Início | Sobrenomes | Fotos | Livros | Outras Famílias
Fale Comigo   
Famílias
Sertanejas
Localização de pessoas 
   
  Memória: Nenhum nome memorizado. Domingo, 5-7-2020  

Relação dos Ancestrais de
Maria de Carvalho Ramos

1 - Maria de Carvalho Ramos - (filha de 2 - Francisco Ramos Nogueira e 3 - Maria Santina de Barros)

Pais

2 - Francisco Ramos Nogueira (+04-09-1931) - (filho de 4 - Juvenal Ramos Nogueira e 5 - Ana Joana Batista) Capitão.
3 - Maria Santina de Barros (+20-10-1894) - (filha de 6 - Joaquim Lucas de Barros e 7 - Ana Maria de Carvalho) (Dengo).

Avós

4 - Juvenal Ramos Nogueira
5 - Ana Joana Batista - (filha de 10 - Gonçalo Rodrigues do Nascimento e 11 - Vitoriana Gomes de Oliveira)
6 - Joaquim Lucas de Barros (*1849, +06-12-1920) - (filho de 12 - Vitorino Pinto da Silva Sobrinho e 13 - Ana Maria Diniz) Radicou-se na Fazenda Serrote, que fazia parte do município de Belmonte, onde foi prefeito em 1919, falecendo no poder. Era fazendeiro abastado e empreendedor respeitado e amado pelos seus descendentes, que passaram a usar o nome Lucas como sobrenome, nos municípios de Belmonte, Mirandiba e Terra Nova, onde está a maioria da sua descendência.
7 - Ana Maria de Carvalho - (filha de 14 - Manoel Lopes Furtado e 15 - Clara Linda de Carvalho) (Naninha).

Bisavós

10 - Gonçalo Rodrigues do Nascimento (*1796, +22-07-1878) - (filho de 20 - José Carlos Rodrigues do Nascimento e 21 - Ana Joana Batista Pereira da Cunha)
11 - Vitoriana Gomes de Oliveira (*1804, +16-04-1879)
12 - Vitorino Pinto da Silva Sobrinho (*1802, +31-01-1874) - (filho de 24 - Manoel Lopes Diniz Filho e 25 - Ana Tereza da Silva) Morava no Brejo do Gama e na "Entre Serras".
13 - Ana Maria Diniz - (filha de 26 - José Lopes Diniz e 27 - Josefa Gonçalves Torres)
14 - Manoel Lopes Furtado - (filho de 28 - Joaquim Lopes Diniz e 29 - Ana Furtado de Figueiredo) (Lopes). Morava no Ceará. Tendo tido grande prejuízo com os seus rebanhos, nas secas periódicas do final do século XIX, deixou o Ceará e foi morar na Fazenda Serrote, herança da esposa, no município de Belmonte (hoje Mirandiba), onde viveu a sua velhice. Foi homem austero e cultor da honra e da bondade, deixando para os seus descendentes a tradição de primar pela decência, honradez, o bom caráter e o orgulho de ser "direito acima de todas as provações". Quanto a bens materiais, pouco deixou para seus herdeiros. (Nivaldo Carvalho).
15 - Clara Linda de Carvalho - (filha de 30 - Francisco Alves de Carvalho e 31 - Ana Gomes de Sá) (Calu).

Trisavós

20 - José Carlos Rodrigues do Nascimento O abastado fazendeiro José Carlos Rodrigues, remanescente dos fundadores da Casa da Torre e dono da fazenda Sabonete, situada no lugar em que está hoje Bom Nome, com sua esposa, Ana Joana Batista Pereira da Cunha, deixaram 8 filhos, sendo 6 mulheres e 2 homens. A filha Jacinta foi esposa de José Pereira da Silva. Outra, chamada Maria Manoela do Nascimento, foi esposa do português João Antônio Ramos Nogueira. Outra, foi esposa de José Mariano de Sá (de Floresta-PE), a qual o abastado fazendeiro deu a propriedade Canafístula. Outra, foi mulher de um rapaz da fazenda Ema (em Floresta-PE). Outra, casou na família Lacerda, e outra ainda, foi casada com um rapaz da fazenda Jazido, em Vila Bela. Os dois rapazes casaram. O primeiro, com uma moça do Pato (na ribeira do Pajeú), e o segundo, Gonçalo Rodrigues do Nascimento (falecido em 22/7/1878 aos 82 anos de idade), foi casado com a cearense Vitoriana Gomes de Oliveira (falecida em 16/4/1879 aos 75 anos de idade). (do livro "São José do Belmonte" de Valdir Nogueira, página 255).
21 - Ana Joana Batista Pereira da Cunha - (filha de 42 - Nome Desconhecido e 43 - Nome Desconhecido)
24 - Manoel Lopes Diniz Filho (*1751, +1839) - (filho de 48 - Manoel Lopes Diniz e 49 - Maria de Barros da Silveira) Coronel. Fazendeiro e boiadeiro no Sertão, era conhecido por Coronel do Brejo, em referência à Fazenda Brejo do Gama, Floresta - PE, onde morava, arrendada da Casa da Torre da Bahia.
Foi nomeado Coronel das Entradas do Distrito de Tacaratu e Flores, em 15-10-1781 e 19-12-1788, respectivamente. De 1801 a 1803 era Juiz Ordinário do Julgado do Sertão do Pajeu (Flores). Com a instalação da Vila de Flores, foi nomeado Capitão em 27-05-1811.
25 - Ana Tereza da Silva - (filha de 50 - Joaquim de Almeida da Silva Leal e 51 - Maria da Silva) Também conhecida por Ana Maria de Barros. Residia em Brejo do Gama, município de Belmonte-PE. Faleceu com 108 anos.
26 - José Lopes Diniz (*18-03-1760) - (filho de 52 - Manoel Lopes Diniz e 53 - Maria de Barros da Silveira) Capitão. Batizou-se na Capela de N. S. da Conceição, tendo como padrinhos Francisco Rezende Bezerra e Rosa Maria do Nascimento. Residia na fazenda Panela D'Água, município de Floresta, PE.
27 - Josefa Gonçalves Torres - (filha de 55 - Geralda) Sobrinha de Florência Maria de Barros.
28 - Joaquim Lopes Diniz - (filho de 56 - Manoel Lopes Diniz Filho e 57 - Ana Tereza da Silva) (Paquim). Morava no Sítio Coité, Fazenda Brejo Grande, Mauriti, CE.
29 - Ana Furtado de Figueiredo - (filha de 58 - Manoel Furtado Leite Junior e 59 - Ana Maria de Figueiredo) (Piti).
30 - Francisco Alves de Carvalho - (filho de 60 - Manoel de Carvalho Alves e 61 - Maria Gomes de Assunção) Residia em Bom Sucesso.
31 - Ana Gomes de Sá - (filha de 62 - Cipriano de Sá Roriz e 63 - Mariana Gomes de Sá) Dos Brandões.

Tetravós

42 - Nome Desconhecido
43 - Nome Desconhecido
48 - Manoel Lopes Diniz (*17-01-1709, +07-12-1796) - (filho de 96 - Bento Lopes e 97 - Águeda Maria Diniz) De Santo André de Marecos, no Conselho de Penafiel, cidade e bispado do Porto, Portugal. Fundador da Fazenda Panela d'Água, em Floresta do Navio. Diz-se que descendente do 6º Rei de Portugal, o Rei Lavrador, D. Diniz (filho de Afonso III e Beatriz de Castela), casado com Isabel de Aragão, a Rainha Santa (canonizada pela Igreja Católica como Santa Isabel). Foi sepultado na Igreja do Rosário, em Floresta-PE (1796).

Panela D'água era uma antiga fazenda de gado situada ao Leste da Serra do Arapuá no Sertão do Pajeú, arrendada em 1756 ao morgado da Casa da Torre na Bahia, e pertencente à Francisco Garcia D'Avila Pereira e Aragão proprietário destas terras na Provincia de Pernambuco, pelo portugues Manoel Lopes Diniz e posteriormente comprada por seu filho José Lopes Diniz.
49 - Maria de Barros da Silveira - (filha de 98 - João Pinto Leal e 99 - Maria de Barros da Silveira)
50 - Joaquim de Almeida da Silva Leal - (filho de 100 - João Pinto Leal e 101 - Maria de Barros da Silveira)
51 - Maria da Silva
52 - Manoel Lopes Diniz (*17-01-1709, +07-12-1796) - (filho de 104 - Bento Lopes e 105 - Águeda Maria Diniz) (Mesma pessoa de nº 48)
53 - Maria de Barros da Silveira - (filha de 106 - João Pinto Leal e 107 - Maria de Barros da Silveira) (Mesma pessoa de nº 49)
55 - Geralda - (filha de 110 - João Pinto Leal e 111 - Maria de Barros da Silveira)
56 - Manoel Lopes Diniz Filho (*1751, +1839) - (filho de 112 - Manoel Lopes Diniz e 113 - Maria de Barros da Silveira) (Mesma pessoa de nº 24)
57 - Ana Tereza da Silva - (filha de 114 - Joaquim de Almeida da Silva Leal e 115 - Maria da Silva) (Mesma pessoa de nº 25)
58 - Manoel Furtado Leite Junior Da Fazenda Brejo Grande, CE.
59 - Ana Maria de Figueiredo
60 - Manoel de Carvalho Alves - (filho de 120 - Manoel de Carvalho Alves e 121 - uma prima da segunda esposa) (Goiana Carvalho). Sabe-se que tinha 19 filhos. Não se sabe os nomes nem os descendentes dos outros filhos.
61 - Maria Gomes de Assunção - (filha de 122 - Francisco Gomes de Sá e 123 - Rosa Maria do Nascimento)
62 - Cipriano de Sá Roriz - (filho de 124 - Antônio de Sá Araújo e 125 - Victoria dos Anjos da Cruz) Também consta seu nome como Cipriano Gomes de Sá Roriz. Morador na fazenda Brandões.
63 - Mariana Gomes de Sá Mariana e Cipriano foram pais de 11 filhos.

Pentavós

96 - Bento Lopes (*05-06-1671, +1740) - (filho de 192 - Gaspar Lopes e 193 - Catarina Teixeira) Morava no lugar da Reigada, em Santo André de Marecos, bispado do Porto, Portugal.
97 - Águeda Maria Diniz (*05-02-1681, +1743) - (filha de 194 - Manoel Dias e 195 - Ana Diniz) Da freguesia de Santos Andredo Marrocos, norte de Portugal (ou África).
98 - João Pinto Leal (+Sim) Alferes.
99 - Maria de Barros da Silveira (+Sim) - (filha de 198 - Manoel de Souza da Rocha e 199 - Feliciana de Barros da Silveira) Também consta como Maria da Silveira Barros.
100 - João Pinto Leal (+Sim) (Mesma pessoa de nº 98)
101 - Maria de Barros da Silveira (+Sim) - (filha de 202 - Manoel de Souza da Rocha e 203 - Feliciana de Barros da Silveira) (Mesma pessoa de nº 99)
104 - Bento Lopes (*05-06-1671, +1740) - (filho de 208 - Gaspar Lopes e 209 - Catarina Teixeira) (Mesma pessoa de nº 96)
105 - Águeda Maria Diniz (*05-02-1681, +1743) - (filha de 210 - Manoel Dias e 211 - Ana Diniz) (Mesma pessoa de nº 97)
106 - João Pinto Leal (+Sim) (Mesma pessoa de nº 98)
107 - Maria de Barros da Silveira (+Sim) - (filha de 214 - Manoel de Souza da Rocha e 215 - Feliciana de Barros da Silveira) (Mesma pessoa de nº 99)
110 - João Pinto Leal (+Sim) (Mesma pessoa de nº 98)
111 - Maria de Barros da Silveira (+Sim) - (filha de 222 - Manoel de Souza da Rocha e 223 - Feliciana de Barros da Silveira) (Mesma pessoa de nº 99)
112 - Manoel Lopes Diniz (*17-01-1709, +07-12-1796) - (filho de 224 - Bento Lopes e 225 - Águeda Maria Diniz) (Mesma pessoa de nº 48)
113 - Maria de Barros da Silveira - (filha de 226 - João Pinto Leal e 227 - Maria de Barros da Silveira) (Mesma pessoa de nº 49)
114 - Joaquim de Almeida da Silva Leal - (filho de 228 - João Pinto Leal e 229 - Maria de Barros da Silveira) (Mesma pessoa de nº 50)
115 - Maria da Silva (Mesma pessoa de nº 51)
120 - Manoel de Carvalho Alves - (filho de 240 - Jerónimo Coelho de Carvalho e 241 - Maria Fernandes Cardoso) Fidalgo português. Foi o primeiro Carvalho que chegou a antiga Fazenda Grande, atual Floresta-PE, atravessando o Rio São Francisco, vindo da Bahia e se estabelendo na Fazenda São Pedro, em Floresta-PE, dando origem a essa família no Sertão do Pajeú, do São Francisco e grande parte de Pernambuco.
121 - uma prima da segunda esposa
122 - Francisco Gomes de Sá - (filho de 244 - Gomes de Sá e 245 - Gomes de Sá) Capitão-comandante. Residia no Riacho dos Mandantes.
123 - Rosa Maria do Nascimento - (filha de 246 - Manoel Lopes Diniz e 247 - Maria de Barros da Silveira)
124 - Antônio de Sá Araújo (*C.1725, +A.1787) - (filho de 248 - Antônio de Sá Araújo e 249 - Joana Maria de Carvalho)
125 - Victoria dos Anjos da Cruz - (filha de 250 - João Pinto Leal e 251 - Maria de Barros da Silveira)

Hexavós

192 - Gaspar Lopes (*09-01-1640, +1675) - (filho de 384 - Manoel Francisco Lopes e 385 - Maria Antônia) Moravam em Santo Estêvão de Oldrões, bispado do Porto, Portugal.
193 - Catarina Teixeira (*1642, +1696) - (filha de 386 - Gonçalo Teixeira e 387 - Maria Francisca)
194 - Manoel Dias (+1691) - (filho de 388 - Gaspar Dias e 389 - Maria Dias) Morava em Santo André de Marecos, bispado do Porto, Portugal.
195 - Ana Diniz (*14-05-1637, +1712) - (filha de 390 - Domingos Gonçalves e 391 - Francisca Diniz)
198 - Manoel de Souza da Rocha (+1749) Capitão. Arrendou a fazenda Tacoatiara, no lado pernambucano do rio São Francisco, no termo de Tacaratú.
199 - Feliciana de Barros da Silveira (+1759)
202 - Manoel de Souza da Rocha (+1749) (Mesma pessoa de nº 198)
203 - Feliciana de Barros da Silveira (+1759) (Mesma pessoa de nº 199)
208 - Gaspar Lopes (*09-01-1640, +1675) - (filho de 416 - Manoel Francisco Lopes e 417 - Maria Antônia) (Mesma pessoa de nº 192)
209 - Catarina Teixeira (*1642, +1696) - (filha de 418 - Gonçalo Teixeira e 419 - Maria Francisca) (Mesma pessoa de nº 193)
210 - Manoel Dias (+1691) - (filho de 420 - Gaspar Dias e 421 - Maria Dias) (Mesma pessoa de nº 194)
211 - Ana Diniz (*14-05-1637, +1712) - (filha de 422 - Domingos Gonçalves e 423 - Francisca Diniz) (Mesma pessoa de nº 195)
214 - Manoel de Souza da Rocha (+1749) (Mesma pessoa de nº 198)
215 - Feliciana de Barros da Silveira (+1759) (Mesma pessoa de nº 199)
222 - Manoel de Souza da Rocha (+1749) (Mesma pessoa de nº 198)
223 - Feliciana de Barros da Silveira (+1759) (Mesma pessoa de nº 199)
224 - Bento Lopes (*05-06-1671, +1740) - (filho de 448 - Gaspar Lopes e 449 - Catarina Teixeira) (Mesma pessoa de nº 96)
225 - Águeda Maria Diniz (*05-02-1681, +1743) - (filha de 450 - Manoel Dias e 451 - Ana Diniz) (Mesma pessoa de nº 97)
226 - João Pinto Leal (+Sim) (Mesma pessoa de nº 98)
227 - Maria de Barros da Silveira (+Sim) - (filha de 454 - Manoel de Souza da Rocha e 455 - Feliciana de Barros da Silveira) (Mesma pessoa de nº 99)
228 - João Pinto Leal (+Sim) (Mesma pessoa de nº 98)
229 - Maria de Barros da Silveira (+Sim) - (filha de 458 - Manoel de Souza da Rocha e 459 - Feliciana de Barros da Silveira) (Mesma pessoa de nº 99)
240 - Jerónimo Coelho de Carvalho
241 - Maria Fernandes Cardoso
244 - Gomes de Sá
245 - Gomes de Sá
246 - Manoel Lopes Diniz (*17-01-1709, +07-12-1796) - (filho de 492 - Bento Lopes e 493 - Águeda Maria Diniz) (Mesma pessoa de nº 48)
247 - Maria de Barros da Silveira - (filha de 494 - João Pinto Leal e 495 - Maria de Barros da Silveira) (Mesma pessoa de nº 49)
248 - Antônio de Sá Araújo (+A.1741)
249 - Joana Maria de Carvalho
250 - João Pinto Leal (+Sim) (Mesma pessoa de nº 98)
251 - Maria de Barros da Silveira (+Sim) - (filha de 502 - Manoel de Souza da Rocha e 503 - Feliciana de Barros da Silveira) (Mesma pessoa de nº 99)

Heptavós

384 - Manoel Francisco Lopes (*1600, +1674) - (filho de 768 - Gaspar Francisco e 769 - Catarina Lopes) Moravam em Santa Maria de Perozelo, bispado do Porto, Portugal.
385 - Maria Antônia (+1655) - (filha de 770 - Francisco Diniz e 771 - Maria Dias)
386 - Gonçalo Teixeira (*16-01-1606, +1694) - (filho de 772 - Antônio Teixeira e 773 - Maria Dias) Moravam em Santo Estêvão de Oldrões, bispado do Porto, Portugal.
387 - Maria Francisca (*21-03-1618, +1654) - (filha de 774 - Francisco Fernandes e 775 - Violante Gonçalves)
388 - Gaspar Dias (+1667) Morava em Santo André de Marecos, bispado do Porto, Portugal.
389 - Maria Dias (+1699)
390 - Domingos Gonçalves (+1664) Residia na Reigada, Santo André de Marecos, bispado do Porto, Portugal.
391 - Francisca Diniz (+1675)
416 - Manoel Francisco Lopes (*1600, +1674) - (filho de 832 - Gaspar Francisco e 833 - Catarina Lopes) (Mesma pessoa de nº 384)
417 - Maria Antônia (+1655) - (filha de 834 - Francisco Diniz e 835 - Maria Dias) (Mesma pessoa de nº 385)
418 - Gonçalo Teixeira (*16-01-1606, +1694) - (filho de 836 - Antônio Teixeira e 837 - Maria Dias) (Mesma pessoa de nº 386)
419 - Maria Francisca (*21-03-1618, +1654) - (filha de 838 - Francisco Fernandes e 839 - Violante Gonçalves) (Mesma pessoa de nº 387)
420 - Gaspar Dias (+1667) (Mesma pessoa de nº 388)
421 - Maria Dias (+1699) (Mesma pessoa de nº 389)
422 - Domingos Gonçalves (+1664) (Mesma pessoa de nº 390)
423 - Francisca Diniz (+1675) (Mesma pessoa de nº 391)
448 - Gaspar Lopes (*09-01-1640, +1675) - (filho de 896 - Manoel Francisco Lopes e 897 - Maria Antônia) (Mesma pessoa de nº 192)
449 - Catarina Teixeira (*1642, +1696) - (filha de 898 - Gonçalo Teixeira e 899 - Maria Francisca) (Mesma pessoa de nº 193)
450 - Manoel Dias (+1691) - (filho de 900 - Gaspar Dias e 901 - Maria Dias) (Mesma pessoa de nº 194)
451 - Ana Diniz (*14-05-1637, +1712) - (filha de 902 - Domingos Gonçalves e 903 - Francisca Diniz) (Mesma pessoa de nº 195)
454 - Manoel de Souza da Rocha (+1749) (Mesma pessoa de nº 198)
455 - Feliciana de Barros da Silveira (+1759) (Mesma pessoa de nº 199)
458 - Manoel de Souza da Rocha (+1749) (Mesma pessoa de nº 198)
459 - Feliciana de Barros da Silveira (+1759) (Mesma pessoa de nº 199)
492 - Bento Lopes (*05-06-1671, +1740) - (filho de 984 - Gaspar Lopes e 985 - Catarina Teixeira) (Mesma pessoa de nº 96)
493 - Águeda Maria Diniz (*05-02-1681, +1743) - (filha de 986 - Manoel Dias e 987 - Ana Diniz) (Mesma pessoa de nº 97)
494 - João Pinto Leal (+Sim) (Mesma pessoa de nº 98)
495 - Maria de Barros da Silveira (+Sim) - (filha de 990 - Manoel de Souza da Rocha e 991 - Feliciana de Barros da Silveira) (Mesma pessoa de nº 99)
502 - Manoel de Souza da Rocha (+1749) (Mesma pessoa de nº 198)
503 - Feliciana de Barros da Silveira (+1759) (Mesma pessoa de nº 199)

Octavós

768 - Gaspar Francisco - (filho de 1536 - Francisco Jorge e 1537 - Margarida Alves)
769 - Catarina Lopes - (filha de 1538 - Gonçalo Lopes e 1539 - Margarida Alves)
770 - Francisco Diniz (+1628)
771 - Maria Dias (+1610)
772 - Antônio Teixeira (*SEC XVI, +1658) Padre. Foi cura em Santiago de Valpedre, Porto - Portugal, entre 1603 e 1605, e vigário de São Miguel de Arcozelo, bispado do Porto, Portugal, entre 1622 e 1658.
773 - Maria Dias
774 - Francisco Fernandes (+1670) Residia em Santo Estêvão de Oldrões, bispado do Porto, Portugal.
775 - Violante Gonçalves (+1659)
832 - Gaspar Francisco - (filho de 1664 - Francisco Jorge e 1665 - Margarida Alves) (Mesma pessoa de nº 768)
833 - Catarina Lopes - (filha de 1666 - Gonçalo Lopes e 1667 - Margarida Alves) (Mesma pessoa de nº 769)
834 - Francisco Diniz (+1628) (Mesma pessoa de nº 770)
835 - Maria Dias (+1610) (Mesma pessoa de nº 771)
836 - Antônio Teixeira (*SEC XVI, +1658) (Mesma pessoa de nº 772)
837 - Maria Dias (Mesma pessoa de nº 773)
838 - Francisco Fernandes (+1670) (Mesma pessoa de nº 774)
839 - Violante Gonçalves (+1659) (Mesma pessoa de nº 775)
896 - Manoel Francisco Lopes (*1600, +1674) - (filho de 1792 - Gaspar Francisco e 1793 - Catarina Lopes) (Mesma pessoa de nº 384)
897 - Maria Antônia (+1655) - (filha de 1794 - Francisco Diniz e 1795 - Maria Dias) (Mesma pessoa de nº 385)
898 - Gonçalo Teixeira (*16-01-1606, +1694) - (filho de 1796 - Antônio Teixeira e 1797 - Maria Dias) (Mesma pessoa de nº 386)
899 - Maria Francisca (*21-03-1618, +1654) - (filha de 1798 - Francisco Fernandes e 1799 - Violante Gonçalves) (Mesma pessoa de nº 387)
900 - Gaspar Dias (+1667) (Mesma pessoa de nº 388)
901 - Maria Dias (+1699) (Mesma pessoa de nº 389)
902 - Domingos Gonçalves (+1664) (Mesma pessoa de nº 390)
903 - Francisca Diniz (+1675) (Mesma pessoa de nº 391)
984 - Gaspar Lopes (*09-01-1640, +1675) - (filho de 1968 - Manoel Francisco Lopes e 1969 - Maria Antônia) (Mesma pessoa de nº 192)
985 - Catarina Teixeira (*1642, +1696) - (filha de 1970 - Gonçalo Teixeira e 1971 - Maria Francisca) (Mesma pessoa de nº 193)
986 - Manoel Dias (+1691) - (filho de 1972 - Gaspar Dias e 1973 - Maria Dias) (Mesma pessoa de nº 194)
987 - Ana Diniz (*14-05-1637, +1712) - (filha de 1974 - Domingos Gonçalves e 1975 - Francisca Diniz) (Mesma pessoa de nº 195)
990 - Manoel de Souza da Rocha (+1749) (Mesma pessoa de nº 198)
991 - Feliciana de Barros da Silveira (+1759) (Mesma pessoa de nº 199)

Eneavós (9º avós)

1536 - Francisco Jorge
1537 - Margarida Alves (+1632)
1538 - Gonçalo Lopes (+1631)
1539 - Margarida Alves (+1613)
1664 - Francisco Jorge (Mesma pessoa de nº 1536)
1665 - Margarida Alves (+1632) (Mesma pessoa de nº 1537)
1666 - Gonçalo Lopes (+1631) (Mesma pessoa de nº 1538)
1667 - Margarida Alves (+1613) (Mesma pessoa de nº 1539)
1792 - Gaspar Francisco - (filho de 3584 - Francisco Jorge e 3585 - Margarida Alves) (Mesma pessoa de nº 768)
1793 - Catarina Lopes - (filha de 3586 - Gonçalo Lopes e 3587 - Margarida Alves) (Mesma pessoa de nº 769)
1794 - Francisco Diniz (+1628) (Mesma pessoa de nº 770)
1795 - Maria Dias (+1610) (Mesma pessoa de nº 771)
1796 - Antônio Teixeira (*SEC XVI, +1658) (Mesma pessoa de nº 772)
1797 - Maria Dias (Mesma pessoa de nº 773)
1798 - Francisco Fernandes (+1670) (Mesma pessoa de nº 774)
1799 - Violante Gonçalves (+1659) (Mesma pessoa de nº 775)
1968 - Manoel Francisco Lopes (*1600, +1674) - (filho de 3936 - Gaspar Francisco e 3937 - Catarina Lopes) (Mesma pessoa de nº 384)
1969 - Maria Antônia (+1655) - (filha de 3938 - Francisco Diniz e 3939 - Maria Dias) (Mesma pessoa de nº 385)
1970 - Gonçalo Teixeira (*16-01-1606, +1694) - (filho de 3940 - Antônio Teixeira e 3941 - Maria Dias) (Mesma pessoa de nº 386)
1971 - Maria Francisca (*21-03-1618, +1654) - (filha de 3942 - Francisco Fernandes e 3943 - Violante Gonçalves) (Mesma pessoa de nº 387)
1972 - Gaspar Dias (+1667) (Mesma pessoa de nº 388)
1973 - Maria Dias (+1699) (Mesma pessoa de nº 389)
1974 - Domingos Gonçalves (+1664) (Mesma pessoa de nº 390)
1975 - Francisca Diniz (+1675) (Mesma pessoa de nº 391)

Decavós (10º avós)

3584 - Francisco Jorge (Mesma pessoa de nº 1536)
3585 - Margarida Alves (+1632) (Mesma pessoa de nº 1537)
3586 - Gonçalo Lopes (+1631) (Mesma pessoa de nº 1538)
3587 - Margarida Alves (+1613) (Mesma pessoa de nº 1539)
3936 - Gaspar Francisco - (filho de 7872 - Francisco Jorge e 7873 - Margarida Alves) (Mesma pessoa de nº 768)
3937 - Catarina Lopes - (filha de 7874 - Gonçalo Lopes e 7875 - Margarida Alves) (Mesma pessoa de nº 769)
3938 - Francisco Diniz (+1628) (Mesma pessoa de nº 770)
3939 - Maria Dias (+1610) (Mesma pessoa de nº 771)
3940 - Antônio Teixeira (*SEC XVI, +1658) (Mesma pessoa de nº 772)
3941 - Maria Dias (Mesma pessoa de nº 773)
3942 - Francisco Fernandes (+1670) (Mesma pessoa de nº 774)
3943 - Violante Gonçalves (+1659) (Mesma pessoa de nº 775)

11º avós

7872 - Francisco Jorge (Mesma pessoa de nº 1536)
7873 - Margarida Alves (+1632) (Mesma pessoa de nº 1537)
7874 - Gonçalo Lopes (+1631) (Mesma pessoa de nº 1538)
7875 - Margarida Alves (+1613) (Mesma pessoa de nº 1539)

Total de Ancestrais: 193
Nota explicativa da numeração: A primeira pessoa da relação tem sempre o número '1'. Em seguida, cada pessoa do sexo masculino tem um número par, que é calculado multiplicando-se o número de seu filho por 2. As pessoas do sexo feminino, por sua vez, têm um número ímpar, que é calculado somando-se 1 ao número do seu marido. Exemplo: O pai da pessoa de número 3 é a de número 6 (3 x 2) e a sua mãe é a pessoa de número 7 (2 x 3 + 1).
 
   
Início da Página Dados disponibilizados por Magno José de Sá Araújo © - e-mail: Magno José de Sá Araújo