Início | Sobrenomes | Fotos | Livros | Outras Famílias
Fale Comigo   
Famílias
Sertanejas
Localização de pessoas 
   
  Memória: Nenhum nome memorizado. Quinta-Feira, 5-12-2019  

Relação dos Ancestrais de
Numeriano Barbosa Faustino

1 - Numeriano Barbosa Faustino - (filho de 2 - Faustino Barbosa de Sá e 3 - Maria Rosalina de Menezes)

Pais

2 - Faustino Barbosa de Sá - (filho de 4 - Francisco Antônio da Silva e 5 - Ana Francisca de Sá) (Faustino "do Saco").
3 - Maria Rosalina de Menezes - (filha de 6 - Alexandre Barbosa e 7 - Ana de Souza Telles) (Mariazinha "das Queimadas").

Avós

4 - Francisco Antônio da Silva
5 - Ana Francisca de Sá - (filha de 10 - Faustino Barbosa e 11 - Ana) Conhecida como Aninha "do Caldeirão".
6 - Alexandre Barbosa (Xandu "das Queimadas").
7 - Ana de Souza Telles - (filha de 14 - David Telles de Menezes e 15 - Maria de Souza da Penha)

Bisavós

10 - Faustino Barbosa
11 - Ana - (filha de 22 - José Gomes de Sá e 23 - Feliciana da Silva da Purificação) Conhecida como Aninha da "Lagoa do Pombo".
14 - David Telles de Menezes - (filho de 28 - Capitão Telles de Menezes) Deixou a Tapera depois da questão em que se envolveu juntamente com os irmãos, casando-se no Riacho do Navio.
15 - Maria de Souza da Penha - (filha de 30 - Thomé de Souza Ferraz e 31 - Anna Maria do Nascimento) (Maria Telles).

Trisavós

22 - José Gomes de Sá - (filho de 44 - Francisco Gomes de Sá e 45 - Antônia de Souza da Rocha) Capitão-comandante. De Gravatá.
23 - Feliciana da Silva da Purificação - (filha de 46 - Joaquim de Almeida da Silva Leal e 47 - Maria da Silva) (ou Feliciana da Silva Leal). Da Faz. Riacho, situada na embocadura do riacho dos Mandantes, no rio S. Francisco.
28 - Capitão Telles de Menezes
30 - Thomé de Souza Ferraz - (filho de 60 - Jerônimo de Souza Ferraz e 61 - Margarida de Souza da Silveira) Alferes. Foi testemunha na escritura de doacao da Fazenda Grande ao Senhor do Bom Jesus dos Aflitos, em 23.01.1776, onde hoje se encontra a cidade de Floresta, Pernambuco.
31 - Anna Maria do Nascimento (Donana).

Tetravós

44 - Francisco Gomes de Sá - (filho de 88 - José Francisco de Seixas e 89 - Custódia Gomes de Sá) Capitão-Comandante. Da Fazenda Riacho, na embocadura do Riacho dos Mandantes no rio S. Francisco, hoje coberta pelas águas da barragem de Itaparica.
45 - Antônia de Souza da Rocha - (filha de 90 - Manoel de Souza da Rocha e 91 - Feliciana de Barros da Silveira)
46 - Joaquim de Almeida da Silva Leal - (filho de 92 - João Pinto Leal e 93 - Maria de Barros da Silveira)
47 - Maria da Silva
60 - Jerônimo de Souza Ferraz (+20-05-1770) Foi o primeiro Ferraz que chegou a outrora FAZENDA GRANDE do Sertão de Pernambuco (depois Vila de Floresta e hoje FLORESTA), à margem direita do lendário Rio Pajeú (afluente seco do "Grande Rio" ou do Rio São Francisco).
61 - Margarida de Souza da Silveira (+1801)

Pentavós

88 - José Francisco de Seixas Capitão-Mor e Juiz Ordinário. Nomeado Tenente da Cia. do Cel. Francº Rodrigues de Figueiredo em 1729; em 1732 Cap. do Regitº da Infantaria da Ordem da Fregª de N. Srª. da Conceição do Rodelas; em 1833 e 1738, Juiz Ordinário da Fregª de N. Srª. da Conceição do Rodelas, em nomeações seqüenciadas, até 1757, quando ainda aparece como Juiz Ordinário de Cabrobó. (Fonte: Nivaldo Carvalho).
89 - Custódia Gomes de Sá - (filha de 178 - David Gomes de Sá)
90 - Manoel de Souza da Rocha (+1749) Capitão. Arrendou a fazenda Tacoatiara, no lado pernambucano do rio São Francisco, no termo de Tacaratú.
91 - Feliciana de Barros da Silveira (+1759)
92 - João Pinto Leal (+Sim) Alferes.
93 - Maria de Barros da Silveira (+Sim) - (filha de 186 - Manoel de Souza da Rocha e 187 - Feliciana de Barros da Silveira) Também consta como Maria da Silveira Barros.

Hexavós

178 - David Gomes de Sá Tenente Coronel.
186 - Manoel de Souza da Rocha (+1749) (Mesma pessoa de nº 90)
187 - Feliciana de Barros da Silveira (+1759) (Mesma pessoa de nº 91)

Total de Ancestrais: 30
Nota explicativa da numeração: A primeira pessoa da relação tem sempre o número '1'. Em seguida, cada pessoa do sexo masculino tem um número par, que é calculado multiplicando-se o número de seu filho por 2. As pessoas do sexo feminino, por sua vez, têm um número ímpar, que é calculado somando-se 1 ao número do seu marido. Exemplo: O pai da pessoa de número 3 é a de número 6 (3 x 2) e a sua mãe é a pessoa de número 7 (2 x 3 + 1).
 
   
Início da Página Dados disponibilizados por Magno José de Sá Araújo © - e-mail: Magno José de Sá Araújo