma pessoa de nº 280)
361 - Maria de Barros da Silveira (+Sim) - (filha de 722 - Manoel de Souza da Rocha e 723 - Feliciana de Barros da Silveira) (Mesma pessoa de nº 281)
364 - Jerônimo de Souza Ferraz (+20-05-1770) (Mesma pessoa de nº 132)
365 - Nome Desconhecido (Mesma pessoa de nº 285)
372 - Jerônimo de Souza Ferraz (+20-05-1770) (Mesma pessoa de nº 132)
373 - Margarida de Souza da Silveira (+1801) (Mesma pessoa de nº 133)
376 - Jerônimo de Souza Ferraz (+20-05-1770) (Mesma pessoa de nº 132)
377 - Margarida de Souza da Silveira (+1801) (Mesma pessoa de nº 133)
404 - Gomes de Sá (Mesma pessoa de nº 252)
405 - Gomes de Sá (Mesma pessoa de nº 253)
408 - João Pinto Leal (+Sim) (Mesma pessoa de nº 280)
409 - Maria de Barros da Silveira (+Sim) - (filha de 818 - Manoel de Souza da Rocha e 819 - Feliciana de Barros da Silveira) (Mesma pessoa de nº 281)
412 - Jerônimo de Souza Ferraz (+20-05-1770) (Mesma pessoa de nº 132)
413 - Nome Desconhecido (Mesma pessoa de nº 285)
420 - Jerônimo de Souza Ferraz (+20-05-1770) (Mesma pessoa de nº 132)
421 - Margarida de Souza da Silveira (+1801) (Mesma pessoa de nº 133)
424 - Jerônimo de Souza Ferraz (+20-05-1770) (Mesma pessoa de nº 132)
425 - Margarida de Souza da Silveira (+1801) (Mesma pessoa de nº 133)
436 - Jerônimo de Souza Ferraz (+20-05-1770) (Mesma pessoa de nº 132)
437 - Margarida de Souza da Silveira (+1801) (Mesma pessoa de nº 133)
444 - Jerônimo de Souza Ferraz (+20-05-1770) (Mesma pessoa de nº 132)
445 - Margarida de Souza da Silveira (+1801) (Mesma pessoa de nº 133)
446 - Joaquim de Almeida da Silva Leal - (filho de 892 - João Pinto Leal e 893 - Maria de Barros da Silveira) (Mesma pessoa de nº 140)
447 - Maria da Silva (Mesma pessoa de nº 141)
450 - David Gomes de Sá Tenente Coronel.
456 - José Francisco de Seixas (Mesma pessoa de nº 224)
457 - Custódia Gomes de Sá - (filha de 914 - David Gomes de Sá) (Mesma pessoa de nº 225)
460 - Manoel de Souza da Rocha (+1749) (Mesma pessoa de nº 226)
461 - Feliciana de Barros da Silveira (+1759) (Mesma pessoa de nº 227)
464 - José Francisco de Seixas (Mesma pessoa de nº 224)
465 - Custódia Gomes de Sá - (filha de 930 - David Gomes de Sá) (Mesma pessoa de nº 225)
468 - Manoel de Souza da Rocha (+1749) (Mesma pessoa de nº 226)
469 - Feliciana de Barros da Silveira (+1759) (Mesma pessoa de nº 227)
472 - José Francisco de Seixas (Mesma pessoa de nº 224)
473 - Custódia Gomes de Sá - (filha de 946 - David Gomes de Sá) (Mesma pessoa de nº 225)
474 - Manoel de Souza da Rocha (+1749) (Mesma pessoa de nº 226)
475 - Feliciana de Barros da Silveira (+1759) (Mesma pessoa de nº 227)
476 - João Pinto Leal (+Sim) (Mesma pessoa de nº 280)
477 - Maria de Barros da Silveira (+Sim) - (filha de 954 - Manoel de Souza da Rocha e 955 - Feliciana de Barros da Silveira) (Mesma pessoa de nº 281)

Octavós

562 - Manoel de Souza da Rocha (+1749) (Mesma pessoa de nº 226)
563 - Feliciana de Barros da Silveira (+1759) (Mesma pessoa de nº 227)
636 - João Pinto Leal (+Sim) (Mesma pessoa de nº 280)
637 - Maria de Barros da Silveira (+Sim) - (filha de 1274 - Manoel de Souza da Rocha e 1275 - Feliciana de Barros da Silveira) (Mesma pessoa de nº 281)
658 - Manoel de Souza da Rocha (+1749) (Mesma pessoa de nº 226)
659 - Feliciana de Barros da Silveira (+1759) (Mesma pessoa de nº 227)
690 - Manoel de Souza da Rocha (+1749) (Mesma pessoa de nº 226)
691 - Feliciana de Barros da Silveira (+1759) (Mesma pessoa de nº 227)
722 - Manoel de Souza da Rocha (+1749) (Mesma pessoa de nº 226)
723 - Feliciana de Barros da Silveira (+1759) (Mesma pessoa de nº 227)
818 - Manoel de Souza da Rocha (+1749) (Mesma pessoa de nº 226)
819 - Feliciana de Barros da Silveira (+1759) (Mesma pessoa de nº 227)
892 - João Pinto Leal (+Sim) (Mesma pessoa de nº 280)
893 - Maria de Barros da Silveira (+Sim) - (filha de 1786 - Manoel de Souza da Rocha e 1787 - Feliciana de Barros da Silveira) (Mesma pessoa de nº 281)
914 - David Gomes de Sá (Mesma pessoa de nº 450)
930 - David Gomes de Sá (Mesma pessoa de nº 450)
946 - David Gomes de Sá (Mesma pessoa de nº 450)
954 - Manoel de Souza da Rocha (+1749) (Mesma pessoa de nº 226)
955 - Feliciana de Barros da Silveira (+1759) (Mesma pessoa de nº 227)

Eneavós (9º avós)

1274 - Manoel de Souza da Rocha (+1749) (Mesma pessoa de nº 226)
1275 - Feliciana de Barros da Silveira (+1759) (Mesma pessoa de nº 227)
1786 - Manoel de Souza da Rocha (+1749) (Mesma pessoa de nº 226)
1787 - Feliciana de Barros da Silveira (+1759) (Mesma pessoa de nº 227)

Total de Ancestrais: 297
Nota explicativa da numeração: A primeira pessoa da relação tem sempre o número '1'. Em seguida, cada pessoa do sexo masculino tem um número par, que é calculado multiplicando-se o número de seu filho por 2. As pessoas do sexo feminino, por sua vez, têm um número ímpar, que é calculado somando-se 1 ao número do seu marido. Exemplo: O pai da pessoa de número 3 é a de número 6 (3 x 2) e a sua mãe é a pessoa de número 7 (2 x 3 + 1).
 
   
Início da Página Dados disponibilizados por Magno José de Sá Araújo © - e-mail: Magno José de Sá Araújo