Início | Sobrenomes | Fotos | Livros | Outras Famílias
Fale Comigo   
Famílias
Sertanejas
Localização de pessoas 
   
  Memória: Nenhum nome memorizado. Sábado, 6-6-2020  

Relação dos Ancestrais de
Leonardo Lustosa de Sá Cantarelli

1 - Leonardo Lustosa de Sá Cantarelli - (filho de 2 - João Bosco Lustosa Cantarelli e 3 - Eleusa Márcia de Sá Cantarelli)

Pais

2 - João Bosco Lustosa Cantarelli - (filho de 4 - Antônio Lustosa Cantarelli e 5 - Helvecina Alves de Carvalho Roriz) Comerciante.
3 - Eleusa Márcia de Sá Cantarelli - (filha de 6 - José Numeriano de Sá e 7 - Elenita de Souza Carvalho Sá)

Avós

4 - Antônio Lustosa Cantarelli - (filho de 8 - Pompeu Alves da Luz Cantarelli e 9 - Rosalina Lustosa)
5 - Helvecina Alves de Carvalho Roriz (*07-09-1901) - (filha de 10 - Fortunato Gomes de Sá Roriz e 11 - Maria Alves de Carvalho Caribé)
6 - José Numeriano de Sá (*14-11-1927, +17-06-1992) - (filho de 12 - Numeriano Barbosa Faustino e 13 - Santina Maria de Sá)
7 - Elenita de Souza Carvalho Sá (*02-11-1923, +10-08-1993) - (filha de 14 - João Alves de Carvalho e 15 - Áurea de Souza Jota Carvalho)

Bisavós

8 - Pompeu Alves da Luz Cantarelli (*1853) - (filho de 16 - Caetano Di Cantarelli e 17 - Josefa Alves da Luz)
9 - Rosalina Lustosa - (filha de 18 - Antônio Lustosa Ferreira e 19 - Ana Idalina Agra) (Sinharinha).
10 - Fortunato Gomes de Sá Roriz - (filho de 20 - Francisco Gomes de Sá Roriz e 21 - Maria Gomes dos Santos de Sá Roriz) (Fortuna).
11 - Maria Alves de Carvalho Caribé - (filha de 22 - José Minúcio de Carvalho Caribé e 23 - Mariana da Cruz Neves)
12 - Numeriano Barbosa Faustino - (filho de 24 - Faustino Barbosa de Sá e 25 - Maria Rosalina de Menezes)
13 - Santina Maria de Sá - (filha de 26 - Manoel de Souza Leal e 27 - Delmira Felismina de Sá)
14 - João Alves de Carvalho - (filho de 28 - Clemente Gonçalves Torres e 29 - Antônia Maria de Carvalho) (Joãozinho). Residia em Quebrafaca.
15 - Áurea de Souza Jota Carvalho - (filha de 30 - João Pereira de Souza e 31 - Ana Joaquina de Jesus)

Trisavós

16 - Caetano Di Cantarelli - (filho de 32 - Pascoal Di Cantarelli e 33 - Antonia Di Cantarelli) Caetano Di Cantarelli e Josefa Alves da luz casaram-se no Oratório Privado da Fazenda de José Alves da Luz. O casamento foi celebrado pelo Vigário Damaso D'Assunção Pires.
Certidão de Casamento conseguida através de Nivaldo Alves de Carvalho e Neide Rejane de Menezes Cantarelli.
O livro onde consta o registro do casamento está, por questão de segurança, no IAHGP- Instituto Arqueológico, Histórico e Geográfico Pernambucano; é o Livro de Casamentos n. 03, folha 74v. da Fazenda Grande, freguesia de Floresta-PE.
17 - Josefa Alves da Luz (+20-04-1866) - (filha de 34 - José Alves da Luz e 35 - Mariana Alves de Assunção) Conhecida como Zefinha.
18 - Antônio Lustosa Ferreira Do Piauí. Residiam em Parnamirim - PE.
19 - Ana Idalina Agra
20 - Francisco Gomes de Sá Roriz - (filho de 40 - Antônio Gomes de Sá Roriz e 41 - Ana Etelvina Ramalho Silva)
21 - Maria Gomes dos Santos de Sá Roriz - (filha de 42 - Antônio Urbano)
22 - José Minúcio de Carvalho Caribé - (filho de 44 - Ignacio Alves de Carvalho e 45 - Maria) Capitão.
23 - Mariana da Cruz Neves - (filha de 46 - Manuel de Sá Araújo e 47 - Quitéria da Cruz Neves)
24 - Faustino Barbosa de Sá - (filho de 48 - Francisco Antônio da Silva e 49 - Ana Francisca de Sá) (Faustino "do Saco").
25 - Maria Rosalina de Menezes - (filha de 50 - Alexandre Barbosa e 51 - Ana de Souza Telles) (Mariazinha "das Queimadas").
26 - Manoel de Souza Leal - (filho de 52 - Pedro de Souza Ferraz e 53 - Joaquina Maria da Conceição) (Nezinho da Pedra Branca).
27 - Delmira Felismina de Sá - (filha de 54 - Cândido José dos Santos Correia e 55 - Felismina Maria de Sá)
28 - Clemente Gonçalves Torres - (filho de 56 - Manuel Lopes Diniz e 57 - Ana Maria de Barros)
29 - Antônia Maria de Carvalho (*1841) - (filha de 58 - Francisco Alves de Carvalho e 59 - Antônia Maria Diniz) (Totonha).
30 - João Pereira de Souza - (filho de 60 - Pedro Barbosa de Sá e 61 - Ana Maria Rosa de São Pedro) Conhecido como Jota, da Serra. Do Sítio "São Bento" na Serra do Arapuá.
31 - Ana Joaquina de Jesus (*1863) - (filha de 62 - Pedro Barbosa do Vale e 63 - Teófila Gomes de Sá) (ou Ana Joaquina da Silva, Naninha).

Tetravós

32 - Pascoal Di Cantarelli
33 - Antonia Di Cantarelli
34 - José Alves da Luz Coronel. Eram moradores na Fazenda Calumbi, situada na margem do Rio Pajeú, em Floresta-PE. (hoje município de Itacuruba-PE). A tradição oral, transmitida pelos mais velhos, diz que o Cel. José da Luz era cearense e de família “nobre” ou “fidalga” daquele Estado e que tinha vindo para o Pajeú na 1ª metade do século XIX, aqui casando-se com Mariana, filha de fazendeiros.

Parece ter chegado em Floresta entre 1817 e 1838 quando a Província do Ceará enfrentava movimentos Revolucionários de maior importância histórica. Não se sabe ao certo se era Cel. Da Guarda Nacional (Criada em 1831), ou de alguma milícia, pois as fontes de informações foram verbais, obedecendo à tradição oral de alguns descendentes seus já falecidos. Sabe-se que gozava de alto conceito entre os seus descendentes que o descreviam como personagem de referência e destaque social na formação básica de sua família.
35 - Mariana Alves de Assunção - (filha de 70 - Manoel de Carvalho Alves e 71 - Maria Gomes de Assunção)
40 - Antônio Gomes de Sá Roriz Da Canoa.
41 - Ana Etelvina Ramalho Silva - (filha de 82 - Vitorino Pinto da Silva e 83 - Sebastiana Ramalho)
42 - Antônio Urbano Da Chapada.
44 - Ignacio Alves de Carvalho - (filho de 88 - José de Sá Araújo e 89 - Maria Alves de Carvalho) Residia na Fazenda Canabrava.
45 - Maria - (filha de 90 - Jerônimo Pires de Carvalho e 91 - Ana Clara Pinto da Silva) (Cota).
46 - Manuel de Sá Araújo (+20-11-1862) - (filho de 92 - José de Sá Araújo e 93 - Maria Alves de Carvalho) Residia em Salgueiro - PE. Construiu a primeira igreja de Salgueiro e foram os fundadores da cidade de Salgueiro, em 23 de dezembro de 1835.
47 - Quitéria da Cruz Neves - (filha de 94 - Antônio da Cruz Neves e 95 - Francisca Maria de Jesus)
48 - Francisco Antônio da Silva
49 - Ana Francisca de Sá - (filha de 98 - Faustino Barbosa e 99 - Ana) Conhecida como Aninha "do Caldeirão".
50 - Alexandre Barbosa (Xandu "das Queimadas").
51 - Ana de Souza Telles - (filha de 102 - David Telles de Menezes e 103 - Maria de Souza da Penha)
52 - Pedro de Souza Ferraz - (filho de 104 - Thomé de Souza Ferraz Filho e 105 - Joana Gomes de Sá)
53 - Joaquina Maria da Conceição - (filha de 106 - Francisco da Silva Leal e 107 - Maria de Souza da Silveira)
54 - Cândido José dos Santos Correia
55 - Felismina Maria de Sá - (filha de 110 - Miguel Gomes de Sá e 111 - Ana Telles de Menezes) Casou na década de 1850 e moravam no Tigre.
56 - Manuel Lopes Diniz (+ANTES DE 1859) - (filho de 112 - José Lopes Diniz e 113 - Josefa Gonçalves Torres) Major. Residia na fazenda Roçado, Floresta, PE.
57 - Ana Maria de Barros (*1805) - (filha de 114 - Luiz Rodrigues da Cruz e 115 - Maria de Barros da Assunção)
58 - Francisco Alves de Carvalho - (filho de 116 - Manoel de Carvalho Alves e 117 - Inácia Maria da Conceição) Capitão. Um dos primeiros contrutores da antiga freguesia de Fazenda Grande, hoje Floresta-PE, tendo sido o seu primeiro Juiz de Paz.
59 - Antônia Maria Diniz (*1800, +01-07-1877) - (filha de 118 - Manoel Lopes Diniz Filho e 119 - Ana Tereza da Silva) (Antoninha). Residia em São Pedro, Floresta.
60 - Pedro Barbosa de Sá - (filho de 120 - João Barbosa de Sá e 121 - Helena Maria da Conceição)
61 - Ana Maria Rosa de São Pedro - (filha de 122 - Antônio Pereira de Souza e 123 - Ana Maria Rosa de São Pedro)
62 - Pedro Barbosa do Vale (*1833, +24-07-1893) - (filho de 124 - Francisco Manoel Leite e 125 - Ana Joaquina da Conceição) (Pedro Zingoléu). Diziam que Pedro Barbosa foi baleado no Sítio "São Bento", na noite do dia 23 ou 24 de junho, quando se encontrava sentado na calçada daquela Fazenda, ao clarão da fogueira em homenagem a S. João. Era criminoso de morte e tinha inimigos, gente da sua própria família da beira do S. Francisco, de onde viera por questão, (e ao que tudo indica casou-se dando os nomes dos pais diferentes dos verdadeiros.
63 - Teófila Gomes de Sá - (filha de 126 - David Gomes Correia Pindaíba e 127 - Geralda Maria de Sá) (ou Teófila Maria de Sá).

Pentavós

70 - Manoel de Carvalho Alves - (filho de 140 - Manoel de Carvalho Alves e 141 - uma prima da segunda esposa) (Goiana Carvalho). Sabe-se que tinha 19 filhos. Não se sabe os nomes nem os descendentes dos outros filhos.
71 - Maria Gomes de Assunção - (filha de 142 - Francisco Gomes de Sá e 143 - Rosa Maria do Nascimento)
82 - Vitorino Pinto da Silva (*1754) - (filho de 164 - Manoel Lopes Diniz e 165 - Maria de Barros da Silveira) Batizou-se com 2 anos na Capela do Brejo do Pajeú, tendo com padrinhos Bartolomeu de Souza Ferraz e Margarida de Barros.
83 - Sebastiana Ramalho - (filha de 166 - Manoel Pinto Ramalho)
88 - José de Sá Araújo (*1763, +1857) - (filho de 176 - Antônio de Sá Araújo e 177 - Victoria dos Anjos da Cruz) Era neto ou bisneto de um francês de nome Felix (conhecido por Felix Francês) e residia na Fazenda Canabrava, Belém do São Francisco - PE. (Anotações de Maria Firmina de Carvalho, Sia Dita).
89 - Maria Alves de Carvalho (+19-09-1841) - (filha de 178 - Manoel de Carvalho Alves e 179 - Inácia Maria da Conceição) (Carvalha). Residia na fazenda Canabrava - Belém do São Francisco - PE. Foi a construtora da igreja de N. Sra. do Patrocínio.
90 - Jerônimo Pires de Carvalho - (filho de 180 - Manoel de Carvalho Alves e 181 - Inácia Maria da Conceição) Capitão.
91 - Ana Clara Pinto da Silva - (filha de 182 - Gonçalo Pinto da Silva e 183 - Claudiana Maria do Espírito Santo)
92 - José de Sá Araújo (*1763, +1857) - (filho de 184 - Antônio de Sá Araújo e 185 - Victoria dos Anjos da Cruz) (Mesma pessoa de nº 88)
93 - Maria Alves de Carvalho (+19-09-1841) - (filha de 186 - Manoel de Carvalho Alves e 187 - Inácia Maria da Conceição) (Mesma pessoa de nº 89)
94 - Antônio da Cruz Neves (*1740, +1834) - (filho de 188 - Manuel da Cruz Neves e 189 - Joana Fagundes de Sousa) Tenente. "Tonico da Serra do Mato", tronco comum dos Cruz Neves, Pereira Neves e Cruz Sampaio de Jardim-CE e sertões de Pernambuco.
95 - Francisca Maria de Jesus Neta paterna do sargento-mor Manoel da Cruz Neves, português do bispado do Porto, e Joana Fagundes de Sousa. Neta materna do Tenente Antonio Correia de Sampaio e Maria Lourenço Coutinho da Encarnação.
98 - Faustino Barbosa
99 - Ana - (filha de 198 - José Gomes de Sá e 199 - Feliciana da Silva da Purificação) Conhecida como Aninha da "Lagoa do Pombo".
102 - David Telles de Menezes - (filho de 204 - Capitão Telles de Menezes) Deixou a Tapera depois da questão em que se envolveu juntamente com os irmãos, casando-se no Riacho do Navio.
103 - Maria de Souza da Penha - (filha de 206 - Thomé de Souza Ferraz e 207 - Anna Maria do Nascimento) (Maria Telles).
104 - Thomé de Souza Ferraz Filho (+1828) - (filho de 208 - Thomé de Souza Ferraz e 209 - Anna Maria do Nascimento)
105 - Joana Gomes de Sá - (filha de 210 - Anacleto Gomes de Sá e 211 - Joana) (Joaninha "do Ambrósio"). Da fazenda Ambrósio.
106 - Francisco da Silva Leal (*1760, +1826) - (filho de 212 - Joaquim de Almeida da Silva Leal e 213 - Maria da Silva)
107 - Maria de Souza da Silveira - (filha de 214 - Dâmaso de Souza Ferraz e 215 - Joana Batista de Souza da Silveira) Conhecida como Mãe Grande dos Paus Pretos. Foi a tereceira esposa do viúvo Francisco da Silva Leal da Fazenda Paus Pretos, onde funcionou, no começo do século XIX, um Cartório de Notas da Povoação de Fazenda Grande, sob a orientação de seu filho Manoel da Silva Leal.
110 - Miguel Gomes de Sá (+1836) - (filho de 220 - Miguel Alves e 221 - Joana Gomes de Sá) (Miguel Lima). Foi o pivô da questão da Tapera dos Valentões, iniciada em 1836.
111 - Ana Telles de Menezes - (filha de 222 - Vitoriano Gomes de Sá e 223 - Inácia Telles de Menezes) (Aninha "do Tigre").
112 - José Lopes Diniz (*18-03-1760) - (filho de 224 - Manoel Lopes Diniz e 225 - Maria de Barros da Silveira) Capitão. Batizou-se na Capela de N. S. da Conceição, tendo como padrinhos Francisco Rezende Bezerra e Rosa Maria do Nascimento. Residia na fazenda Panela D'Água, município de Floresta, PE.
113 - Josefa Gonçalves Torres - (filha de 227 - Geralda) Sobrinha de Florência Maria de Barros.
114 - Luiz Rodrigues da Cruz (*1779) - (filho de 228 - Francisco Rodrigues da Cruz e 229 - Maria Rosa de Jesus) Capitão-de-Conquista. Tomou parte em diversos movimentos revolucionários ocorridos no Nordeste. Em 1824, foi chamado para combater os revolucionários do Maranhão, chegando até Oeiras, no Piauí, onde adoeceu e teve que regressar para Pernambuco. Por essa razão, foi considerado traidor ou desertor, ficando preso por seis meses na cadeia de Flores - PE.
Em 1832, combateu ou foi partidário do General Pinto Madeira, na famosa Guerra do Pinto, no Ceará, onde foi morto em combate o seu filho Capitão Francisco Antônio de Barros. Também tomou parte na revolução da Serra Negra, em 1848, combatendo as forças do governo, ao lado do seu parente José Rodrigues de Moraes, neto do primeiro dono daquela serra, João Rodrigues de Moraes, morto em 1832.
115 - Maria de Barros da Assunção (*1794) - (filha de 230 - Manoel Lopes Diniz Filho e 231 - Ana Maria de Carvalho)
116 - Manoel de Carvalho Alves - (filho de 232 - Jerónimo Coelho de Carvalho e 233 - Maria Fernandes Cardoso) Fidalgo português. Foi o primeiro Carvalho que chegou a antiga Fazenda Grande, atual Floresta-PE, atravessando o Rio São Francisco, vindo da Bahia e se estabelendo na Fazenda São Pedro, em Floresta-PE, dando origem a essa família no Sertão do Pajeú, do São Francisco e grande parte de Pernambuco.
117 - Inácia Maria da Conceição - (filha de 234 - Manoel Lopes Diniz e 235 - Maria de Barros da Silveira)
118 - Manoel Lopes Diniz Filho (*1751, +1839) - (filho de 236 - Manoel Lopes Diniz e 237 - Maria de Barros da Silveira) Coronel. Fazendeiro e boiadeiro no Sertão, era conhecido por Coronel do Brejo, em referência à Fazenda Brejo do Gama, Floresta - PE, onde morava, arrendada da Casa da Torre da Bahia.
Foi nomeado Coronel das Entradas do Distrito de Tacaratu e Flores, em 15-10-1781 e 19-12-1788, respectivamente. De 1801 a 1803 era Juiz Ordinário do Julgado do Sertão do Pajeu (Flores). Com a instalação da Vila de Flores, foi nomeado Capitão em 27-05-1811.
119 - Ana Tereza da Silva - (filha de 238 - Joaquim de Almeida da Silva Leal e 239 - Maria da Silva) Também conhecida por Ana Maria de Barros. Residia em Brejo do Gama, município de Belmonte-PE. Faleceu com 108 anos.
120 - João Barbosa de Sá - (filho de 240 - Antônio Barbosa de Sá e 241 - Angélica Maria da Conceição) Capitao.
121 - Helena Maria da Conceição - (filha de 242 - Antônio Manoel de Souza Ferraz e 243 - Dona Rosa) Morava no Riacho do Navio. Compraram o Angico de Antônio Barbosa de Sá.
122 - Antônio Pereira de Souza De Rio do Peixe (PB).
123 - Ana Maria Rosa de São Pedro (+04-03-1849) - (filha de 246 - Antônio Manoel de Souza Ferraz e 247 - Dona Rosa)
124 - Francisco Manoel Leite - (filho de 248 - Alexandre Freire do Vale e 249 - Antônia)
125 - Ana Joaquina da Conceição
126 - David Gomes Correia Pindaíba (*1804, +12-09-1884) - (filho de 252 - Custódia Gomes de Sá e 253 - Luciano Correia de Melo) Morador na Faz. Mathias, terras da Capim Grosso, onde em 1829, aos 25 anos de idade era vaqueiro. Faleceu de hidropsia.
127 - Geralda Maria de Sá (+16-06-1865) - (filha de 254 - Inácio Gonçalves Torres e 255 - Maria do Nascimento de Sá) Da fazenda Alegre.

Hexavós

140 - Manoel de Carvalho Alves - (filho de 280 - Jerónimo Coelho de Carvalho e 281 - Maria Fernandes Cardoso) (Mesma pessoa de nº 116)
141 - uma prima da segunda esposa
142 - Francisco Gomes de Sá - (filho de 284 - Gomes de Sá e 285 - Gomes de Sá) Capitão-comandante. Residia no Riacho dos Mandantes.
143 - Rosa Maria do Nascimento - (filha de 286 - Manoel Lopes Diniz e 287 - Maria de Barros da Silveira)
164 - Manoel Lopes Diniz (*17-01-1709, +07-12-1796) - (filho de 328 - Bento Lopes e 329 - Águeda Maria Diniz) De Santo André de Marecos, no Conselho de Penafiel, cidade e bispado do Porto, Portugal. Fundador da Fazenda Panela d'Água, em Floresta do Navio. Diz-se que descendente do 6º Rei de Portugal, o Rei Lavrador, D. Diniz (filho de Afonso III e Beatriz de Castela), casado com Isabel de Aragão, a Rainha Santa (canonizada pela Igreja Católica como Santa Isabel). Foi sepultado na Igreja do Rosário, em Floresta-PE (1796).

Panela D'água era uma antiga fazenda de gado situada ao Leste da Serra do Arapuá no Sertão do Pajeú, arrendada em 1756 ao morgado da Casa da Torre na Bahia, e pertencente à Francisco Garcia D'Avila Pereira e Aragão proprietário destas terras na Provincia de Pernambuco, pelo portugues Manoel Lopes Diniz e posteriormente comprada por seu filho José Lopes Diniz.
165 - Maria de Barros da Silveira - (filha de 330 - João Pinto Leal e 331 - Maria de Barros da Silveira)
166 - Manoel Pinto Ramalho
176 - Antônio de Sá Araújo (*C.1725, +A.1787) - (filho de 352 - Antônio de Sá Araújo e 353 - Joana Maria de Carvalho)
177 - Victoria dos Anjos da Cruz - (filha de 354 - João Pinto Leal e 355 - Maria de Barros da Silveira)
178 - Manoel de Carvalho Alves - (filho de 356 - Jerónimo Coelho de Carvalho e 357 - Maria Fernandes Cardoso) (Mesma pessoa de nº 116)
179 - Inácia Maria da Conceição - (filha de 358 - Manoel Lopes Diniz e 359 - Maria de Barros da Silveira) (Mesma pessoa de nº 117)
180 - Manoel de Carvalho Alves - (filho de 360 - Jerónimo Coelho de Carvalho e 361 - Maria Fernandes Cardoso) (Mesma pessoa de nº 116)
181 - Inácia Maria da Conceição - (filha de 362 - Manoel Lopes Diniz e 363 - Maria de Barros da Silveira) (Mesma pessoa de nº 117)
182 - Gonçalo Pinto da Silva - (filho de 364 - Manoel Lopes Diniz e 365 - Maria de Barros da Silveira) Capitão-Mor.
183 - Claudiana Maria do Espírito Santo Descendente de Paraguaçu e filha da fundadora de Curaçá - BA.
184 - Antônio de Sá Araújo (*C.1725, +A.1787) - (filho de 368 - Antônio de Sá Araújo e 369 - Joana Maria de Carvalho) (Mesma pessoa de nº 176)
185 - Victoria dos Anjos da Cruz - (filha de 370 - João Pinto Leal e 371 - Maria de Barros da Silveira) (Mesma pessoa de nº 177)
186 - Manoel de Carvalho Alves - (filho de 372 - Jerónimo Coelho de Carvalho e 373 - Maria Fernandes Cardoso) (Mesma pessoa de nº 116)
187 - Inácia Maria da Conceição - (filha de 374 - Manoel Lopes Diniz e 375 - Maria de Barros da Silveira) (Mesma pessoa de nº 117)
188 - Manuel da Cruz Neves Sargento-mor. Foi o primeiro CRUZ NEVES a chegar no Nordeste e no Brasil.
189 - Joana Fagundes de Sousa - (filha de 378 - Manoel de Barros e Sousa e 379 - Joana Fagundes da Silveira) Originária de Sergipe e radicada em Santo Antônio de Pambú-BA.
198 - José Gomes de Sá - (filho de 396 - Francisco Gomes de Sá e 397 - Antônia de Souza da Rocha) Capitão-comandante. De Gravatá.
199 - Feliciana da Silva da Purificação - (filha de 398 - Joaquim de Almeida da Silva Leal e 399 - Maria da Silva) (ou Feliciana da Silva Leal). Da Faz. Riacho, situada na embocadura do riacho dos Mandantes, no rio S. Francisco.
204 - Capitão Telles de Menezes
206 - Thomé de Souza Ferraz - (filho de 412 - Jerônimo de Souza Ferraz e 413 - Margarida de Souza da Silveira) Alferes. Foi testemunha na escritura de doacao da Fazenda Grande ao Senhor do Bom Jesus dos Aflitos, em 23.01.1776, onde hoje se encontra a cidade de Floresta, Pernambuco.
207 - Anna Maria do Nascimento (Donana).
208 - Thomé de Souza Ferraz - (filho de 416 - Jerônimo de Souza Ferraz e 417 - Margarida de Souza da Silveira) (Mesma pessoa de nº 206)
209 - Anna Maria do Nascimento (Mesma pessoa de nº 207)
210 - Anacleto Gomes de Sá - (filho de 420 - Gomes de Sá e 421 - Gomes de Sá)
211 - Joana Mulata. Alguns dizem que seu nome seria Quitéria ou Rosa.
212 - Joaquim de Almeida da Silva Leal - (filho de 424 - João Pinto Leal e 425 - Maria de Barros da Silveira)
213 - Maria da Silva
214 - Dâmaso de Souza Ferraz - (filho de 428 - Jerônimo de Souza Ferraz e 429 - Nome Desconhecido) Da Fazenda Curralinho. Foi nomeado Capitão dos Forasteiros da Ribeira do Pajeú em 8-09-1780.
215 - Joana Batista de Souza da Silveira
220 - Miguel Alves
221 - Joana Gomes de Sá - (filha de 442 - Anacleto Gomes de Sá e 443 - Joana) (Mesma pessoa de nº 105)
222 - Vitoriano Gomes de Sá - (filho de 444 - Francisco Gomes de Sá e 445 - Rosa Maria do Nascimento) Moravam no Roque, na margem esquerda do Grande Rio.
223 - Inácia Telles de Menezes - (filha de 446 - Capitão Telles de Menezes)
224 - Manoel Lopes Diniz (*17-01-1709, +07-12-1796) - (filho de 448 - Bento Lopes e 449 - Águeda Maria Diniz) (Mesma pessoa de nº 164)
225 - Maria de Barros da Silveira - (filha de 450 - João Pinto Leal e 451 - Maria de Barros da Silveira) (Mesma pessoa de nº 165)
227 - Geralda - (filha de 454 - João Pinto Leal e 455 - Maria de Barros da Silveira)
228 - Francisco Rodrigues da Cruz
229 - Maria Rosa de Jesus
230 - Manoel Lopes Diniz Filho (*1751, +1839) - (filho de 460 - Manoel Lopes Diniz e 461 - Maria de Barros da Silveira) (Mesma pessoa de nº 118)
231 - Ana Maria de Carvalho - (filha de 462 - Gen. Frederico Licor) Da fazenda Malhada Grande, na margem pernambucana do Rio São Francisco, hoje Belém do São Francisco-PE.
232 - Jerónimo Coelho de Carvalho
233 - Maria Fernandes Cardoso
234 - Manoel Lopes Diniz (*17-01-1709, +07-12-1796) - (filho de 468 - Bento Lopes e 469 - Águeda Maria Diniz) (Mesma pessoa de nº 164)
235 - Maria de Barros da Silveira - (filha de 470 - João Pinto Leal e 471 - Maria de Barros da Silveira) (Mesma pessoa de nº 165)
236 - Manoel Lopes Diniz (*17-01-1709, +07-12-1796) - (filho de 472 - Bento Lopes e 473 - Águeda Maria Diniz) (Mesma pessoa de nº 164)
237 - Maria de Barros da Silveira - (filha de 474 - João Pinto Leal e 475 - Maria de Barros da Silveira) (Mesma pessoa de nº 165)
238 - Joaquim de Almeida da Silva Leal - (filho de 476 - João Pinto Leal e 477 - Maria de Barros da Silveira) (Mesma pessoa de nº 212)
239 - Maria da Silva (Mesma pessoa de nº 213)
240 - Antônio Barbosa de Sá
241 - Angélica Maria da Conceição
242 - Antônio Manoel de Souza Ferraz - (filho de 484 - Jerônimo de Souza Ferraz e 485 - Margarida de Souza da Silveira) Ajud. de mestre de campo.
243 - Dona Rosa
246 - Antônio Manoel de Souza Ferraz - (filho de 492 - Jerônimo de Souza Ferraz e 493 - Margarida de Souza da Silveira) (Mesma pessoa de nº 242)
247 - Dona Rosa (Mesma pessoa de nº 243)
248 - Alexandre Freire do Vale (+04-06-1899)
249 - Antônia
252 - Custódia Gomes de Sá - (filho de 504 - Antônio Francisco de Novaes e 505 - Antônia Maria da Conceição) Os filhos do casal são baseados em tradição oral.
253 - Luciano Correia de Melo Capitão. Nomeado Juiz Ordinário e de Órfãos do Julgado de Tacaratú, em 1808. Era também boiadeiro e comerciava gado em boiadas conduzidas do sertão para a capital da Bahia, onde em 1797 foi encarregado de mandar celebrar diversas missas, a pedido do Cel. Manoel Lopes Diniz (o Filho), cumprindo determinação do testamento do pai, devidamente documentados, conforme recibos dos vigários celebrantes nos seguintes termos: "uma capela de missas (50 missas), pelas almas do pai, mãe e parentes de Manoel Lopes Diniz, na igreja de N. Srª. da Saúde e Glória, a 01.02.1797; uma capela de missas pela alma do defunto Manoel Lopes Diniz; outra capela de missas pelas almas do purgatório, na Bahia, a 22.03.2797; vinte cinco missas a N. Srª. da Soledade, em 26.03.1797; e 12 mil réis de missas no dia 23.12.1797". Documentos apontam que a sua descendência ficou no Termo de Pambú, na margem baiana do S. Francisco, mas há forte indício de que parte dela tenha migrado para Tacaratú, (se é que Tacaratú não fazia parte desse Termo), onde há uma antiga e numerosa família com este sobrenome. E também na Freguesia de Faz. Grande (Floresta), com presença destacada nas fazendas da Ribeira do Capim Grosso, principalmente na Fazenda "Pedra Vermelha," onde muitos dos descendentes dos seus primeiros donos, costumam afirmar que: "são Novaes, da Faz. Pedra Vermelha", observando-se que há grande incidência dos nomes Custódia e Luciano (a), na geração dos fundadores daquela fazenda, que faz parte da antiga Capim Grosso, herdada do Sargento-mor pela filha Custódia, em 1806. (Fonte: Nivaldo Carvalho).
254 - Inácio Gonçalves Torres Capitão. Da fazenda Alegre.
255 - Maria do Nascimento de Sá

Heptavós

280 - Jerónimo Coelho de Carvalho (Mesma pessoa de nº 232)
281 - Maria Fernandes Cardoso (Mesma pessoa de nº 233)
284 - Gomes de Sá
285 - Gomes de Sá
286 - Manoel Lopes Diniz (*17-01-1709, +07-12-1796) - (filho de 572 - Bento Lopes e 573 - Águeda Maria Diniz) (Mesma pessoa de nº 164)
287 - Maria de Barros da Silveira - (filha de 574 - João Pinto Leal e 575 - Maria de Barros da Silveira) (Mesma pessoa de nº 165)
328 - Bento Lopes (*05-06-1671, +1740) - (filho de 656 - Gaspar Lopes e 657 - Catarina Teixeira) Morava no lugar da Reigada, em Santo André de Marecos, bispado do Porto, Portugal.
329 - Águeda Maria Diniz (*05-02-1681, +1743) - (filha de 658 - Manoel Dias e 659 - Ana Diniz) Da freguesia de Santos Andredo Marrocos, norte de Portugal (ou África).
330 - João Pinto Leal (+Sim) Alferes.
331 - Maria de Barros da Silveira (+Sim) - (filha de 662 - Manoel de Souza da Rocha e 663 - Feliciana de Barros da Silveira) Também consta como Maria da Silveira Barros.
352 - Antônio de Sá Araújo (+A.1741)
353 - Joana Maria de Carvalho
354 - João Pinto Leal (+Sim) (Mesma pessoa de nº 330)
355 - Maria de Barros da Silveira (+Sim) - (filha de 710 - Manoel de Souza da Rocha e 711 - Feliciana de Barros da Silveira) (Mesma pessoa de nº 331)
356 - Jerónimo Coelho de Carvalho (Mesma pessoa de nº 232)
357 - Maria Fernandes Cardoso (Mesma pessoa de nº 233)
358 - Manoel Lopes Diniz (*17-01-1709, +07-12-1796) - (filho de 716 - Bento Lopes e 717 - Águeda Maria Diniz) (Mesma pessoa de nº 164)
359 - Maria de Barros da Silveira - (filha de 718 - João Pinto Leal e 719 - Maria de Barros da Silveira) (Mesma pessoa de nº 165)
360 - Jerónimo Coelho de Carvalho (Mesma pessoa de nº 232)
361 - Maria Fernandes Cardoso (Mesma pessoa de nº 233)
362 - Manoel Lopes Diniz (*17-01-1709, +07-12-1796) - (filho de 724 - Bento Lopes e 725 - Águeda Maria Diniz) (Mesma pessoa de nº 164)
363 - Maria de Barros da Silveira - (filha de 726 - João Pinto Leal e 727 - Maria de Barros da Silveira) (Mesma pessoa de nº 165)
364 - Manoel Lopes Diniz (*17-01-1709, +07-12-1796) - (filho de 728 - Bento Lopes e 729 - Águeda Maria Diniz) (Mesma pessoa de nº 164)
365 - Maria de Barros da Silveira - (filha de 730 - João Pinto Leal e 731 - Maria de Barros da Silveira) (Mesma pessoa de nº 165)
368 - Antônio de Sá Araújo (+A.1741) (Mesma pessoa de nº 352)
369 - Joana Maria de Carvalho (Mesma pessoa de nº 353)
370 - João Pinto Leal (+Sim) (Mesma pessoa de nº 330)
371 - Maria de Barros da Silveira (+Sim) - (filha de 742 - Manoel de Souza da Rocha e 743 - Feliciana de Barros da Silveira) (Mesma pessoa de nº 331)
372 - Jerónimo Coelho de Carvalho (Mesma pessoa de nº 232)
373 - Maria Fernandes Cardoso (Mesma pessoa de nº 233)
374 - Manoel Lopes Diniz (*17-01-1709, +07-12-1796) - (filho de 748 - Bento Lopes e 749 - Águeda Maria Diniz) (Mesma pessoa de nº 164)
375 - Maria de Barros da Silveira - (filha de 750 - João Pinto Leal e 751 - Maria de Barros da Silveira) (Mesma pessoa de nº 165)
378 - Manoel de Barros e Sousa Vindo para o Brasil, radicou-se em Sergipe.
379 - Joana Fagundes da Silveira
396 - Francisco Gomes de Sá - (filho de 792 - José Francisco de Seixas e 793 - Custódia Gomes de Sá) Capitão-Comandante. Da Fazenda Riacho, na embocadura do Riacho dos Mandantes no rio S. Francisco, hoje coberta pelas águas da barragem de Itaparica.
397 - Antônia de Souza da Rocha - (filha de 794 - Manoel de Souza da Rocha e 795 - Feliciana de Barros da Silveira)
398 - Joaquim de Almeida da Silva Leal - (filho de 796 - João Pinto Leal e 797 - Maria de Barros da Silveira) (Mesma pessoa de nº 212)
399 - Maria da Silva (Mesma pessoa de nº 213)
412 - Jerônimo de Souza Ferraz (+20-05-1770) Foi o primeiro Ferraz que chegou a outrora FAZENDA GRANDE do Sertão de Pernambuco (depois Vila de Floresta e hoje FLORESTA), à margem direita do lendário Rio Pajeú (afluente seco do "Grande Rio" ou do Rio São Francisco).
413 - Margarida de Souza da Silveira (+1801)
416 - Jerônimo de Souza Ferraz (+20-05-1770) (Mesma pessoa de nº 412)
417 - Margarida de Souza da Silveira (+1801) (Mesma pessoa de nº 413)
420 - Gomes de Sá (Mesma pessoa de nº 284)
421 - Gomes de Sá (Mesma pessoa de nº 285)
424 - João Pinto Leal (+Sim) (Mesma pessoa de nº 330)
425 - Maria de Barros da Silveira (+Sim) - (filha de 850 - Manoel de Souza da Rocha e 851 - Feliciana de Barros da Silveira) (Mesma pessoa de nº 331)
428 - Jerônimo de Souza Ferraz (+20-05-1770) (Mesma pessoa de nº 412)
429 - Nome Desconhecido
442 - Anacleto Gomes de Sá - (filho de 884 - Gomes de Sá e 885 - Gomes de Sá) (Mesma pessoa de nº 210)
443 - Joana (Mesma pessoa de nº 211)
444 - Francisco Gomes de Sá - (filho de 888 - Gomes de Sá e 889 - Gomes de Sá) (Mesma pessoa de nº 142)
445 - Rosa Maria do Nascimento - (filha de 890 - Manoel Lopes Diniz e 891 - Maria de Barros da Silveira) (Mesma pessoa de nº 143)
446 - Capitão Telles de Menezes (Mesma pessoa de nº 204)
448 - Bento Lopes (*05-06-1671, +1740) - (filho de 896 - Gaspar Lopes e 897 - Catarina Teixeira) (Mesma pessoa de nº 328)
449 - Águeda Maria Diniz (*05-02-1681, +1743) - (filha de 898 - Manoel Dias e 899 - Ana Diniz) (Mesma pessoa de nº 329)
450 - João Pinto Leal (+Sim) (Mesma pessoa de nº 330)
451 - Maria de Barros da Silveira (+Sim) - (filha de 902 - Manoel de Souza da Rocha e 903 - Feliciana de Barros da Silveira) (Mesma pessoa de nº 331)
454 - João Pinto Leal (+Sim) (Mesma pessoa de nº 330)
455 - Maria de Barros da Silveira (+Sim) - (filha de 910 - Manoel de Souza da Rocha e 911 - Feliciana de Barros da Silveira) (Mesma pessoa de nº 331)
460 - Manoel Lopes Diniz (*17-01-1709, +07-12-1796) - (filho de 920 - Bento Lopes e 921 - Águeda Maria Diniz) (Mesma pessoa de nº 164)
461 - Maria de Barros da Silveira - (filha de 922 - João Pinto Leal e 923 - Maria de Barros da Silveira) (Mesma pessoa de nº 165)
462 - Gen. Frederico Licor
468 - Bento Lopes (*05-06-1671, +1740) - (filho de 936 - Gaspar Lopes e 937 - Catarina Teixeira) (Mesma pessoa de nº 328)
469 - Águeda Maria Diniz (*05-02-1681, +1743) - (filha de 938 - Manoel Dias e 939 - Ana Diniz) (Mesma pessoa de nº 329)
470 - João Pinto Leal (+Sim) (Mesma pessoa de nº 330)
471 - Maria de Barros da Silveira (+Sim) - (filha de 942 - Manoel de Souza da Rocha e 943 - Feliciana de Barros da Silveira) (Mesma pessoa de nº 331)
472 - Bento Lopes (*05-06-1671, +1740) - (filho de 944 - Gaspar Lopes e 945 - Catarina Teixeira) (Mesma pessoa de nº 328)
473 - Águeda Maria Diniz (*05-02-1681, +1743) - (filha de 946 - Manoel Dias e 947 - Ana Diniz) (Mesma pessoa de nº 329)
474 - João Pinto Leal (+Sim) (Mesma pessoa de nº 330)
475 - Maria de Barros da Silveira (+Sim) - (filha de 950 - Manoel de Souza da Rocha e 951 - Feliciana de Barros da Silveira) (Mesma pessoa de nº 331)
476 - João Pinto Leal (+Sim) (Mesma pessoa de nº 330)
477 - Maria de Barros da Silveira (+Sim) - (filha de 954 - Manoel de Souza da Rocha e 955 - Feliciana de Barros da Silveira) (Mesma pessoa de nº 331)
484 - Jerônimo de Souza Ferraz (+20-05-1770) (Mesma pessoa de nº 412)
485 - Margarida de Souza da Silveira (+1801) (Mesma pessoa de nº 413)
492 - Jerônimo de Souza Ferraz (+20-05-1770) (Mesma pessoa de nº 412)
493 - Margarida de Souza da Silveira (+1801) (Mesma pessoa de nº 413)
504 - Antônio Francisco de Novaes (+09-10-1806) - (filho de 1008 - José Francisco de Souza e 1009 - Esposa Ainda Desconhecida) Sargento-Mor. O Sargento Mor Antônio Francisco de Novaes foi grande criador de gado (bovino, cavalar, muar e criação miúda), estabelecido em fins do século XVIII na Fazenda "Capim Grosso", imensa extensão de terras, subdivididas atualmente em diversas pequenas e médias propriedades, grande parte dela ainda pertencentes aos seus descendentes ou a terceiros que as adquiriram por compra, desde a Fazenda "Tapera de Baixo," até a Fazenda "Pedra Vermelha". Tendo comprado aquela Fazenda, em 03.08.1796, a José Marques de Souza e sua mulher Rosa Maria Alves e Antônio de Souza e sua mulher Paula Perpétua de São Pedro, pelo preço de 700$000 (setecentos mil réis), com os seguintes limites; (conforme escrita da época):

"Da parte do nascente com a Fazenda Grande, no lugar chamado a Malhada Grande correndo rumo direto para a parte do Rio S. Francisco extrema com as fazendas da Pedra e Jatinan onde confronta com a lagoa da Catinga e daí correndo rumo direto para cima pela parte de cá da Serra Branca, buscando ao poente, até imparear, correndo rumo direito pela parte da Serra do Irapuá pelo altinho que está entre a baixinha do Papagaio e Riacho da Ingazeira até imparear ou confrontar com a ponta da Serra do Itó, correndo rumo pela Serra abaixo até o fim dela, extremando com a fazenda Panela d'Agua pelo Centro de uma para a de outra por onde for de razão, até imparear com a dita Malhada Grande, e para a parte do Curralinho e Campo Grande, extrema no Taboleiro do Capim Grosso de Fora, e assim extremando o dito comprador... por si etc... O Tam. Pº. Domingos Gomes".
Além de comprar a "Capim Grosso", arrendou do Morgado da Casa da Torre, na Bahia, o Sítio "Jatobá"; "extremando esta Fazenda pela parte de cima da ponta da Serra Grande do Oití, cortando direito a Quixaba e dahi cortando rumo direito a serra Grande do Olho d'Agua, e pela parte de baixo no Posso da Engazeira, e para a parte do Poente onde reparte as agoas para hua e outra parte, pagando de renda 2$000 (dois mil réis), em cada ano".

Além de comprar a "Capim Grosso", arrendou do Morgado da Casa da Torre, na Bahia, o Sítio "Jatobá"; "extremando esta Fazenda pela parte de cima da ponta da Serra Grande do Oití, cortando direito a Quixaba e dahi cortando rumo direito a serra Grande do Olho d'Agua, e pela parte de baixo no Posso da Engazeira, e para a parte do Poente onde reparte as agoas para hua e outra parte, pagando de renda 2$000 (dois mil réis), em cada ano". Era dono ou rendeiro também dos Sítios "Enjeitado" e "Tamboril", na Serra do Arapuá, em cujas propriedades desenvolveu atividades pastoris e agrícolas, com seus agregados e escravos que naquelas propriedades laboravam temporariamente ou residiam.

No seu inventário deixa um patrimônio avaliado pelo Capitão-mor José Lopes Diniz e o Ajudante Antônio Manoel de Souza Ferraz, em 15.635$450 réis, em gado, imóveis, e os seguintes bens de raiz: "um Sítio de terras na Misericórdia, no Pajeú, com légua e meia de comprido, adquirido por compra a Manoel Correia de Melo, (possivelmente irmão do seu genro), e a Joaquim Fernandes de Cerqueira; um Sítio de Terras no Capim Grosso; um curral na Pedra Vermelha; um cercado e curral na Volta; um Sítio(?) na beira do São Francisco, havido por herança do sogro e pai Vitório de Souza, (Vitório de Souza da Rocha, inventariado em 1779); o Sítio Tapera de Paulo Afonso, na Ribeira do S. Francisco, Termo de Pambú, havido por compra; o Sítio Tamboril na Serra do Arapuá". Também figuram algumas dívidas, entre elas 43$530 réis ao crioulo Pascoal Coelho de Lemos, morador na Serra do Arapuá. Não havendo qualquer referência a um 1º ou 2º casamentos seu, conforme noticia Stella Noves. Se assim foi, só houve os 04 filhos com (a 2ª esposa?) Antônia Maria da Conceição, que são contemplados em seu testamento de 1817 e que dela são herdeiros em 1830.

Fonte: FAMÍLIA NOVAES, de Floresta/PE - (Genealogia e história) - Inédito - Pesquisa e organização: Nivaldo Alves de Carvalho. Colaboração: Hildo Leal da Rosa e Yony Sampaio.
505 - Antônia Maria da Conceição (*1758, +06-06-1830) - (filha de 1010 - Vitório de Souza da Rocha e 1011 - Antônia Pereira Leite) Fez o seu testamento a 28.01.1817, quando contava 59 anos de idade e morava na sua Faz. "Misericórdia", tendo como testamenteiro seu filho José Francisco de Novaes.

Seus pais eram originários da Faz. "Tacoatiara," do Termo de Tacaratu, na margem pernambucana do S. Francisco, outrora pertencente aos seus avós paternos: Capitão Manoel de Souza da Rocha (+1749) e sua mulher Feliciana de Barros (da Silveira +1759). Em 1749, quando se encontrava preso no Recife o Capitão Manoel de Souza da Roxa (Rocha), pelo não recolhimento dos impostos, por ele arrematados, e o real donativo do ano de 1746, no valor total de 6 mil cruzados. Prestaram fiança para a sua libertação: o Alferes João Pinto Leal e sua mulher Maria de Barros (da Silveira); o Tenente Cel. Luiz Furtado de Almeida e sua mulher Beatriz de Souza da Silveira e o Capitão Jerônimo de Souza Ferraz e sua mulher Margarida de Souza (da Silveira), e como testemunha Manoel de Barros da Silveira. Deixando crer que eram parentes, pelo menos por afinidade, numa hipótese consistente de que a esposa do réu e as esposas dos fiadores eram irmãs; (inclusive a testemunha), filhas de Manoel de Barros e Souza e Joana Fagundes da Silveira, originários da freguesia de Jesus-Maria-José de Pé-de-Banco, em Sergipe Del Rei, que naquela época fazia parte da Bahia, e que em 1726 já estavam radicados na Missão do Pambú, do lado baiano do rio São Francisco, passando depois para o lado de Pernambuco (Cabrobó e Tacaratú), com ramificações estabelecidas no Ceará e Paraíba.

Fonte: FAMÍLIA NOVAES, de Floresta/PE - (Genealogia e história) - Inédito - Pesquisa e organização: Nivaldo Alves de Carvalho. Colaboração: Hildo Leal da Rosa e Yony Sampaio.

Octavós

572 - Bento Lopes (*05-06-1671, +1740) - (filho de 1144 - Gaspar Lopes e 1145 - Catarina Teixeira) (Mesma pessoa de nº 328)
573 - Águeda Maria Diniz (*05-02-1681, +1743) - (filha de 1146 - Manoel Dias e 1147 - Ana Diniz) (Mesma pessoa de nº 329)
574 - João Pinto Leal (+Sim) (Mesma pessoa de nº 330)
575 - Maria de Barros da Silveira (+Sim) - (filha de 1150 - Manoel de Souza da Rocha e 1151 - Feliciana de Barros da Silveira) (Mesma pessoa de nº 331)
656 - Gaspar Lopes (*09-01-1640, +1675) - (filho de 1312 - Manoel Francisco Lopes e 1313 - Maria Antônia) Moravam em Santo Estêvão de Oldrões, bispado do Porto, Portugal.
657 - Catarina Teixeira (*1642, +1696) - (filha de 1314 - Gonçalo Teixeira e 1315 - Maria Francisca)
658 - Manoel Dias (+1691) - (filho de 1316 - Gaspar Dias e 1317 - Maria Dias) Morava em Santo André de Marecos, bispado do Porto, Portugal.
659 - Ana Diniz (*14-05-1637, +1712) - (filha de 1318 - Domingos Gonçalves e 1319 - Francisca Diniz)
662 - Manoel de Souza da Rocha (+1749) Capitão. Arrendou a fazenda Tacoatiara, no lado pernambucano do rio São Francisco, no termo de Tacaratú.
663 - Feliciana de Barros da Silveira (+1759)
710 - Manoel de Souza da Rocha (+1749) (Mesma pessoa de nº 662)
711 - Feliciana de Barros da Silveira (+1759) (Mesma pessoa de nº 663)
716 - Bento Lopes (*05-06-1671, +1740) - (filho de 1432 - Gaspar Lopes e 1433 - Catarina Teixeira) (Mesma pessoa de nº 328)
717 - Águeda Maria Diniz (*05-02-1681, +1743) - (filha de 1434 - Manoel Dias e 1435 - Ana Diniz) (Mesma pessoa de nº 329)
718 - João Pinto Leal (+Sim) (Mesma pessoa de nº 330)
719 - Maria de Barros da Silveira (+Sim) - (filha de 1438 - Manoel de Souza da Rocha e 1439 - Feliciana de Barros da Silveira) (Mesma pessoa de nº 331)
724 - Bento Lopes (*05-06-1671, +1740) - (filho de 1448 - Gaspar Lopes e 1449 - Catarina Teixeira) (Mesma pessoa de nº 328)
725 - Águeda Maria Diniz (*05-02-1681, +1743) - (filha de 1450 - Manoel Dias e 1451 - Ana Diniz) (Mesma pessoa de nº 329)
726 - João Pinto Leal (+Sim) (Mesma pessoa de nº 330)
727 - Maria de Barros da Silveira (+Sim) - (filha de 1454 - Manoel de Souza da Rocha e 1455 - Feliciana de Barros da Silveira) (Mesma pessoa de nº 331)
728 - Bento Lopes (*05-06-1671, +1740) - (filho de 1456 - Gaspar Lopes e 1457 - Catarina Teixeira) (Mesma pessoa de nº 328)
729 - Águeda Maria Diniz (*05-02-1681, +1743) - (filha de 1458 - Manoel Dias e 1459 - Ana Diniz) (Mesma pessoa de nº 329)
730 - João Pinto Leal (+Sim) (Mesma pessoa de nº 330)
731 - Maria de Barros da Silveira (+Sim) - (filha de 1462 - Manoel de Souza da Rocha e 1463 - Feliciana de Barros da Silveira) (Mesma pessoa de nº 331)
742 - Manoel de Souza da Rocha (+1749) (Mesma pessoa de nº 662)
743 - Feliciana de Barros da Silveira (+1759) (Mesma pessoa de nº 663)
748 - Bento Lopes (*05-06-1671, +1740) - (filho de 1496 - Gaspar Lopes e 1497 - Catarina Teixeira) (Mesma pessoa de nº 328)
749 - Águeda Maria Diniz (*05-02-1681, +1743) - (filha de 1498 - Manoel Dias e 1499 - Ana Diniz) (Mesma pessoa de nº 329)
750 - João Pinto Leal (+Sim) (Mesma pessoa de nº 330)
751 - Maria de Barros da Silveira (+Sim) - (filha de 1502 - Manoel de Souza da Rocha e 1503 - Feliciana de Barros da Silveira) (Mesma pessoa de nº 331)
792 - José Francisco de Seixas Capitão-Mor e Juiz Ordinário. Nomeado Tenente da Cia. do Cel. Francº Rodrigues de Figueiredo em 1729; em 1732 Cap. do Regitº da Infantaria da Ordem da Fregª de N. Srª. da Conceição do Rodelas; em 1833 e 1738, Juiz Ordinário da Fregª de N. Srª. da Conceição do Rodelas, em nomeações seqüenciadas, até 1757, quando ainda aparece como Juiz Ordinário de Cabrobó. (Fonte: Nivaldo Carvalho).
793 - Custódia Gomes de Sá - (filha de 1586 - David Gomes de Sá)
794 - Manoel de Souza da Rocha (+1749) (Mesma pessoa de nº 662)
795 - Feliciana de Barros da Silveira (+1759) (Mesma pessoa de nº 663)
796 - João Pinto Leal (+Sim) (Mesma pessoa de nº 330)
797 - Maria de Barros da Silveira (+Sim) - (filha de 1594 - Manoel de Souza da Rocha e 1595 - Feliciana de Barros da Silveira) (Mesma pessoa de nº 331)
850 - Manoel de Souza da Rocha (+1749) (Mesma pessoa de nº 662)
851 - Feliciana de Barros da Silveira (+1759) (Mesma pessoa de nº 663)
884 - Gomes de Sá (Mesma pessoa de nº 284)
885 - Gomes de Sá (Mesma pessoa de nº 285)
888 - Gomes de Sá (Mesma pessoa de nº 284)
889 - Gomes de Sá (Mesma pessoa de nº 285)
890 - Manoel Lopes Diniz (*17-01-1709, +07-12-1796) - (filho de 1780 - Bento Lopes e 1781 - Águeda Maria Diniz) (Mesma pessoa de nº 164)
891 - Maria de Barros da Silveira - (filha de 1782 - João Pinto Leal e 1783 - Maria de Barros da Silveira) (Mesma pessoa de nº 165)
896 - Gaspar Lopes (*09-01-1640, +1675) - (filho de 1792 - Manoel Francisco Lopes e 1793 - Maria Antônia) (Mesma pessoa de nº 656)
897 - Catarina Teixeira (*1642, +1696) - (filha de 1794 - Gonçalo Teixeira e 1795 - Maria Francisca) (Mesma pessoa de nº 657)
898 - Manoel Dias (+1691) - (filho de 1796 - Gaspar Dias e 1797 - Maria Dias) (Mesma pessoa de nº 658)
899 - Ana Diniz (*14-05-1637, +1712) - (filha de 1798 - Domingos Gonçalves e 1799 - Francisca Diniz) (Mesma pessoa de nº 659)
902 - Manoel de Souza da Rocha (+1749) (Mesma pessoa de nº 662)
903 - Feliciana de Barros da Silveira (+1759) (Mesma pessoa de nº 663)
910 - Manoel de Souza da Rocha (+1749) (Mesma pessoa de nº 662)
911 - Feliciana de Barros da Silveira (+1759) (Mesma pessoa de nº 663)
920 - Bento Lopes (*05-06-1671, +1740) - (filho de 1840 - Gaspar Lopes e 1841 - Catarina Teixeira) (Mesma pessoa de nº 328)
921 - Águeda Maria Diniz (*05-02-1681, +1743) - (filha de 1842 - Manoel Dias e 1843 - Ana Diniz) (Mesma pessoa de nº 329)
922 - João Pinto Leal (+Sim) (Mesma pessoa de nº 330)
923 - Maria de Barros da Silveira (+Sim) - (filha de 1846 - Manoel de Souza da Rocha e 1847 - Feliciana de Barros da Silveira) (Mesma pessoa de nº 331)
936 - Gaspar Lopes (*09-01-1640, +1675) - (filho de 1872 - Manoel Francisco Lopes e 1873 - Maria Antônia) (Mesma pessoa de nº 656)
937 - Catarina Teixeira (*1642, +1696) - (filha de 1874 - Gonçalo Teixeira e 1875 - Maria Francisca) (Mesma pessoa de nº 657)
938 - Manoel Dias (+1691) - (filho de 1876 - Gaspar Dias e 1877 - Maria Dias) (Mesma pessoa de nº 658)
939 - Ana Diniz (*14-05-1637, +1712) - (filha de 1878 - Domingos Gonçalves e 1879 - Francisca Diniz) (Mesma pessoa de nº 659)
942 - Manoel de Souza da Rocha (+1749) (Mesma pessoa de nº 662)
943 - Feliciana de Barros da Silveira (+1759) (Mesma pessoa de nº 663)
944 - Gaspar Lopes (*09-01-1640, +1675) - (filho de 1888 - Manoel Francisco Lopes e 1889 - Maria Antônia) (Mesma pessoa de nº 656)
945 - Catarina Teixeira (*1642, +1696) - (filha de 1890 - Gonçalo Teixeira e 1891 - Maria Francisca) (Mesma pessoa de nº 657)
946 - Manoel Dias (+1691) - (filho de 1892 - Gaspar Dias e 1893 - Maria Dias) (Mesma pessoa de nº 658)
947 - Ana Diniz (*14-05-1637, +1712) - (filha de 1894 - Domingos Gonçalves e 1895 - Francisca Diniz) (Mesma pessoa de nº 659)
950 - Manoel de Souza da Rocha (+1749) (Mesma pessoa de nº 662)
951 - Feliciana de Barros da Silveira (+1759) (Mesma pessoa de nº 663)
954 - Manoel de Souza da Rocha (+1749) (Mesma pessoa de nº 662)
955 - Feliciana de Barros da Silveira (+1759) (Mesma pessoa de nº 663)
1008 - José Francisco de Souza - (filho de 2016 - José Francisco de Seixas e 2017 - Custódia Gomes de Sá)
1009 - Esposa Ainda Desconhecida Possivelmente originária dos Novaes de Cabrobó.
1010 - Vitório de Souza da Rocha - (filho de 2020 - Manoel de Souza da Rocha e 2021 - Feliciana de Barros da Silveira) Originário da Faz. "Tacoatiara", do Termo de Tacaratu, na margem pernambucana do S. Francisco.

Fonte: FAMÍLIA NOVAES, de Floresta/PE - (Genealogia e história) - Inédito - Pesquisa e organização: Nivaldo Alves de Carvalho. Colaboração: Hildo Leal da Rosa e Yony Sampaio.
1011 - Antônia Pereira Leite

Eneavós (9º avós)

1144 - Gaspar Lopes (*09-01-1640, +1675) - (filho de 2288 - Manoel Francisco Lopes e 2289 - Maria Antônia) (Mesma pessoa de nº 656)
1145 - Catarina Teixeira (*1642, +1696) - (filha de 2290 - Gonçalo Teixeira e 2291 - Maria Francisca) (Mesma pessoa de nº 657)
1146 - Manoel Dias (+1691) - (filho de 2292 - Gaspar Dias e 2293 - Maria Dias) (Mesma pessoa de nº 658)
1147 - Ana Diniz (*14-05-1637, +1712) - (filha de 2294 - Domingos Gonçalves e 2295 - Francisca Diniz) (Mesma pessoa de nº 659)
1150 - Manoel de Souza da Rocha (+1749) (Mesma pessoa de nº 662)
1151 - Feliciana de Barros da Silveira (+1759) (Mesma pessoa de nº 663)
1312 - Manoel Francisco Lopes (*1600, +1674) - (filho de 2624 - Gaspar Francisco e 2625 - Catarina Lopes) Moravam em Santa Maria de Perozelo, bispado do Porto, Portugal.
1313 - Maria Antônia (+1655) - (filha de 2626 - Francisco Diniz e 2627 - Maria Dias)
1314 - Gonçalo Teixeira (*16-01-1606, +1694) - (filho de 2628 - Antônio Teixeira e 2629 - Maria Dias) Moravam em Santo Estêvão de Oldrões, bispado do Porto, Portugal.
1315 - Maria Francisca (*21-03-1618, +1654) - (filha de 2630 - Francisco Fernandes e 2631 - Violante Gonçalves)
1316 - Gaspar Dias (+1667) Morava em Santo André de Marecos, bispado do Porto, Portugal.
1317 - Maria Dias (+1699)
1318 - Domingos Gonçalves (+1664) Residia na Reigada, Santo André de Marecos, bispado do Porto, Portugal.
1319 - Francisca Diniz (+1675)
1432 - Gaspar Lopes (*09-01-1640, +1675) - (filho de 2864 - Manoel Francisco Lopes e 2865 - Maria Antônia) (Mesma pessoa de nº 656)
1433 - Catarina Teixeira (*1642, +1696) - (filha de 2866 - Gonçalo Teixeira e 2867 - Maria Francisca) (Mesma pessoa de nº 657)
1434 - Manoel Dias (+1691) - (filho de 2868 - Gaspar Dias e 2869 - Maria Dias) (Mesma pessoa de nº 658)
1435 - Ana Diniz (*14-05-1637, +1712) - (filha de 2870 - Domingos Gonçalves e 2871 - Francisca Diniz) (Mesma pessoa de nº 659)
1438 - Manoel de Souza da Rocha (+1749) (Mesma pessoa de nº 662)
1439 - Feliciana de Barros da Silveira (+1759) (Mesma pessoa de nº 663)
1448 - Gaspar Lopes (*09-01-1640, +1675) - (filho de 2896 - Manoel Francisco Lopes e 2897 - Maria Antônia) (Mesma pessoa de nº 656)
1449 - Catarina Teixeira (*1642, +1696) - (filha de 2898 - Gonçalo Teixeira e 2899 - Maria Francisca) (Mesma pessoa de nº 657)
1450 - Manoel Dias (+1691) - (filho de 2900 - Gaspar Dias e 2901 - Maria Dias) (Mesma pessoa de nº 658)
1451 - Ana Diniz (*14-05-1637, +1712) - (filha de 2902 - Domingos Gonçalves e 2903 - Francisca Diniz) (Mesma pessoa de nº 659)
1454 - Manoel de Souza da Rocha (+1749) (Mesma pessoa de nº 662)
1455 - Feliciana de Barros da Silveira (+1759) (Mesma pessoa de nº 663)
1456 - Gaspar Lopes (*09-01-1640, +1675) - (filho de 2912 - Manoel Francisco Lopes e 2913 - Maria Antônia) (Mesma pessoa de nº 656)
1457 - Catarina Teixeira (*1642, +1696) - (filha de 2914 - Gonçalo Teixeira e 2915 - Maria Francisca) (Mesma pessoa de nº 657)
1458 - Manoel Dias (+1691) - (filho de 2916 - Gaspar Dias e 2917 - Maria Dias) (Mesma pessoa de nº 658)
1459 - Ana Diniz (*14-05-1637, +1712) - (filha de 2918 - Domingos Gonçalves e 2919 - Francisca Diniz) (Mesma pessoa de nº 659)
1462 - Manoel de Souza da Rocha (+1749) (Mesma pessoa de nº 662)
1463 - Feliciana de Barros da Silveira (+1759) (Mesma pessoa de nº 663)
1496 - Gaspar Lopes (*09-01-1640, +1675) - (filho de 2992 - Manoel Francisco Lopes e 2993 - Maria Antônia) (Mesma pessoa de nº 656)
1497 - Catarina Teixeira (*1642, +1696) - (filha de 2994 - Gonçalo Teixeira e 2995 - Maria Francisca) (Mesma pessoa de nº 657)
1498 - Manoel Dias (+1691) - (filho de 2996 - Gaspar Dias e 2997 - Maria Dias) (Mesma pessoa de nº 658)
1499 - Ana Diniz (*14-05-1637, +1712) - (filha de 2998 - Domingos Gonçalves e 2999 - Francisca Diniz) (Mesma pessoa de nº 659)
1502 - Manoel de Souza da Rocha (+1749) (Mesma pessoa de nº 662)
1503 - Feliciana de Barros da Silveira (+1759) (Mesma pessoa de nº 663)
1586 - David Gomes de Sá Tenente Coronel.
1594 - Manoel de Souza da Rocha (+1749) (Mesma pessoa de nº 662)
1595 - Feliciana de Barros da Silveira (+1759) (Mesma pessoa de nº 663)
1780 - Bento Lopes (*05-06-1671, +1740) - (filho de 3560 - Gaspar Lopes e 3561 - Catarina Teixeira) (Mesma pessoa de nº 328)
1781 - Águeda Maria Diniz (*05-02-1681, +1743) - (filha de 3562 - Manoel Dias e 3563 - Ana Diniz) (Mesma pessoa de nº 329)
1782 - João Pinto Leal (+Sim) (Mesma pessoa de nº 330)
1783 - Maria de Barros da Silveira (+Sim) - (filha de 3566 - Manoel de Souza da Rocha e 3567 - Feliciana de Barros da Silveira) (Mesma pessoa de nº 331)
1792 - Manoel Francisco Lopes (*1600, +1674) - (filho de 3584 - Gaspar Francisco e 3585 - Catarina Lopes) (Mesma pessoa de nº 1312)
1793 - Maria Antônia (+1655) - (filha de 3586 - Francisco Diniz e 3587 - Maria Dias) (Mesma pessoa de nº 1313)
1794 - Gonçalo Teixeira (*16-01-1606, +1694) - (filho de 3588 - Antônio Teixeira e 3589 - Maria Dias) (Mesma pessoa de nº 1314)
1795 - Maria Francisca (*21-03-1618, +1654) - (filha de 3590 - Francisco Fernandes e 3591 - Violante Gonçalves) (Mesma pessoa de nº 1315)
1796 - Gaspar Dias (+1667) (Mesma pessoa de nº 1316)
1797 - Maria Dias (+1699) (Mesma pessoa de nº 1317)
1798 - Domingos Gonçalves (+1664) (Mesma pessoa de nº 1318)
1799 - Francisca Diniz (+1675) (Mesma pessoa de nº 1319)
1840 - Gaspar Lopes (*09-01-1640, +1675) - (filho de 3680 - Manoel Francisco Lopes e 3681 - Maria Antônia) (Mesma pessoa de nº 656)
1841 - Catarina Teixeira (*1642, +1696) - (filha de 3682 - Gonçalo Teixeira e 3683 - Maria Francisca) (Mesma pessoa de nº 657)
1842 - Manoel Dias (+1691) - (filho de 3684 - Gaspar Dias e 3685 - Maria Dias) (Mesma pessoa de nº 658)
1843 - Ana Diniz (*14-05-1637, +1712) - (filha de 3686 - Domingos Gonçalves e 3687 - Francisca Diniz) (Mesma pessoa de nº 659)
1846 - Manoel de Souza da Rocha (+1749) (Mesma pessoa de nº 662)
1847 - Feliciana de Barros da Silveira (+1759) (Mesma pessoa de nº 663)
1872 - Manoel Francisco Lopes (*1600, +1674) - (filho de 3744 - Gaspar Francisco e 3745 - Catarina Lopes) (Mesma pessoa de nº 1312)
1873 - Maria Antônia (+1655) - (filha de 3746 - Francisco Diniz e 3747 - Maria Dias) (Mesma pessoa de nº 1313)
1874 - Gonçalo Teixeira (*16-01-1606, +1694) - (filho de 3748 - Antônio Teixeira e 3749 - Maria Dias) (Mesma pessoa de nº 1314)
1875 - Maria Francisca (*21-03-1618, +1654) - (filha de 3750 - Francisco Fernandes e 3751 - Violante Gonçalves) (Mesma pessoa de nº 1315)
1876 - Gaspar Dias (+1667) (Mesma pessoa de nº 1316)
1877 - Maria Dias (+1699) (Mesma pessoa de nº 1317)
1878 - Domingos Gonçalves (+1664) (Mesma pessoa de nº 1318)
1879 - Francisca Diniz (+1675) (Mesma pessoa de nº 1319)
1888 - Manoel Francisco Lopes (*1600, +1674) - (filho de 3776 - Gaspar Francisco e 3777 - Catarina Lopes) (Mesma pessoa de nº 1312)
1889 - Maria Antônia (+1655) - (filha de 3778 - Francisco Diniz e 3779 - Maria Dias) (Mesma pessoa de nº 1313)
1890 - Gonçalo Teixeira (*16-01-1606, +1694) - (filho de 3780 - Antônio Teixeira e 3781 - Maria Dias) (Mesma pessoa de nº 1314)
1891 - Maria Francisca (*21-03-1618, +1654) - (filha de 3782 - Francisco Fernandes e 3783 - Violante Gonçalves) (Mesma pessoa de nº 1315)
1892 - Gaspar Dias (+1667) (Mesma pessoa de nº 1316)
1893 - Maria Dias (+1699) (Mesma pessoa de nº 1317)
1894 - Domingos Gonçalves (+1664) (Mesma pessoa de nº 1318)
1895 - Francisca Diniz (+1675) (Mesma pessoa de nº 1319)
2016 - José Francisco de Seixas (Mesma pessoa de nº 792)
2017 - Custódia Gomes de Sá - (filha de 4034 - David Gomes de Sá) (Mesma pessoa de nº 793)
2020 - Manoel de Souza da Rocha (+1749) (Mesma pessoa de nº 662)
2021 - Feliciana de Barros da Silveira (+1759) (Mesma pessoa de nº 663)

Decavós (10º avós)

2288 - Manoel Francisco Lopes (*1600, +1674) - (filho de 4576 - Gaspar Francisco e 4577 - Catarina Lopes) (Mesma pessoa de nº 1312)
2289 - Maria Antônia (+1655) - (filha de 4578 - Francisco Diniz e 4579 - Maria Dias) (Mesma pessoa de nº 1313)
2290 - Gonçalo Teixeira (*16-01-1606, +1694) - (filho de 4580 - Antônio Teixeira e 4581 - Maria Dias) (Mesma pessoa de nº 1314)
2291 - Maria Francisca (*21-03-1618, +1654) - (filha de 4582 - Francisco Fernandes e 4583 - Violante Gonçalves) (Mesma pessoa de nº 1315)
2292 - Gaspar Dias (+1667) (Mesma pessoa de nº 1316)
2293 - Maria Dias (+1699) (Mesma pessoa de nº 1317)
2294 - Domingos Gonçalves (+1664) (Mesma pessoa de nº 1318)
2295 - Francisca Diniz (+1675) (Mesma pessoa de nº 1319)
2624 - Gaspar Francisco - (filho de 5248 - Francisco Jorge e 5249 - Margarida Alves)
2625 - Catarina Lopes - (filha de 5250 - Gonçalo Lopes e 5251 - Margarida Alves)
2626 - Francisco Diniz (+1628)
2627 - Maria Dias (+1610)
2628 - Antônio Teixeira (*SEC XVI, +1658) Padre. Foi cura em Santiago de Valpedre, Porto - Portugal, entre 1603 e 1605, e vigário de São Miguel de Arcozelo, bispado do Porto, Portugal, entre 1622 e 1658.
2629 - Maria Dias
2630 - Francisco Fernandes (+1670) Residia em Santo Estêvão de Oldrões, bispado do Porto, Portugal.
2631 - Violante Gonçalves (+1659)
2864 - Manoel Francisco Lopes (*1600, +1674) - (filho de 5728 - Gaspar Francisco e 5729 - Catarina Lopes) (Mesma pessoa de nº 1312)
2865 - Maria Antônia (+1655) - (filha de 5730 - Francisco Diniz e 5731 - Maria Dias) (Mesma pessoa de nº 1313)
2866 - Gonçalo Teixeira (*16-01-1606, +1694) - (filho de 5732 - Antônio Teixeira e 5733 - Maria Dias) (Mesma pessoa de nº 1314)
2867 - Maria Francisca (*21-03-1618, +1654) - (filha de 5734 - Francisco Fernandes e 5735 - Violante Gonçalves) (Mesma pessoa de nº 1315)
2868 - Gaspar Dias (+1667) (Mesma pessoa de nº 1316)
2869 - Maria Dias (+1699) (Mesma pessoa de nº 1317)
2870 - Domingos Gonçalves (+1664) (Mesma pessoa de nº 1318)
2871 - Francisca Diniz (+1675) (Mesma pessoa de nº 1319)
2896 - Manoel Francisco Lopes (*1600, +1674) - (filho de 5792 - Gaspar Francisco e 5793 - Catarina Lopes) (Mesma pessoa de nº 1312)
2897 - Maria Antônia (+1655) - (filha de 5794 - Francisco Diniz e 5795 - Maria Dias) (Mesma pessoa de nº 1313)
2898 - Gonçalo Teixeira (*16-01-1606, +1694) - (filho de 5796 - Antônio Teixeira e 5797 - Maria Dias) (Mesma pessoa de nº 1314)
2899 - Maria Francisca (*21-03-1618, +1654) - (filha de 5798 - Francisco Fernandes e 5799 - Violante Gonçalves) (Mesma pessoa de nº 1315)
2900 - Gaspar Dias (+1667) (Mesma pessoa de nº 1316)
2901 - Maria Dias (+1699) (Mesma pessoa de nº 1317)
2902 - Domingos Gonçalves (+1664) (Mesma pessoa de nº 1318)
2903 - Francisca Diniz (+1675) (Mesma pessoa de nº 1319)
2912 - Manoel Francisco Lopes (*1600, +1674) - (filho de 5824 - Gaspar Francisco e 5825 - Catarina Lopes) (Mesma pessoa de nº 1312)
2913 - Maria Antônia (+1655) - (filha de 5826 - Francisco Diniz e 5827 - Maria Dias) (Mesma pessoa de nº 1313)
2914 - Gonçalo Teixeira (*16-01-1606, +1694) - (filho de 5828 - Antônio Teixeira e 5829 - Maria Dias) (Mesma pessoa de nº 1314)
2915 - Maria Francisca (*21-03-1618, +1654) - (filha de 5830 - Francisco Fernandes e 5831 - Violante Gonçalves) (Mesma pessoa de nº 1315)
2916 - Gaspar Dias (+1667) (Mesma pessoa de nº 1316)
2917 - Maria Dias (+1699) (Mesma pessoa de nº 1317)
2918 - Domingos Gonçalves (+1664) (Mesma pessoa de nº 1318)
2919 - Francisca Diniz (+1675) (Mesma pessoa de nº 1319)
2992 - Manoel Francisco Lopes (*1600, +1674) - (filho de 5984 - Gaspar Francisco e 5985 - Catarina Lopes) (Mesma pessoa de nº 1312)
2993 - Maria Antônia (+1655) - (filha de 5986 - Francisco Diniz e 5987 - Maria Dias) (Mesma pessoa de nº 1313)
2994 - Gonçalo Teixeira (*16-01-1606, +1694) - (filho de 5988 - Antônio Teixeira e 5989 - Maria Dias) (Mesma pessoa de nº 1314)
2995 - Maria Francisca (*21-03-1618, +1654) - (filha de 5990 - Francisco Fernandes e 5991 - Violante Gonçalves) (Mesma pessoa de nº 1315)
2996 - Gaspar Dias (+1667) (Mesma pessoa de nº 1316)
2997 - Maria Dias (+1699) (Mesma pessoa de nº 1317)
2998 - Domingos Gonçalves (+1664) (Mesma pessoa de nº 1318)
2999 - Francisca Diniz (+1675) (Mesma pessoa de nº 1319)
3560 - Gaspar Lopes (*09-01-1640, +1675) - (filho de 7120 - Manoel Francisco Lopes e 7121 - Maria Antônia) (Mesma pessoa de nº 656)
3561 - Catarina Teixeira (*1642, +1696) - (filha de 7122 - Gonçalo Teixeira e 7123 - Maria Francisca) (Mesma pessoa de nº 657)
3562 - Manoel Dias (+1691) - (filho de 7124 - Gaspar Dias e 7125 - Maria Dias) (Mesma pessoa de nº 658)
3563 - Ana Diniz (*14-05-1637, +1712) - (filha de 7126 - Domingos Gonçalves e 7127 - Francisca Diniz) (Mesma pessoa de nº 659)
3566 - Manoel de Souza da Rocha (+1749) (Mesma pessoa de nº 662)
3567 - Feliciana de Barros da Silveira (+1759) (Mesma pessoa de nº 663)
3584 - Gaspar Francisco - (filho de 7168 - Francisco Jorge e 7169 - Margarida Alves) (Mesma pessoa de nº 2624)
3585 - Catarina Lopes - (filha de 7170 - Gonçalo Lopes e 7171 - Margarida Alves) (Mesma pessoa de nº 2625)
3586 - Francisco Diniz (+1628) (Mesma pessoa de nº 2626)
3587 - Maria Dias (+1610) (Mesma pessoa de nº 2627)
3588 - Antônio Teixeira (*SEC XVI, +1658) (Mesma pessoa de nº 2628)
3589 - Maria Dias (Mesma pessoa de nº 2629)
3590 - Francisco Fernandes (+1670) (Mesma pessoa de nº 2630)
3591 - Violante Gonçalves (+1659) (Mesma pessoa de nº 2631)
3680 - Manoel Francisco Lopes (*1600, +1674) - (filho de 7360 - Gaspar Francisco e 7361 - Catarina Lopes) (Mesma pessoa de nº 1312)
3681 - Maria Antônia (+1655) - (filha de 7362 - Francisco Diniz e 7363 - Maria Dias) (Mesma pessoa de nº 1313)
3682 - Gonçalo Teixeira (*16-01-1606, +1694) - (filho de 7364 - Antônio Teixeira e 7365 - Maria Dias) (Mesma pessoa de nº 1314)
3683 - Maria Francisca (*21-03-1618, +1654) - (filha de 7366 - Francisco Fernandes e 7367 - Violante Gonçalves) (Mesma pessoa de nº 1315)
3684 - Gaspar Dias (+1667) (Mesma pessoa de nº 1316)
3685 - Maria Dias (+1699) (Mesma pessoa de nº 1317)
3686 - Domingos Gonçalves (+1664) (Mesma pessoa de nº 1318)
3687 - Francisca Diniz (+1675) (Mesma pessoa de nº 1319)
3744 - Gaspar Francisco - (filho de 7488 - Francisco Jorge e 7489 - Margarida Alves) (Mesma pessoa de nº 2624)
3745 - Catarina Lopes - (filha de 7490 - Gonçalo Lopes e 7491 - Margarida Alves) (Mesma pessoa de nº 2625)
3746 - Francisco Diniz (+1628) (Mesma pessoa de nº 2626)
3747 - Maria Dias (+1610) (Mesma pessoa de nº 2627)
3748 - Antônio Teixeira (*SEC XVI, +1658) (Mesma pessoa de nº 2628)
3749 - Maria Dias (Mesma pessoa de nº 2629)
3750 - Francisco Fernandes (+1670) (Mesma pessoa de nº 2630)
3751 - Violante Gonçalves (+1659) (Mesma pessoa de nº 2631)
3776 - Gaspar Francisco - (filho de 7552 - Francisco Jorge e 7553 - Margarida Alves) (Mesma pessoa de nº 2624)
3777 - Catarina Lopes - (filha de 7554 - Gonçalo Lopes e 7555 - Margarida Alves) (Mesma pessoa de nº 2625)
3778 - Francisco Diniz (+1628) (Mesma pessoa de nº 2626)
3779 - Maria Dias (+1610) (Mesma pessoa de nº 2627)
3780 - Antônio Teixeira (*SEC XVI, +1658) (Mesma pessoa de nº 2628)
3781 - Maria Dias (Mesma pessoa de nº 2629)
3782 - Francisco Fernandes (+1670) (Mesma pessoa de nº 2630)
3783 - Violante Gonçalves (+1659) (Mesma pessoa de nº 2631)
4034 - David Gomes de Sá (Mesma pessoa de nº 1586)

11º avós

4576 - Gaspar Francisco - (filho de 9152 - Francisco Jorge e 9153 - Margarida Alves) (Mesma pessoa de nº 2624)
4577 - Catarina Lopes - (filha de 9154 - Gonçalo Lopes e 9155 - Margarida Alves) (Mesma pessoa de nº 2625)
4578 - Francisco Diniz (+1628) (Mesma pessoa de nº 2626)
4579 - Maria Dias (+1610) (Mesma pessoa de nº 2627)
4580 - Antônio Teixeira (*SEC XVI, +1658) (Mesma pessoa de nº 2628)
4581 - Maria Dias (Mesma pessoa de nº 2629)
4582 - Francisco Fernandes (+1670) (Mesma pessoa de nº 2630)
4583 - Violante Gonçalves (+1659) (Mesma pessoa de nº 2631)
5248 - Francisco Jorge
5249 - Margarida Alves (+1632)
5250 - Gonçalo Lopes (+1631)
5251 - Margarida Alves (+1613)
5728 - Gaspar Francisco - (filho de 11456 - Francisco Jorge e 11457 - Margarida Alves) (Mesma pessoa de nº 2624)
5729 - Catarina Lopes - (filha de 11458 - Gonçalo Lopes e 11459 - Margarida Alves) (Mesma pessoa de nº 2625)
5730 - Francisco Diniz (+1628) (Mesma pessoa de nº 2626)
5731 - Maria Dias (+1610) (Mesma pessoa de nº 2627)
5732 - Antônio Teixeira (*SEC XVI, +1658) (Mesma pessoa de nº 2628)
5733 - Maria Dias (Mesma pessoa de nº 2629)
5734 - Francisco Fernandes (+1670) (Mesma pessoa de nº 2630)
5735 - Violante Gonçalves (+1659) (Mesma pessoa de nº 2631)
5792 - Gaspar Francisco - (filho de 11584 - Francisco Jorge e 11585 - Margarida Alves) (Mesma pessoa de nº 2624)
5793 - Catarina Lopes - (filha de 11586 - Gonçalo Lopes e 11587 - Margarida Alves) (Mesma pessoa de nº 2625)
5794 - Francisco Diniz (+1628) (Mesma pessoa de nº 2626)
5795 - Maria Dias (+1610) (Mesma pessoa de nº 2627)
5796 - Antônio Teixeira (*SEC XVI, +1658) (Mesma pessoa de nº 2628)
5797 - Maria Dias (Mesma pessoa de nº 2629)
5798 - Francisco Fernandes (+1670) (Mesma pessoa de nº 2630)
5799 - Violante Gonçalves (+1659) (Mesma pessoa de nº 2631)
5824 - Gaspar Francisco - (filho de 11648 - Francisco Jorge e 11649 - Margarida Alves) (Mesma pessoa de nº 2624)
5825 - Catarina Lopes - (filha de 11650 - Gonçalo Lopes e 11651 - Margarida Alves) (Mesma pessoa de nº 2625)
5826 - Francisco Diniz (+1628) (Mesma pessoa de nº 2626)
5827 - Maria Dias (+1610) (Mesma pessoa de nº 2627)
5828 - Antônio Teixeira (*SEC XVI, +1658) (Mesma pessoa de nº 2628)
5829 - Maria Dias (Mesma pessoa de nº 2629)
5830 - Francisco Fernandes (+1670) (Mesma pessoa de nº 2630)
5831 - Violante Gonçalves (+1659) (Mesma pessoa de nº 2631)
5984 - Gaspar Francisco - (filho de 11968 - Francisco Jorge e 11969 - Margarida Alves) (Mesma pessoa de nº 2624)
5985 - Catarina Lopes - (filha de 11970 - Gonçalo Lopes e 11971 - Margarida Alves) (Mesma pessoa de nº 2625)
5986 - Francisco Diniz (+1628) (Mesma pessoa de nº 2626)
5987 - Maria Dias (+1610) (Mesma pessoa de nº 2627)
5988 - Antônio Teixeira (*SEC XVI, +1658) (Mesma pessoa de nº 2628)
5989 - Maria Dias (Mesma pessoa de nº 2629)
5990 - Francisco Fernandes (+1670) (Mesma pessoa de nº 2630)
5991 - Violante Gonçalves (+1659) (Mesma pessoa de nº 2631)
7120 - Manoel Francisco Lopes (*1600, +1674) - (filho de 14240 - Gaspar Francisco e 14241 - Catarina Lopes) (Mesma pessoa de nº 1312)
7121 - Maria Antônia (+1655) - (filha de 14242 - Francisco Diniz e 14243 - Maria Dias) (Mesma pessoa de nº 1313)
7122 - Gonçalo Teixeira (*16-01-1606, +1694) - (filho de 14244 - Antônio Teixeira e 14245 - Maria Dias) (Mesma pessoa de nº 1314)
7123 - Maria Francisca (*21-03-1618, +1654) - (filha de 14246 - Francisco Fernandes e 14247 - Violante Gonçalves) (Mesma pessoa de nº 1315)
7124 - Gaspar Dias (+1667) (Mesma pessoa de nº 1316)
7125 - Maria Dias (+1699) (Mesma pessoa de nº 1317)
7126 - Domingos Gonçalves (+1664) (Mesma pessoa de nº 1318)
7127 - Francisca Diniz (+1675) (Mesma pessoa de nº 1319)
7168 - Francisco Jorge (Mesma pessoa de nº 5248)
7169 - Margarida Alves (+1632) (Mesma pessoa de nº 5249)
7170 - Gonçalo Lopes (+1631) (Mesma pessoa de nº 5250)
7171 - Margarida Alves (+1613) (Mesma pessoa de nº 5251)
7360 - Gaspar Francisco - (filho de 14720 - Francisco Jorge e 14721 - Margarida Alves) (Mesma pessoa de nº 2624)
7361 - Catarina Lopes - (filha de 14722 - Gonçalo Lopes e 14723 - Margarida Alves) (Mesma pessoa de nº 2625)
7362 - Francisco Diniz (+1628) (Mesma pessoa de nº 2626)
7363 - Maria Dias (+1610) (Mesma pessoa de nº 2627)
7364 - Antônio Teixeira (*SEC XVI, +1658) (Mesma pessoa de nº 2628)
7365 - Maria Dias (Mesma pessoa de nº 2629)
7366 - Francisco Fernandes (+1670) (Mesma pessoa de nº 2630)
7367 - Violante Gonçalves (+1659) (Mesma pessoa de nº 2631)
7488 - Francisco Jorge (Mesma pessoa de nº 5248)
7489 - Margarida Alves (+1632) (Mesma pessoa de nº 5249)
7490 - Gonçalo Lopes (+1631) (Mesma pessoa de nº 5250)
7491 - Margarida Alves (+1613) (Mesma pessoa de nº 5251)
7552 - Francisco Jorge (Mesma pessoa de nº 5248)
7553 - Margarida Alves (+1632) (Mesma pessoa de nº 5249)
7554 - Gonçalo Lopes (+1631) (Mesma pessoa de nº 5250)
7555 - Margarida Alves (+1613) (Mesma pessoa de nº 5251)

12º avós

9152 - Francisco Jorge (Mesma pessoa de nº 5248)
9153 - Margarida Alves (+1632) (Mesma pessoa de nº 5249)
9154 - Gonçalo Lopes (+1631) (Mesma pessoa de nº 5250)
9155 - Margarida Alves (+1613) (Mesma pessoa de nº 5251)
11456 - Francisco Jorge (Mesma pessoa de nº 5248)
11457 - Margarida Alves (+1632) (Mesma pessoa de nº 5249)
11458 - Gonçalo Lopes (+1631) (Mesma pessoa de nº 5250)
11459 - Margarida Alves (+1613) (Mesma pessoa de nº 5251)
11584 - Francisco Jorge (Mesma pessoa de nº 5248)
11585 - Margarida Alves (+1632) (Mesma pessoa de nº 5249)
11586 - Gonçalo Lopes (+1631) (Mesma pessoa de nº 5250)
11587 - Margarida Alves (+1613) (Mesma pessoa de nº 5251)
11648 - Francisco Jorge (Mesma pessoa de nº 5248)
11649 - Margarida Alves (+1632) (Mesma pessoa de nº 5249)
11650 - Gonçalo Lopes (+1631) (Mesma pessoa de nº 5250)
11651 - Margarida Alves (+1613) (Mesma pessoa de nº 5251)
11968 - Francisco Jorge (Mesma pessoa de nº 5248)
11969 - Margarida Alves (+1632) (Mesma pessoa de nº 5249)
11970 - Gonçalo Lopes (+1631) (Mesma pessoa de nº 5250)
11971 - Margarida Alves (+1613) (Mesma pessoa de nº 5251)
14240 - Gaspar Francisco - (filho de 28480 - Francisco Jorge e 28481 - Margarida Alves) (Mesma pessoa de nº 2624)
14241 - Catarina Lopes - (filha de 28482 - Gonçalo Lopes e 28483 - Margarida Alves) (Mesma pessoa de nº 2625)
14242 - Francisco Diniz (+1628) (Mesma pessoa de nº 2626)
14243 - Maria Dias (+1610) (Mesma pessoa de nº 2627)
14244 - Antônio Teixeira (*SEC XVI, +1658) (Mesma pessoa de nº 2628)
14245 - Maria Dias (Mesma pessoa de nº 2629)
14246 - Francisco Fernandes (+1670) (Mesma pessoa de nº 2630)
14247 - Violante Gonçalves (+1659) (Mesma pessoa de nº 2631)
14720 - Francisco Jorge (Mesma pessoa de nº 5248)
14721 - Margarida Alves (+1632) (Mesma pessoa de nº 5249)
14722 - Gonçalo Lopes (+1631) (Mesma pessoa de nº 5250)
14723 - Margarida Alves (+1613) (Mesma pessoa de nº 5251)

13º avós

28480 - Francisco Jorge (Mesma pessoa de nº 5248)
28481 - Margarida Alves (+1632) (Mesma pessoa de nº 5249)
28482 - Gonçalo Lopes (+1631) (Mesma pessoa de nº 5250)
28483 - Margarida Alves (+1613) (Mesma pessoa de nº 5251)

Total de Ancestrais: 586
Nota explicativa da numeração: A primeira pessoa da relação tem sempre o número '1'. Em seguida, cada pessoa do sexo masculino tem um número par, que é calculado multiplicando-se o número de seu filho por 2. As pessoas do sexo feminino, por sua vez, têm um número ímpar, que é calculado somando-se 1 ao número do seu marido. Exemplo: O pai da pessoa de número 3 é a de número 6 (3 x 2) e a sua mãe é a pessoa de número 7 (2 x 3 + 1).
 
   
Início da Página Dados disponibilizados por Magno José de Sá Araújo © - e-mail: Magno José de Sá Araújo