Início | Sobrenomes | Fotos | Livros | Outras Famílias
Fale Comigo   
Famílias
Sertanejas
Localização de pessoas 
   
  Memória: Nenhum nome memorizado. Terça-Feira, 22-9-2020  

Relação dos Ancestrais de
Gisele Cristiane Ferraz Felix

1 - Gisele Cristiane Ferraz Felix (*17-04-1984) - (filha de 2 - Jordão Felix da Silva Filho e 3 - Giselda Ferraz Felix)

Pais

2 - Jordão Felix da Silva Filho - (filho de 4 - Jordão Félix da Silva e 5 - Irene Martins da Silva) Engenheiro Civil.
3 - Giselda Ferraz Felix (*29-11-1954) - (filha de 6 - Antônio Firmo de Souza Ferraz e 7 - Maria Cotinha Leal Ferraz) Médica.

Avós

4 - Jordão Félix da Silva
5 - Irene Martins da Silva
6 - Antônio Firmo de Souza Ferraz (*02-09-1914, +05-09-1997) - (filho de 12 - Serafim Firmo de Souza Ferraz e 13 - Pacífica Amélia de Souza Ferraz) Pecuarista.
7 - Maria Cotinha Leal Ferraz (*11-05-1918, +20-05-1990) - (filha de 14 - Alexandre de Souza Leal e 15 - Generosa Gomes Leal)

Bisavós

12 - Serafim Firmo de Souza Ferraz (*01-06-1872, +21-03-1940) - (filho de 24 - João Serafim de Souza Ferraz e 25 - Angélica Maria da Conceição)
13 - Pacífica Amélia de Souza Ferraz (*03-03-1888, +22-08-1975) - (filha de 26 - Alexandre Rufino de Souza Ferraz e 27 - Margarida Amélia de Souza Ferraz)
14 - Alexandre de Souza Leal (*07-12-1874, +27-02-1966) - (filho de 28 - Francisco Pedro da Silva e 29 - Antônia Joaquina de Sá e Silva) Conhecido como Xandu. Era considerado um dos mais prósperos fazendeiros da região do Riacho do Navio. Homem simples, alegre e sempre bem humorado, gostava de cantarolar, principalmente quando andava a cavalo. De estatura mediana, cabelos curtos e repartidos de lado, estava sempre bem barbeado. Tinha bigodes abundantes, olhos pequenos e sobrancelhas cerradas. Bastante religioso, era de tendencia ao sobrenatural. (de Minha Família, Djanira L.N.)
15 - Generosa Gomes Leal (*22-03-1884, +21-03-1969) - (filha de 30 - Manoel Felismino dos Santos e 31 - Santina Gomes de Sá)

Trisavós

24 - João Serafim de Souza Ferraz (*1846, +12-05-1878) - (filho de 48 - Serafim de Souza Ferraz e 49 - Margarida de Souza e Silva) Tenente-coronel. Tenente-coronel da Guarda Nacional (Cavalaria). Considerado por seus adversários como o melhor chefe político da família Ferraz, era muito prudente e ocupou uma vaga na Câmara Municipal de Floresta. Foi também Juiz de Paz.
25 - Angélica Maria da Conceição (+1897) - (filha de 50 - David Barbosa de Sá Pedrosa e 51 - Luísa Maria de Sá)
26 - Alexandre Rufino de Souza Ferraz (*1862, +01-06-1942) - (filho de 52 - José Alexandre Gomes de Sá e Silva e 53 - Antônia Esmeralda de Souza Ferraz) (Alexandre do Mari). Da Fazenda Mari.
27 - Margarida Amélia de Souza Ferraz - (filha de 54 - Manoel Ferraz de Souza e 55 - Pacífica Maria de Souza Ferraz)
28 - Francisco Pedro da Silva (*1842, +20-07-1924) - (filho de 56 - Pedro Joaquim da Silva e 57 - Gertrudes Maria de Sá) O casal viveu e morreu na fazenda Poço da Pedra, município de Floresta, onde estão sepultados em uma capela na mesma propriedade.
29 - Antônia Joaquina de Sá e Silva (+11-06-1915) - (filha de 58 - Pedro de Souza Ferraz e 59 - Joaquina Maria da Conceição) (Toinha do Poço da Pedra).
30 - Manoel Felismino dos Santos - (filho de 60 - Cândido José dos Santos Correia e 61 - Felismina Maria de Sá) Ele e sua esposa eram os donos da Fazenda Tigre, em Floresta (PE).
31 - Santina Gomes de Sá (*06-07-1862, +15-08-1939) - (filha de 62 - Antônio Cipriano Gomes de Sá e 63 - Inácia Gomes de Sá)

Tetravós

48 - Serafim de Souza Ferraz (*1804, +02-12-1867) - (filho de 96 - Antônio de Souza Ferraz e 97 - Margarida Maria da Silveira) Tenente-coronel. Herdou 1/4 de legua de terras da Fazenda Navio, onde nasceu, viveu e morreu. Foi um dos chefes da "Revolução da Serra Negra" (1849-1850), sendo preso em 1850, conseguindo anistia. Por decreto de D. Pedro II, de 14/3/1860, recebeu o título de Oficial da Ordem da Rosa, cujo juramento se deu em 8/5/1862, no Palácio Imperial do Rio de Janeiro, sendo Procurador o Dr. José Ildefonso de Souza Ramos, presidente da província que lhe concedera anistia em 1850. Foi o líder da emancipação política de Floresta tendo sido o primeiro Presidente da Câmara municipal em 1846. Era chefe liberal na região.
49 - Margarida de Souza e Silva (*1804, +27-06-1878) - (filha de 98 - Francisco da Silva Leal e 99 - Maria de Souza da Silveira) Conhecida como Guida.
50 - David Barbosa de Sá Pedrosa - (filho de 100 - João Barbosa de Sá e 101 - Helena Maria da Conceição) Foi vereador na vila de Floresta no final da década de 1860. Da Serra do Arapuá.
51 - Luísa Maria de Sá - (filha de 102 - Jerônimo de Souza Ferraz Neto) Conhecida como Lulu.
52 - José Alexandre Gomes de Sá e Silva (*30-11-1834, +24-09-1910) - (filho de 104 - Alexandre Rufino Gomes e 105 - Maria da Silva da Purificação) Major e Político. (Major Alexandre). Foi Presidente da Câmara municipal de Floresta de 1881 a 1883. Morava na Fazenda Governador.
53 - Antônia Esmeralda de Souza Ferraz (*1844) - (filha de 106 - Serafim de Souza Ferraz e 107 - Margarida de Souza e Silva)
54 - Manoel Ferraz de Souza (*1834, +1875) - (filho de 108 - Serafim de Souza Ferraz e 109 - Margarida de Souza e Silva) Tenente-coronel e Político. Foi vice-presidente da Câmara municipal da vila restaurada em 1865. Estabeleceu-se na Ema.
55 - Pacífica Maria de Souza Ferraz (+16-07-1894) - (filha de 110 - João Pereira da Silva e 111 - Joana de Souza Ferraz)
56 - Pedro Joaquim da Silva (*1812, +18-09-1885) Da Malhada do Sal. Família Feitosa, de Betânia, Navio etc. Foi membro da câmara municipal de 1873 a 1877.
57 - Gertrudes Maria de Sá - (filha de 114 - Thomé de Souza Ferraz Filho e 115 - Joana Gomes de Sá)
58 - Pedro de Souza Ferraz - (filho de 116 - Thomé de Souza Ferraz Filho e 117 - Joana Gomes de Sá)
59 - Joaquina Maria da Conceição - (filha de 118 - Francisco da Silva Leal e 119 - Maria de Souza da Silveira)
60 - Cândido José dos Santos Correia
61 - Felismina Maria de Sá - (filha de 122 - Miguel Gomes de Sá e 123 - Ana Telles de Menezes) Casou na década de 1850 e moravam no Tigre.
62 - Antônio Cipriano Gomes de Sá - (filho de 124 - Antônio Gomes de Sá e 125 - Rosa)
63 - Inácia Gomes de Sá - (filha de 126 - Miguel Gomes de Sá e 127 - Ana Telles de Menezes) (Inacinha "do Tigre").

Pentavós

96 - Antônio de Souza Ferraz - (filho de 192 - Dâmaso de Souza Ferraz e 193 - Joana Batista de Souza da Silveira)
97 - Margarida Maria da Silveira - (filha de 194 - Thomé de Souza Ferraz e 195 - Anna Maria do Nascimento)
98 - Francisco da Silva Leal (*1760, +1826) - (filho de 196 - Joaquim de Almeida da Silva Leal e 197 - Maria da Silva)
99 - Maria de Souza da Silveira - (filha de 198 - Dâmaso de Souza Ferraz e 199 - Joana Batista de Souza da Silveira) Conhecida como Mãe Grande dos Paus Pretos. Foi a tereceira esposa do viúvo Francisco da Silva Leal da Fazenda Paus Pretos, onde funcionou, no começo do século XIX, um Cartório de Notas da Povoação de Fazenda Grande, sob a orientação de seu filho Manoel da Silva Leal.
100 - João Barbosa de Sá - (filho de 200 - Antônio Barbosa de Sá e 201 - Angélica Maria da Conceição) Capitao.
101 - Helena Maria da Conceição - (filha de 202 - Antônio Manoel de Souza Ferraz e 203 - Dona Rosa) Morava no Riacho do Navio. Compraram o Angico de Antônio Barbosa de Sá.
102 - Jerônimo de Souza Ferraz Neto - (filho de 204 - Thomé de Souza Ferraz e 205 - Anna Maria do Nascimento)
104 - Alexandre Rufino Gomes (*1804, +1858) - (filho de 208 - José da Fonseca e 209 - Quitéria Maria) Tenente. Foi vereador na primeira Câmara Municipal da vila de Floresta, em 1846.
105 - Maria da Silva da Purificação (*1807, +1862) - (filha de 210 - Francisco da Silva Leal e 211 - Maria de Souza da Silveira) (Mariazinha).
106 - Serafim de Souza Ferraz (*1804, +02-12-1867) - (filho de 212 - Antônio de Souza Ferraz e 213 - Margarida Maria da Silveira) (Mesma pessoa de nº 48)
107 - Margarida de Souza e Silva (*1804, +27-06-1878) - (filha de 214 - Francisco da Silva Leal e 215 - Maria de Souza da Silveira) (Mesma pessoa de nº 49)
108 - Serafim de Souza Ferraz (*1804, +02-12-1867) - (filho de 216 - Antônio de Souza Ferraz e 217 - Margarida Maria da Silveira) (Mesma pessoa de nº 48)
109 - Margarida de Souza e Silva (*1804, +27-06-1878) - (filha de 218 - Francisco da Silva Leal e 219 - Maria de Souza da Silveira) (Mesma pessoa de nº 49)
110 - João Pereira da Silva (+21-02-1897) - (filho de 220 - Clemente Freire da Silva e 221 - Maria Gomes de Sá) (Janjão da Ilha Grande). Janjão assinava JOAO FREIRE DA SILVA. Mudou o nome quando saiu da região do São Francisco, após uma questão do qual sua família se envolveu, indo ele para a região da Fazenda Algodões, por volta de 1845.
111 - Joana de Souza Ferraz (*1824) - (filha de 222 - Manoel de Souza Ferraz e 223 - Clara Maria da Fonseca Moura)
114 - Thomé de Souza Ferraz Filho (+1828) - (filho de 228 - Thomé de Souza Ferraz e 229 - Anna Maria do Nascimento)
115 - Joana Gomes de Sá - (filha de 230 - Anacleto Gomes de Sá e 231 - Joana) (Joaninha "do Ambrósio"). Da fazenda Ambrósio.
116 - Thomé de Souza Ferraz Filho (+1828) - (filho de 232 - Thomé de Souza Ferraz e 233 - Anna Maria do Nascimento) (Mesma pessoa de nº 114)
117 - Joana Gomes de Sá - (filha de 234 - Anacleto Gomes de Sá e 235 - Joana) (Mesma pessoa de nº 115)
118 - Francisco da Silva Leal (*1760, +1826) - (filho de 236 - Joaquim de Almeida da Silva Leal e 237 - Maria da Silva) (Mesma pessoa de nº 98)
119 - Maria de Souza da Silveira - (filha de 238 - Dâmaso de Souza Ferraz e 239 - Joana Batista de Souza da Silveira) (Mesma pessoa de nº 99)
122 - Miguel Gomes de Sá (+1836) - (filho de 244 - Miguel Alves e 245 - Joana Gomes de Sá) (Miguel Lima). Foi o pivô da questão da Tapera dos Valentões, iniciada em 1836.
123 - Ana Telles de Menezes - (filha de 246 - Vitoriano Gomes de Sá e 247 - Inácia Telles de Menezes) (Aninha "do Tigre").
124 - Antônio Gomes de Sá - (filho de 248 - José Gomes de Sá e 249 - Feliciana da Silva da Purificação)
125 - Rosa
126 - Miguel Gomes de Sá (+1836) - (filho de 252 - Miguel Alves e 253 - Joana Gomes de Sá) (Mesma pessoa de nº 122)
127 - Ana Telles de Menezes - (filha de 254 - Vitoriano Gomes de Sá e 255 - Inácia Telles de Menezes) (Mesma pessoa de nº 123)

Hexavós

192 - Dâmaso de Souza Ferraz - (filho de 384 - Jerônimo de Souza Ferraz e 385 - Nome Desconhecido) Da Fazenda Curralinho. Foi nomeado Capitão dos Forasteiros da Ribeira do Pajeú em 8-09-1780.
193 - Joana Batista de Souza da Silveira
194 - Thomé de Souza Ferraz - (filho de 388 - Jerônimo de Souza Ferraz e 389 - Margarida de Souza da Silveira) Alferes. Foi testemunha na escritura de doacao da Fazenda Grande ao Senhor do Bom Jesus dos Aflitos, em 23.01.1776, onde hoje se encontra a cidade de Floresta, Pernambuco.
195 - Anna Maria do Nascimento (Donana).
196 - Joaquim de Almeida da Silva Leal - (filho de 392 - João Pinto Leal e 393 - Maria de Barros da Silveira)
197 - Maria da Silva
198 - Dâmaso de Souza Ferraz - (filho de 396 - Jerônimo de Souza Ferraz e 397 - Nome Desconhecido) (Mesma pessoa de nº 192)
199 - Joana Batista de Souza da Silveira (Mesma pessoa de nº 193)
200 - Antônio Barbosa de Sá
201 - Angélica Maria da Conceição
202 - Antônio Manoel de Souza Ferraz - (filho de 404 - Jerônimo de Souza Ferraz e 405 - Margarida de Souza da Silveira) Ajud. de mestre de campo.
203 - Dona Rosa
204 - Thomé de Souza Ferraz - (filho de 408 - Jerônimo de Souza Ferraz e 409 - Margarida de Souza da Silveira) (Mesma pessoa de nº 194)
205 - Anna Maria do Nascimento (Mesma pessoa de nº 195)
208 - José da Fonseca Era irmão de Antônio da Fonseca que casou na Bahia, deixando a família Fonseca de Rodelas e adjacências.
209 - Quitéria Maria - (filha de 418 - Anacleto Gomes de Sá e 419 - Joana)
210 - Francisco da Silva Leal (*1760, +1826) - (filho de 420 - Joaquim de Almeida da Silva Leal e 421 - Maria da Silva) (Mesma pessoa de nº 98)
211 - Maria de Souza da Silveira - (filha de 422 - Dâmaso de Souza Ferraz e 423 - Joana Batista de Souza da Silveira) (Mesma pessoa de nº 99)
212 - Antônio de Souza Ferraz - (filho de 424 - Dâmaso de Souza Ferraz e 425 - Joana Batista de Souza da Silveira) (Mesma pessoa de nº 96)
213 - Margarida Maria da Silveira - (filha de 426 - Thomé de Souza Ferraz e 427 - Anna Maria do Nascimento) (Mesma pessoa de nº 97)
214 - Francisco da Silva Leal (*1760, +1826) - (filho de 428 - Joaquim de Almeida da Silva Leal e 429 - Maria da Silva) (Mesma pessoa de nº 98)
215 - Maria de Souza da Silveira - (filha de 430 - Dâmaso de Souza Ferraz e 431 - Joana Batista de Souza da Silveira) (Mesma pessoa de nº 99)
216 - Antônio de Souza Ferraz - (filho de 432 - Dâmaso de Souza Ferraz e 433 - Joana Batista de Souza da Silveira) (Mesma pessoa de nº 96)
217 - Margarida Maria da Silveira - (filha de 434 - Thomé de Souza Ferraz e 435 - Anna Maria do Nascimento) (Mesma pessoa de nº 97)
218 - Francisco da Silva Leal (*1760, +1826) - (filho de 436 - Joaquim de Almeida da Silva Leal e 437 - Maria da Silva) (Mesma pessoa de nº 98)
219 - Maria de Souza da Silveira - (filha de 438 - Dâmaso de Souza Ferraz e 439 - Joana Batista de Souza da Silveira) (Mesma pessoa de nº 99)
220 - Clemente Freire da Silva
221 - Maria Gomes de Sá - (filha de 442 - Zacarias Gomes de Sá e 443 - Catarina Maria da Fonseca Moura)
222 - Manoel de Souza Ferraz (+24-09-1833) - (filho de 444 - Dâmaso de Souza Ferraz e 445 - Joana Batista de Souza da Silveira) Arrendou, em 1819, uma propriedade denominada Algodões, cuja escritura foi confirmada em 12.05.1823. Em suas terras surgiu, em 1917, a povoação denominada Nazaré. Foi o sucessor de Dâmaso no comando político da família, chegando a ser suplente de vereador em Flores. Morreu assassinado por Balbino Alves quando banhava as filhas no riacho São Domingos. Seus descendentes se radicaram em Nazaré.
223 - Clara Maria da Fonseca Moura - (filha de 446 - Antônio José de Moura e 447 - Violante) (ou Clara Maria da Conceição, ou ainda Clara Maria da Penha, conforme registro de matrimônio de Antonio da Costa Araujo, seu neto).
228 - Thomé de Souza Ferraz - (filho de 456 - Jerônimo de Souza Ferraz e 457 - Margarida de Souza da Silveira) (Mesma pessoa de nº 194)
229 - Anna Maria do Nascimento (Mesma pessoa de nº 195)
230 - Anacleto Gomes de Sá - (filho de 460 - Gomes de Sá e 461 - Gomes de Sá)
231 - Joana Mulata. Alguns dizem que seu nome seria Quitéria ou Rosa.
232 - Thomé de Souza Ferraz - (filho de 464 - Jerônimo de Souza Ferraz e 465 - Margarida de Souza da Silveira) (Mesma pessoa de nº 194)
233 - Anna Maria do Nascimento (Mesma pessoa de nº 195)
234 - Anacleto Gomes de Sá - (filho de 468 - Gomes de Sá e 469 - Gomes de Sá) (Mesma pessoa de nº 230)
235 - Joana (Mesma pessoa de nº 231)
236 - Joaquim de Almeida da Silva Leal - (filho de 472 - João Pinto Leal e 473 - Maria de Barros da Silveira) (Mesma pessoa de nº 196)
237 - Maria da Silva (Mesma pessoa de nº 197)
238 - Dâmaso de Souza Ferraz - (filho de 476 - Jerônimo de Souza Ferraz e 477 - Nome Desconhecido) (Mesma pessoa de nº 192)
239 - Joana Batista de Souza da Silveira (Mesma pessoa de nº 193)
244 - Miguel Alves
245 - Joana Gomes de Sá - (filha de 490 - Anacleto Gomes de Sá e 491 - Joana) (Mesma pessoa de nº 115)
246 - Vitoriano Gomes de Sá - (filho de 492 - Francisco Gomes de Sá e 493 - Rosa Maria do Nascimento) Moravam no Roque, na margem esquerda do Grande Rio.
247 - Inácia Telles de Menezes - (filha de 494 - Capitão Telles de Menezes)
248 - José Gomes de Sá - (filho de 496 - Francisco Gomes de Sá e 497 - Antônia de Souza da Rocha) Capitão-comandante. De Gravatá.
249 - Feliciana da Silva da Purificação - (filha de 498 - Joaquim de Almeida da Silva Leal e 499 - Maria da Silva) (ou Feliciana da Silva Leal). Da Faz. Riacho, situada na embocadura do riacho dos Mandantes, no rio S. Francisco.
252 - Miguel Alves (Mesma pessoa de nº 244)
253 - Joana Gomes de Sá - (filha de 506 - Anacleto Gomes de Sá e 507 - Joana) (Mesma pessoa de nº 115)
254 - Vitoriano Gomes de Sá - (filho de 508 - Francisco Gomes de Sá e 509 - Rosa Maria do Nascimento) (Mesma pessoa de nº 246)
255 - Inácia Telles de Menezes - (filha de 510 - Capitão Telles de Menezes) (Mesma pessoa de nº 247)

Heptavós

384 - Jerônimo de Souza Ferraz (+20-05-1770) Foi o primeiro Ferraz que chegou a outrora FAZENDA GRANDE do Sertão de Pernambuco (depois Vila de Floresta e hoje FLORESTA), à margem direita do lendário Rio Pajeú (afluente seco do "Grande Rio" ou do Rio São Francisco).
385 - Nome Desconhecido
388 - Jerônimo de Souza Ferraz (+20-05-1770) (Mesma pessoa de nº 384)
389 - Margarida de Souza da Silveira (+1801)
392 - João Pinto Leal (+Sim) Alferes.
393 - Maria de Barros da Silveira (+Sim) - (filha de 786 - Manoel de Souza da Rocha e 787 - Feliciana de Barros da Silveira) Também consta como Maria da Silveira Barros.
396 - Jerônimo de Souza Ferraz (+20-05-1770) (Mesma pessoa de nº 384)
397 - Nome Desconhecido (Mesma pessoa de nº 385)
404 - Jerônimo de Souza Ferraz (+20-05-1770) (Mesma pessoa de nº 384)
405 - Margarida de Souza da Silveira (+1801) (Mesma pessoa de nº 389)
408 - Jerônimo de Souza Ferraz (+20-05-1770) (Mesma pessoa de nº 384)
409 - Margarida de Souza da Silveira (+1801) (Mesma pessoa de nº 389)
418 - Anacleto Gomes de Sá - (filho de 836 - Gomes de Sá e 837 - Gomes de Sá) (Mesma pessoa de nº 230)
419 - Joana (Mesma pessoa de nº 231)
420 - Joaquim de Almeida da Silva Leal - (filho de 840 - João Pinto Leal e 841 - Maria de Barros da Silveira) (Mesma pessoa de nº 196)
421 - Maria da Silva (Mesma pessoa de nº 197)
422 - Dâmaso de Souza Ferraz - (filho de 844 - Jerônimo de Souza Ferraz e 845 - Nome Desconhecido) (Mesma pessoa de nº 192)
423 - Joana Batista de Souza da Silveira (Mesma pessoa de nº 193)
424 - Dâmaso de Souza Ferraz - (filho de 848 - Jerônimo de Souza Ferraz e 849 - Nome Desconhecido) (Mesma pessoa de nº 192)
425 - Joana Batista de Souza da Silveira (Mesma pessoa de nº 193)
426 - Thomé de Souza Ferraz - (filho de 852 - Jerônimo de Souza Ferraz e 853 - Margarida de Souza da Silveira) (Mesma pessoa de nº 194)
427 - Anna Maria do Nascimento (Mesma pessoa de nº 195)
428 - Joaquim de Almeida da Silva Leal - (filho de 856 - João Pinto Leal e 857 - Maria de Barros da Silveira) (Mesma pessoa de nº 196)
429 - Maria da Silva (Mesma pessoa de nº 197)
430 - Dâmaso de Souza Ferraz - (filho de 860 - Jerônimo de Souza Ferraz e 861 - Nome Desconhecido) (Mesma pessoa de nº 192)
431 - Joana Batista de Souza da Silveira (Mesma pessoa de nº 193)
432 - Dâmaso de Souza Ferraz - (filho de 864 - Jerônimo de Souza Ferraz e 865 - Nome Desconhecido) (Mesma pessoa de nº 192)
433 - Joana Batista de Souza da Silveira (Mesma pessoa de nº 193)
434 - Thomé de Souza Ferraz - (filho de 868 - Jerônimo de Souza Ferraz e 869 - Margarida de Souza da Silveira) (Mesma pessoa de nº 194)
435 - Anna Maria do Nascimento (Mesma pessoa de nº 195)
436 - Joaquim de Almeida da Silva Leal - (filho de 872 - João Pinto Leal e 873 - Maria de Barros da Silveira) (Mesma pessoa de nº 196)
437 - Maria da Silva (Mesma pessoa de nº 197)
438 - Dâmaso de Souza Ferraz - (filho de 876 - Jerônimo de Souza Ferraz e 877 - Nome Desconhecido) (Mesma pessoa de nº 192)
439 - Joana Batista de Souza da Silveira (Mesma pessoa de nº 193)
442 - Zacarias Gomes de Sá - (filho de 884 - Anacleto Gomes de Sá e 885 - Joana) Foi envolvido por Flor "do Ambrósio" na Questão do Sabiucá. Exercia na região forte liderança política.
443 - Catarina Maria da Fonseca Moura - (filha de 886 - Antônio José de Moura e 887 - Violante)
444 - Dâmaso de Souza Ferraz - (filho de 888 - Jerônimo de Souza Ferraz e 889 - Nome Desconhecido) (Mesma pessoa de nº 192)
445 - Joana Batista de Souza da Silveira (Mesma pessoa de nº 193)
446 - Antônio José de Moura A família MENDES DE MOURA originou-se de três portugueses que chegaram na região da ribeira do São Francisco, nas Fazendas Roque e Sabiúca, por volta do século XVIII. Eles foram: CIPRIANO JOSÉ DE MOURA, ANTÔNIO JOSÉ DE MOURA e MARIANO JOSÉ DE MOURA.
447 - Violante - (filha de 894 - Miguel da Fonseca)
456 - Jerônimo de Souza Ferraz (+20-05-1770) (Mesma pessoa de nº 384)
457 - Margarida de Souza da Silveira (+1801) (Mesma pessoa de nº 389)
460 - Gomes de Sá
461 - Gomes de Sá
464 - Jerônimo de Souza Ferraz (+20-05-1770) (Mesma pessoa de nº 384)
465 - Margarida de Souza da Silveira (+1801) (Mesma pessoa de nº 389)
468 - Gomes de Sá (Mesma pessoa de nº 460)
469 - Gomes de Sá (Mesma pessoa de nº 461)
472 - João Pinto Leal (+Sim) (Mesma pessoa de nº 392)
473 - Maria de Barros da Silveira (+Sim) - (filha de 946 - Manoel de Souza da Rocha e 947 - Feliciana de Barros da Silveira) (Mesma pessoa de nº 393)
476 - Jerônimo de Souza Ferraz (+20-05-1770) (Mesma pessoa de nº 384)
477 - Nome Desconhecido (Mesma pessoa de nº 385)
490 - Anacleto Gomes de Sá - (filho de 980 - Gomes de Sá e 981 - Gomes de Sá) (Mesma pessoa de nº 230)
491 - Joana (Mesma pessoa de nº 231)
492 - Francisco Gomes de Sá - (filho de 984 - Gomes de Sá e 985 - Gomes de Sá) Capitão-comandante. Residia no Riacho dos Mandantes.
493 - Rosa Maria do Nascimento - (filha de 986 - Manoel Lopes Diniz e 987 - Maria de Barros da Silveira)
494 - Capitão Telles de Menezes
496 - Francisco Gomes de Sá - (filho de 992 - José Francisco de Seixas e 993 - Custódia Gomes de Sá) Capitão-Comandante. Da Fazenda Riacho, na embocadura do Riacho dos Mandantes no rio S. Francisco, hoje coberta pelas águas da barragem de Itaparica.
497 - Antônia de Souza da Rocha - (filha de 994 - Manoel de Souza da Rocha e 995 - Feliciana de Barros da Silveira)
498 - Joaquim de Almeida da Silva Leal - (filho de 996 - João Pinto Leal e 997 - Maria de Barros da Silveira) (Mesma pessoa de nº 196)
499 - Maria da Silva (Mesma pessoa de nº 197)
506 - Anacleto Gomes de Sá - (filho de 1012 - Gomes de Sá e 1013 - Gomes de Sá) (Mesma pessoa de nº 230)
507 - Joana (Mesma pessoa de nº 231)
508 - Francisco Gomes de Sá - (filho de 1016 - Gomes de Sá e 1017 - Gomes de Sá) (Mesma pessoa de nº 492)
509 - Rosa Maria do Nascimento - (filha de 1018 - Manoel Lopes Diniz e 1019 - Maria de Barros da Silveira) (Mesma pessoa de nº 493)
510 - Capitão Telles de Menezes (Mesma pessoa de nº 494)

Octavós

786 - Manoel de Souza da Rocha (+1749) Capitão. Arrendou a fazenda Tacoatiara, no lado pernambucano do rio São Francisco, no termo de Tacaratú.
787 - Feliciana de Barros da Silveira (+1759)
836 - Gomes de Sá (Mesma pessoa de nº 460)
837 - Gomes de Sá (Mesma pessoa de nº 461)
840 - João Pinto Leal (+Sim) (Mesma pessoa de nº 392)
841 - Maria de Barros da Silveira (+Sim) - (filha de 1682 - Manoel de Souza da Rocha e 1683 - Feliciana de Barros da Silveira) (Mesma pessoa de nº 393)
844 - Jerônimo de Souza Ferraz (+20-05-1770) (Mesma pessoa de nº 384)
845 - Nome Desconhecido (Mesma pessoa de nº 385)
848 - Jerônimo de Souza Ferraz (+20-05-1770) (Mesma pessoa de nº 384)
849 - Nome Desconhecido (Mesma pessoa de nº 385)
852 - Jerônimo de Souza Ferraz (+20-05-1770) (Mesma pessoa de nº 384)
853 - Margarida de Souza da Silveira (+1801) (Mesma pessoa de nº 389)
856 - João Pinto Leal (+Sim) (Mesma pessoa de nº 392)
857 - Maria de Barros da Silveira (+Sim) - (filha de 1714 - Manoel de Souza da Rocha e 1715 - Feliciana de Barros da Silveira) (Mesma pessoa de nº 393)
860 - Jerônimo de Souza Ferraz (+20-05-1770) (Mesma pessoa de nº 384)
861 - Nome Desconhecido (Mesma pessoa de nº 385)
864 - Jerônimo de Souza Ferraz (+20-05-1770) (Mesma pessoa de nº 384)
865 - Nome Desconhecido (Mesma pessoa de nº 385)
868 - Jerônimo de Souza Ferraz (+20-05-1770) (Mesma pessoa de nº 384)
869 - Margarida de Souza da Silveira (+1801) (Mesma pessoa de nº 389)
872 - João Pinto Leal (+Sim) (Mesma pessoa de nº 392)
873 - Maria de Barros da Silveira (+Sim) - (filha de 1746 - Manoel de Souza da Rocha e 1747 - Feliciana de Barros da Silveira) (Mesma pessoa de nº 393)
876 - Jerônimo de Souza Ferraz (+20-05-1770) (Mesma pessoa de nº 384)
877 - Nome Desconhecido (Mesma pessoa de nº 385)
884 - Anacleto Gomes de Sá - (filho de 1768 - Gomes de Sá e 1769 - Gomes de Sá) (Mesma pessoa de nº 230)
885 - Joana (Mesma pessoa de nº 231)
886 - Antônio José de Moura (Mesma pessoa de nº 446)
887 - Violante - (filha de 1774 - Miguel da Fonseca) (Mesma pessoa de nº 447)
888 - Jerônimo de Souza Ferraz (+20-05-1770) (Mesma pessoa de nº 384)
889 - Nome Desconhecido (Mesma pessoa de nº 385)
894 - Miguel da Fonseca Dono da fazenda Santo Amaro Navio.
946 - Manoel de Souza da Rocha (+1749) (Mesma pessoa de nº 786)
947 - Feliciana de Barros da Silveira (+1759) (Mesma pessoa de nº 787)
980 - Gomes de Sá (Mesma pessoa de nº 460)
981 - Gomes de Sá (Mesma pessoa de nº 461)
984 - Gomes de Sá (Mesma pessoa de nº 460)
985 - Gomes de Sá (Mesma pessoa de nº 461)
986 - Manoel Lopes Diniz (*17-01-1709, +07-12-1796) - (filho de 1972 - Bento Lopes e 1973 - Águeda Maria Diniz) De Santo André de Marecos, no Conselho de Penafiel, cidade e bispado do Porto, Portugal. Fundador da Fazenda Panela d'Água, em Floresta do Navio. Diz-se que descendente do 6º Rei de Portugal, o Rei Lavrador, D. Diniz (filho de Afonso III e Beatriz de Castela), casado com Isabel de Aragão, a Rainha Santa (canonizada pela Igreja Católica como Santa Isabel). Foi sepultado na Igreja do Rosário, em Floresta-PE (1796).

Panela D'água era uma antiga fazenda de gado situada ao Leste da Serra do Arapuá no Sertão do Pajeú, arrendada em 1756 ao morgado da Casa da Torre na Bahia, e pertencente à Francisco Garcia D'Avila Pereira e Aragão proprietário destas terras na Provincia de Pernambuco, pelo portugues Manoel Lopes Diniz e posteriormente comprada por seu filho José Lopes Diniz.
987 - Maria de Barros da Silveira - (filha de 1974 - João Pinto Leal e 1975 - Maria de Barros da Silveira)
992 - José Francisco de Seixas Capitão-Mor e Juiz Ordinário. Nomeado Tenente da Cia. do Cel. Francº Rodrigues de Figueiredo em 1729; em 1732 Cap. do Regitº da Infantaria da Ordem da Fregª de N. Srª. da Conceição do Rodelas; em 1833 e 1738, Juiz Ordinário da Fregª de N. Srª. da Conceição do Rodelas, em nomeações seqüenciadas, até 1757, quando ainda aparece como Juiz Ordinário de Cabrobó. (Fonte: Nivaldo Carvalho).
993 - Custódia Gomes de Sá - (filha de 1986 - David Gomes de Sá)
994 - Manoel de Souza da Rocha (+1749) (Mesma pessoa de nº 786)
995 - Feliciana de Barros da Silveira (+1759) (Mesma pessoa de nº 787)
996 - João Pinto Leal (+Sim) (Mesma pessoa de nº 392)
997 - Maria de Barros da Silveira (+Sim) - (filha de 1994 - Manoel de Souza da Rocha e 1995 - Feliciana de Barros da Silveira) (Mesma pessoa de nº 393)
1012 - Gomes de Sá (Mesma pessoa de nº 460)
1013 - Gomes de Sá (Mesma pessoa de nº 461)
1016 - Gomes de Sá (Mesma pessoa de nº 460)
1017 - Gomes de Sá (Mesma pessoa de nº 461)
1018 - Manoel Lopes Diniz (*17-01-1709, +07-12-1796) - (filho de 2036 - Bento Lopes e 2037 - Águeda Maria Diniz) (Mesma pessoa de nº 986)
1019 - Maria de Barros da Silveira - (filha de 2038 - João Pinto Leal e 2039 - Maria de Barros da Silveira) (Mesma pessoa de nº 987)

Eneavós (9º avós)

1682 - Manoel de Souza da Rocha (+1749) (Mesma pessoa de nº 786)
1683 - Feliciana de Barros da Silveira (+1759) (Mesma pessoa de nº 787)
1714 - Manoel de Souza da Rocha (+1749) (Mesma pessoa de nº 786)
1715 - Feliciana de Barros da Silveira (+1759) (Mesma pessoa de nº 787)
1746 - Manoel de Souza da Rocha (+1749) (Mesma pessoa de nº 786)
1747 - Feliciana de Barros da Silveira (+1759) (Mesma pessoa de nº 787)
1768 - Gomes de Sá (Mesma pessoa de nº 460)
1769 - Gomes de Sá (Mesma pessoa de nº 461)
1774 - Miguel da Fonseca (Mesma pessoa de nº 894)
1972 - Bento Lopes (*05-06-1671, +1740) - (filho de 3944 - Gaspar Lopes e 3945 - Catarina Teixeira) Morava no lugar da Reigada, em Santo André de Marecos, bispado do Porto, Portugal.
1973 - Águeda Maria Diniz (*05-02-1681, +1743) - (filha de 3946 - Manoel Dias e 3947 - Ana Diniz) Da freguesia de Santos Andredo Marrocos, norte de Portugal (ou África).
1974 - João Pinto Leal (+Sim) (Mesma pessoa de nº 392)
1975 - Maria de Barros da Silveira (+Sim) - (filha de 3950 - Manoel de Souza da Rocha e 3951 - Feliciana de Barros da Silveira) (Mesma pessoa de nº 393)
1986 - David Gomes de Sá Tenente Coronel.
1994 - Manoel de Souza da Rocha (+1749) (Mesma pessoa de nº 786)
1995 - Feliciana de Barros da Silveira (+1759) (Mesma pessoa de nº 787)
2036 - Bento Lopes (*05-06-1671, +1740) - (filho de 4072 - Gaspar Lopes e 4073 - Catarina Teixeira) (Mesma pessoa de nº 1972)
2037 - Águeda Maria Diniz (*05-02-1681, +1743) - (filha de 4074 - Manoel Dias e 4075 - Ana Diniz) (Mesma pessoa de nº 1973)
2038 - João Pinto Leal (+Sim) (Mesma pessoa de nº 392)
2039 - Maria de Barros da Silveira (+Sim) - (filha de 4078 - Manoel de Souza da Rocha e 4079 - Feliciana de Barros da Silveira) (Mesma pessoa de nº 393)

Decavós (10º avós)

3944 - Gaspar Lopes (*09-01-1640, +1675) - (filho de 7888 - Manoel Francisco Lopes e 7889 - Maria Antônia) Moravam em Santo Estêvão de Oldrões, bispado do Porto, Portugal.
3945 - Catarina Teixeira (*1642, +1696) - (filha de 7890 - Gonçalo Teixeira e 7891 - Maria Francisca)
3946 - Manoel Dias (+1691) - (filho de 7892 - Gaspar Dias e 7893 - Maria Dias) Morava em Santo André de Marecos, bispado do Porto, Portugal.
3947 - Ana Diniz (*14-05-1637, +1712) - (filha de 7894 - Domingos Gonçalves e 7895 - Francisca Diniz)
3950 - Manoel de Souza da Rocha (+1749) (Mesma pessoa de nº 786)
3951 - Feliciana de Barros da Silveira (+1759) (Mesma pessoa de nº 787)
4072 - Gaspar Lopes (*09-01-1640, +1675) - (filho de 8144 - Manoel Francisco Lopes e 8145 - Maria Antônia) (Mesma pessoa de nº 3944)
4073 - Catarina Teixeira (*1642, +1696) - (filha de 8146 - Gonçalo Teixeira e 8147 - Maria Francisca) (Mesma pessoa de nº 3945)
4074 - Manoel Dias (+1691) - (filho de 8148 - Gaspar Dias e 8149 - Maria Dias) (Mesma pessoa de nº 3946)
4075 - Ana Diniz (*14-05-1637, +1712) - (filha de 8150 - Domingos Gonçalves e 8151 - Francisca Diniz) (Mesma pessoa de nº 3947)
4078 - Manoel de Souza da Rocha (+1749) (Mesma pessoa de nº 786)
4079 - Feliciana de Barros da Silveira (+1759) (Mesma pessoa de nº 787)

11º avós

7888 - Manoel Francisco Lopes (*1600, +1674) - (filho de 15776 - Gaspar Francisco e 15777 - Catarina Lopes) Moravam em Santa Maria de Perozelo, bispado do Porto, Portugal.
7889 - Maria Antônia (+1655) - (filha de 15778 - Francisco Diniz e 15779 - Maria Dias)
7890 - Gonçalo Teixeira (*16-01-1606, +1694) - (filho de 15780 - Antônio Teixeira e 15781 - Maria Dias) Moravam em Santo Estêvão de Oldrões, bispado do Porto, Portugal.
7891 - Maria Francisca (*21-03-1618, +1654) - (filha de 15782 - Francisco Fernandes e 15783 - Violante Gonçalves)
7892 - Gaspar Dias (+1667) Morava em Santo André de Marecos, bispado do Porto, Portugal.
7893 - Maria Dias (+1699)
7894 - Domingos Gonçalves (+1664) Residia na Reigada, Santo André de Marecos, bispado do Porto, Portugal.
7895 - Francisca Diniz (+1675)
8144 - Manoel Francisco Lopes (*1600, +1674) - (filho de 16288 - Gaspar Francisco e 16289 - Catarina Lopes) (Mesma pessoa de nº 7888)
8145 - Maria Antônia (+1655) - (filha de 16290 - Francisco Diniz e 16291 - Maria Dias) (Mesma pessoa de nº 7889)
8146 - Gonçalo Teixeira (*16-01-1606, +1694) - (filho de 16292 - Antônio Teixeira e 16293 - Maria Dias) (Mesma pessoa de nº 7890)
8147 - Maria Francisca (*21-03-1618, +1654) - (filha de 16294 - Francisco Fernandes e 16295 - Violante Gonçalves) (Mesma pessoa de nº 7891)
8148 - Gaspar Dias (+1667) (Mesma pessoa de nº 7892)
8149 - Maria Dias (+1699) (Mesma pessoa de nº 7893)
8150 - Domingos Gonçalves (+1664) (Mesma pessoa de nº 7894)
8151 - Francisca Diniz (+1675) (Mesma pessoa de nº 7895)

12º avós

15776 - Gaspar Francisco - (filho de 31552 - Francisco Jorge e 31553 - Margarida Alves)
15777 - Catarina Lopes - (filha de 31554 - Gonçalo Lopes e 31555 - Margarida Alves)
15778 - Francisco Diniz (+1628)
15779 - Maria Dias (+1610)
15780 - Antônio Teixeira (*SEC XVI, +1658) Padre. Foi cura em Santiago de Valpedre, Porto - Portugal, entre 1603 e 1605, e vigário de São Miguel de Arcozelo, bispado do Porto, Portugal, entre 1622 e 1658.
15781 - Maria Dias
15782 - Francisco Fernandes (+1670) Residia em Santo Estêvão de Oldrões, bispado do Porto, Portugal.
15783 - Violante Gonçalves (+1659)
16288 - Gaspar Francisco - (filho de 32576 - Francisco Jorge e 32577 - Margarida Alves) (Mesma pessoa de nº 15776)
16289 - Catarina Lopes - (filha de 32578 - Gonçalo Lopes e 32579 - Margarida Alves) (Mesma pessoa de nº 15777)
16290 - Francisco Diniz (+1628) (Mesma pessoa de nº 15778)
16291 - Maria Dias (+1610) (Mesma pessoa de nº 15779)
16292 - Antônio Teixeira (*SEC XVI, +1658) (Mesma pessoa de nº 15780)
16293 - Maria Dias (Mesma pessoa de nº 15781)
16294 - Francisco Fernandes (+1670) (Mesma pessoa de nº 15782)
16295 - Violante Gonçalves (+1659) (Mesma pessoa de nº 15783)

13º avós

31552 - Francisco Jorge
31553 - Margarida Alves (+1632)
31554 - Gonçalo Lopes (+1631)
31555 - Margarida Alves (+1613)
32576 - Francisco Jorge (Mesma pessoa de nº 31552)
32577 - Margarida Alves (+1632) (Mesma pessoa de nº 31553)
32578 - Gonçalo Lopes (+1631) (Mesma pessoa de nº 31554)
32579 - Margarida Alves (+1613) (Mesma pessoa de nº 31555)

Total de Ancestrais: 302
Nota explicativa da numeração: A primeira pessoa da relação tem sempre o número '1'. Em seguida, cada pessoa do sexo masculino tem um número par, que é calculado multiplicando-se o número de seu filho por 2. As pessoas do sexo feminino, por sua vez, têm um número ímpar, que é calculado somando-se 1 ao número do seu marido. Exemplo: O pai da pessoa de número 3 é a de número 6 (3 x 2) e a sua mãe é a pessoa de número 7 (2 x 3 + 1).
 
   
Início da Página Dados disponibilizados por Magno José de Sá Araújo © - e-mail: Magno José de Sá Araújo